Urso Branco: as correlações entre as teorias absolutas da pena e os obscuros desígnios humanos

  • João Victor Mascarenhas Santana Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Kamilla Oliveira de Jesus Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Victoria Gabriela Brito Salgado Universidade Estadual de Feira de Santana

Resumo

O subsequente artigo tem por escopo analisar algumas das teorias mais controversas utilizadas pela doutrina brasileira para conceituar a finalidade da pena: as absolutas. Por estas vertentes, a pena possui o único objetivo de retribuir o mal com o mal, isto é, o de castigar o transgressor de forma proporcional ao mal que foi causado. A partir de tal análise, foi possível realizar uma correlação entre as teorias absolutas da pena com o segundo episódio da segunda temporada da série britânica “Black Mirror” (espelho preto – em tradução literal), “Urso Branco”, como também, demonstrar e examinar criticamente suas semelhanças com o Direito Penal do Autor e a Sociedade do Espetáculo, evidenciando, pois, os obscuros desígnios existentes entre os homens.

Publicado
2019-01-29
Como Citar
SANTANA, João Victor Mascarenhas; JESUS, Kamilla Oliveira de; SALGADO, Victoria Gabriela Brito. Urso Branco: as correlações entre as teorias absolutas da pena e os obscuros desígnios humanos. Revista Científica do Curso de Direito, [S.l.], n. 2, p. 112 - 128, jan. 2019. ISSN 2594-9195. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rccd/article/view/4717>. Acesso em: 05 dez. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/rccd.v0i2.4717.
Seção
Artigos