Interfaces e letramentos digitais na formação continuada de professores

Resumo

O presente texto objetiva refletir sobre a formação continuada de professores para o uso de tecnologias digitais, bem como discutir as possibilidades de práticas de letramento digital no contexto escolar, de forma que possam efetivamente contribuir nos processos de ensino e de aprendizagem. Este trabalho vincula-se aos estudos desenvolvidos pelo Grupo de Pesquisa Linguagens, Tecnologias e Educação-GPLite/CNPq/UESB e nas pesquisas desenvolvidas pela Linguística Aplicada Crítica (LAC), na perspectiva de uma proposta que seja responsiva à vida social. De cunho qualitativo e intervencionista, a pesquisa foi desenvolvida em parceria com uma escola pública estadual localizada no município de Vitória da Conquista, na Bahia, com 06 professores em efetivo exercício. Os resultados nos mostram que os processos de formação continuada no cotidiano do professor propiciam produções e reflexões colaborativas e compartilhadas e que sua participação em práticas de letramento digital requer um movimento de construção de possibilidades que levem em consideração a interconexão entre conteúdo, tecnologia e pedagogia.

Publicado
2020-05-13
Como Citar
CARVALHO DE OLIVEIRA SOARES, Claudia Vivien. Interfaces e letramentos digitais na formação continuada de professores. Revista de Ciência da Computação, [S.l.], v. 2, n. 1, p. 35-42, maio 2020. ISSN 2596-2701. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/recic/article/view/6555>. Acesso em: 06 jun. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/recic.v2i1.6555.