LINGUAGEM E DIVERSIDADE NA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: AÇÕES DESENVOLVIDAS COM IMIGRANTES E MULHERES APENADAS NO MUNICÍPIO DE LAJEADO/RS

Autores

  • Grasiela Kieling Bublitz
  • Silvane Fensterseifer Isse

DOI:

https://doi.org/10.22481/recuesb.v8i13.7096

Palavras-chave:

Corporeidade. Diversidade. Ensino. Extensão Universitária. Linguagem.

Resumo

Este trabalho tem por objetivo apresentar as ações desenvolvidas em dois campos de intervenção do Projeto de Extensão Veredas da Linguagem, da Universidade do Vale do Taquari - Univates: a comunidade de imigrantes e o Presídio Feminino do município de Lajeado. Ao primeiro grupo, são oferecidas aulas semanais de português como língua adicional para que possam enfrentar as diferentes situações de uso da língua. A necessidade de planejar de acordo com as reais necessidades do grupo de imigrantes gera impactos positivos na formação do acadêmico, pois, dessa forma, estará constantemente reavaliando sua prática, o que também beneficia os imigrantes no enfrentamento de situações sociocomunicativas no seu dia a dia.  Já com o grupo de mulheres apenadas, são desenvolvidas oficinas semanais voltadas às práticas corporais e artísticas, com o intuito de contribuir para a qualificação das relações interpessoais e para a humanização do período em que se encontram em privação da liberdade. Entre os resultados das ações desenvolvidas no presídio feminino estão o maior conhecimento e cuidado para com o corpo, a sensibilização, a qualificação do tempo de permanência na instituição prisional e a ampliação do diálogo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-07-27

Como Citar

Bublitz, G. K., & Isse, S. F. (2020). LINGUAGEM E DIVERSIDADE NA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: AÇÕES DESENVOLVIDAS COM IMIGRANTES E MULHERES APENADAS NO MUNICÍPIO DE LAJEADO/RS. Revista Extensão & Cidadania | ISSN 2319-0566, 8(13), 40-52. https://doi.org/10.22481/recuesb.v8i13.7096