GESTÃO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA EM UMA FARMÁCIA DISTRITAL: UMA EXPERIÊNCIA CURRICULAR DE IDENTIFICAÇÃO DO PERFIL DE MEDICAMENTOS

  • Lucas Santana Coelho da Silva UFBA
  • Beatriz Rocha Tanajura
  • Thaynara Cardoso Silva Mattos
  • Pablo Maciel Brasil Moreira
  • Nília Maria de Brito Lima Prado

Resumo

O objetivo deste artigo foi trazer à tona algumas reflexões sobre a integração da formação do profissional farmacêutico e as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), trazendo interlocuções com referências técnica e descrever uma experiência curricular de atividades relacionadas à gestão de resíduos químicos em uma farmácia distrital de um município da região sudoeste da Bahia. A produção de dados se deu por meio de análise de bancos de informações de planilhas do programa Microsoft Excel® Versão 2010 organizadas pelo serviço. Foram identificados 35 medicamentos vencidos ou avariados. Cabe destacar que, quanto aos medicamentos, os antipsicóticos 28,6% foram os mais prevalentes e no que se refere aos insumos, as tiras reagentes para glicemia capilar, e ambos totalizaram um custo estimado em R$ 4632,25, o que representa 47,28% do recurso destinado à segregação de medicamentos e insumos. Conclui-se que a vivência permitiu aos discentes problematizar duas questões relevantes ao processo de aprendizagem, a primeira estava relacionada a competências necessárias para desenvolver práticas de gestão e, a segunda relacionava-se ao aprofundamento técnico sobre a gestão de resíduos em serviços de saúde.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-09-27
Como Citar
SANTANA COELHO DA SILVA, Lucas et al. GESTÃO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA EM UMA FARMÁCIA DISTRITAL: UMA EXPERIÊNCIA CURRICULAR DE IDENTIFICAÇÃO DO PERFIL DE MEDICAMENTOS. Saúde.com, [S.l.], v. 15, n. 3, set. 2019. ISSN 1809-0761. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/4287>. Acesso em: 20 out. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/rsc.v15i3.4287.
Seção
Relato de experiência