ALUNO COM DEFICIÊNCIA E A ROBÓTICA EDUCACIONAL: UM ESTUDO DE CASO NO IF SERTÃO PE CAMPUS PETROLINA THE STUDENT WITH DISABILITIES AND EDUCATIONAL ROBOTICS: A CASA STUDY AT THE IF SERTÃO PE CAMPUS PETROLINA

Autores

  • Jailma Samara Silva Campos
  • Danielle Juliana Silva Martins

DOI:

https://doi.org/10.22481/recuesb.v8i13.6086

Palavras-chave:

Robótica educacional. Ferramenta educacional. Inclusão. Pessoa com deficiência. Paralisia cerebral.

Resumo

A inclusão é um processo de inserção, no âmbito social, de pessoas com deficiência, tendo a educação como meio que impulsiona para este fim. A robótica pode ser entendida como uma ferramenta educacional que viabiliza esse processo de inclusão. Pensando nisso, essa pesquisa investigou quais as contribuições da robótica educacional no processo de inserção de alunos com deficiência; tendo como objeto de estudo o desempenho de uma aluna que possui ataxia em decorrência de paralisia cerebral, participante do projeto de robótica educacional, desenvolvido no Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Para tanto, foram realizadas entrevistas com a aluna, com a mãe desta aluna, com o coordenador do projeto de robótica educacional e com a coordenadora do ensino médio, modalidade de ensino a qual a aluna faz parte. Com a análise dos depoimentos e da avaliação do desempenho da aluna, foi possível verificar que a robótica educacional se constitui como uma ferramenta viável para a inserção de alunos com deficiência no âmbito social, melhorando seu desempenho e autoconfiança. Esses resultados são relevantes, uma vez que há poucos trabalhos desenvolvidos nessa temática, sobretudo utilizando estudo de caso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-07-27

Como Citar

Campos, J. S. S., & Martins, D. J. S. (2020). ALUNO COM DEFICIÊNCIA E A ROBÓTICA EDUCACIONAL: UM ESTUDO DE CASO NO IF SERTÃO PE CAMPUS PETROLINA THE STUDENT WITH DISABILITIES AND EDUCATIONAL ROBOTICS: A CASA STUDY AT THE IF SERTÃO PE CAMPUS PETROLINA. Revista Extensão & Cidadania | ISSN 2319-0566, 8(13), 53-68. https://doi.org/10.22481/recuesb.v8i13.6086