A democratização do acesso à justiça através da escola: (re)pensando a formação da consciência jurídica por meio de quadrinhos

  • Milena Naíra Vieira Machado Universidade do Estado da Bahia

Resumo

O presente artigo pretende examinar em que medida a quadrinização de conteúdos jurídicos pode funcionar como instrumento de democratização do acesso à ordem jurídica justa, capaz de contribuir para a formação da consciência jurídica através da escola. Trata-se de pesquisa bibliográfica e documental, de cunho exploratório, desenvolvida por meio da análise interdisciplinar e crítica de quadrinhos, projetos de lei, textos legislativos, constitucionais e obras relacionadas à linguagem, leitura, educação e Direito. Inicialmente, serão avaliados os parâmetros da democratização do acesso à justiça através da educação. Feito isso, analisar-se-á a história dos quadrinhos, avaliando sua potencial associação ao conteúdo jurídico. Por fim, será enfrentada a problemática central desse trabalho, investigando-se em que medida as histórias em quadrinhos podem ser relacionadas à democratização do acesso à ordem jurídica justa, enquanto instrumento pedagógico a ser implementado para potencializar o exercício da cidadania e conhecimento de direitos por meio da escola.

Publicado
2019-01-29
Como Citar
MACHADO, Milena Naíra Vieira. A democratização do acesso à justiça através da escola: (re)pensando a formação da consciência jurídica por meio de quadrinhos. Revista Científica do Curso de Direito, [S.l.], n. 2, p. 19 - 36, jan. 2019. ISSN 2594-9195. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rccd/article/view/4707>. Acesso em: 21 fev. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/rccd.v0i2.4707.
Seção
Artigos