PERFIL E QUALIDADE DE VIDA DA EQUIPE ASSISTENCIAL DE ENFERMAGEM

  • Camila Zanesco
  • Julyane Felipette Lima
  • Aline Bissolotti
  • Silvia Silva de Souza
  • Débora Tavares Resende e Silva

Resumo

Objetivo(s) do estudo: avaliar o perfil sociodemográfico e a qualidade de vida da equipe de enfermagem de um serviço referência em nefrologia, privado e conveniado ao sistema único de saúde. Metodologia: estudo de caráter exploratório, transversal, quantitativo. A coleta de dadosocorreu em julho, agosto e setembro de 2016, sendo utilizado o questionário sociodemográfico e o instrumento Short Form-36 para coleta das informações. Resultados: Nossos dados mostraram que todos participantes possuem um único emprego, e, os horários de trabalho são alocados em turnos diurnos. A maioria está satisfeita com o emprego atual (95,25%), e com a remuneração (61,91%).As participantes avaliadas apresentaram média geral aumentadados domínios Capacidade funcional (89,76), Limitações por problemas emocionais (87,30) e Limitações em atividades sociais (80,95), e a menor média geral foi no aspecto estado geral de saúde (62,86). Conclusão: A qualidade de vida da equipe de enfermagem é essencial para um tratamento adequado, visto que é esta equipe a responsável por uma parte do tratamento dos pacientes à ela diretamente ligados, sendo importante verificar o estado geral de saúde dos mesmos para que o tratamento seja o mais eficaz possível.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-05-11
Como Citar
ZANESCO, Camila et al. PERFIL E QUALIDADE DE VIDA DA EQUIPE ASSISTENCIAL DE ENFERMAGEM. Saúde.com, [S.l.], v. 14, n. 2, maio 2018. ISSN 1809-0761. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/4036>. Acesso em: 16 out. 2018.
Seção
Artigos originais