AMILOIDOSE CARDÍACA: ETIOLOGIA, ASPECTOS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

  • Edson dos Santos Pereira Júnior Faculdade Estácio de Feira de Santana
  • Marcos Vinicius dos Santos Silva
  • Pryscila de Argolo Cerqueira

Resumo

O presente estudo teve como objetivo apresentar a etiologia, aspectos clínicos, métodos de diagnóstico e tratamentos da amiloidose cardíaca (AC). Através de uma revisão narrativa foram selecionados artigos científicos publicados no idioma português utilizando o termo “amiloidose cardíaca” nas bases de dados Bireme, Periódicos CAPES e SciELO. A AC é o acumulo de fibrilas proteicas nas paredes cardíacas e/ou nas paredes dos vasos sanguíneos que causam o enrijecimento das paredes cardíacas e/ou a obstrução dos vasos sanguíneos, podendo ser mais comum em amiloidose primária, senil e hereditária. Trata-se de uma doença com prognóstico reservado, sendo importante que haja um diagnóstico precoce, para que o portador tenha uma sobrevida maior com os tratamentos disponíveis. Atualmente, existem diferentes formas de diagnósticos, sendo alguns deles: o ecodopplercardiograma, eletrocardiograma, a ressonância magnética e a biópsia do tecido cardíaco. O indivíduo com AC pode apresentar insuficiência cardíaca, hipotensão ortostática, disfunção autonômica e outros sintomas, chegando a óbito. Entre os tratamentos disponíveis para aumentar a sobrevida dos indivíduos, existem a terapia com fármacos, transplante de células-tronco com auxílio de quimioterapia e transplante de órgãos.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-09-30
Como Citar
PEREIRA JÚNIOR, Edson dos Santos; VINICIUS DOS SANTOS SILVA, Marcos; DE ARGOLO CERQUEIRA, Pryscila. AMILOIDOSE CARDÍACA: ETIOLOGIA, ASPECTOS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO. Saúde.com, [S.l.], v. 15, n. 3, set. 2019. ISSN 1809-0761. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/4964>. Acesso em: 07 dez. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/rsc.v15i3.4964.
Seção
Artigos de revisão