ENTRE O BEM E A GLÓRIA: SUPER-HERÓIS COMO MODELO ÉTICO E POLÍTICO

Autores

Palavras-chave:

Modelos éticos, Homero, Arendt, Batman, Superman

Resumo

O presente artigo pretende expor e analisar algumas características dos modelos éticos e políticos de conduta dos super-heróis. Para tanto, procura oferecer um contraste entre eles e os heróis dos épicos homéricos. Após enfatizar a importância dessas figuras e da obra de Homero para a educação dos gregos antigos, realiza uma breve análise dos valores que regem as ações dos personagens mais notáveis dos épicos, tais como Aquiles, Odisseu e Heitor, a partir da qual podemos ressaltar, pela comparação, uma diferença e uma semelhança entre esses heróis e os super-heróis. Recorrendo à noção de justiça em Platão e, posteriormente, à teoria da ação de Hannah Arendt, o artigo procura articular a aparente contradição entre essas duas características – a busca da excelência e a rejeição à glória – analisando a primeira aparição do Superman e os filmes Batman - O Início e Batman: Cavaleiro das Trevas. Dessa análise conclui-se que a identidade secreta, expressão mais típica desses impulsos antagônicos, ao menos nesses casos tão paradigmáticos, resolve a contradição, ou ao menos a suspende, por meio da marginalização do super-herói. Ao final, o artigo sugere possíveis novas análises que caminhem em sentido semelhante.

Biografia do Autor

Heitor Coelho, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Doutor em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP), Professor Adjunto de Filosofia da Educação na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Referências

ARENDT, Hannah. A Condição Humana. trad. de Roberto Raposo. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

ARRIANO de Nicomédia. The Anabasis of Alexander. trad. para o inglês por E. J. Chinnock. Londres: Hodder and Stoughton, 1884 [E-book do Project Gutenberg: 2014].

BATMAN: CAVALEIRO DAS TREVAS. Diretor: Christopher Nolan. EUA/Reino Unido: Warner Bros. Pictures, 2008. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=tRkNNeETaAo&t=182s. Acesso: 30/08/2020.

BATMAN – O INÍCIO. Diretor: Christopher Nolan. EUA/Reino Unido: Warner Bros. Pictures, 2005. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=XwvrzauErQ0. Acesso: 30/08/2020.

DAVISSON, Zack. “The first superhero – the Golden Bat?”. Comics Bulletin, 19/12/2010. Disponível em: http://comicsbulletin.com/first-superhero-golden-bat/. Acesso: 29/08/2020.

GOULART, Ron. The Encyclopedia of American Comics. New York: Facts on File, 1990.

HAMMER, Dean. The Iliad as Politics: the performance of political thought. Norman: University of Oklahoma Press, 2002.

HOMERO. Ilíada, trad. por Carlos Alberto Nunes. Rio de Janeiro: Ediouro, 2001.

HOMERO. Odisseia, trad. por Carlos Alberto Nunes. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2015.

JAEGER, Werner Wilhelm. Paideia: a formação do homem grego, trad. de Arthur M. Parreira. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013.

LOREAUX, Nicole. A Invenção de Atenas, trad. por Lilian do Valle. São Paulo: Editora 34, 1994.

PLATÃO. A República, trad. por Carlos Alberto Nunes. Belém: EDUFPA, 2000.

RODRIGO, Lidia Maria. “Platão contra as pretensões educativas da poesia homérica”. In: Educação e Sociedade, Campinas, vol. 27, n. 95, p. 523-539, maio/ago. 2006.

SIEGEL, Jerry; SHUSTER, Joe. “Superman, campeão dos oprimidos”, trad. por Edu Tanaka, Levi Trindade e Fabiano Denardin. In: COLEÇÃO DC 75 ANOS, nº 1. São Paulo: Panini Comics, 2010, pp. 9-21 [história original de 1938].

WAID, Mark; ROSS, Alex. O Reino do Amanhã nº2: estranho visitante. São Paulo: Editora Abril, 1997.

Downloads

Publicado

2020-12-14