MÉTODO CLÍNICO: DESENVOLVIMENTO MORAL EM QUILOMBOLAS

Resumo

O presente trabalho traz reflexões preliminares de estudo teórico e exploratório por método clinico realizado em escolas da Colônia Vitória, município de Guarapuava, estado do Paraná, Brasil que recebem crianças advindas da comunidade quilombola Invernada Paiol de Telha. Pretende-se refletir sobre esse método por meio da compreensão moral ambiental dessas crianças quilombolas. Baseados na obra do autor construtivista Jean Piaget e considerando a percepção ambiental como parte da conexão existente entre a formação do juízo moral e dos valores quilombolas que são construídos de forma a existir uma compreensão do meio ambiente enquanto meio onde há uma relação dinâmica de troca. Entende-se que o método clínico viabilizou essa analise quando colocou em movimento o pensar infantil ativando o julgamento moral para as questões ambientais e também quando evindenciou o silêncio por opressão vivida pelas meninas da comunidade.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-29
Como Citar
BERG, Juliana; VESTENA, Carla Luciane Blum. MÉTODO CLÍNICO: DESENVOLVIMENTO MORAL EM QUILOMBOLAS. Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências, [S.l.], v. 8, n. 2, p. 156-173, mar. 2020. ISSN 2316-1205. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/6256>. Acesso em: 02 jun. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/rbba.v8i2.6256.