O SUPERANTÍTESE - OBSERVAÇÕES SOBRE A CONDIÇÃO RETÓRICA DO SUPERMAN

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/aprender.i24.7758

Palavras-chave:

Superman, Retórica, Antítese, Super-herói, Cultura de massa

Resumo

O artigo é uma breve investigação dos problemas gerados pela disposição antitética dos elementos formadores do mito de origem do Superman. Apesar de se tratar de uma narrativa tardia, ela acabou dando consistência a uma interface dúbia do herói: uma excepcional redenção do americano médio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Viegas, Universidade Federal Fluminense

Doutor em Saúde Coletiva (IMS-UERJ) e em Letras (FL-UFRJ), e atualmente pós-doutorando em
Filosofia (PNPD-Capes) no PFI-UFF.

Referências

(Pseudo-)ARISTÓTELES. O Homem de Gênio e a Melancolia. Ed. PIGEAUD, Jackie. Rio de Janeiro: Lacerda Editores, 1998.

BARKMAN, Adam. “Superman. From Anti-Christ to Christ-Type”. In WHITE, Mark (ed.) Superman and Philosophy: What Would the Man of Steel Do?. Wiley-Blackwell, 2013, pp. 111-120.

HARAWAY, Donna. Simians, Cyborgs, and Women. The Reinvention of Nature. New York: Routledge, 1991.

OTIS, Laura. Membranes: Metaphors of Invasion in Nineteenth-Century Literature, Science, and Politics. Baltimore: John Hopkins University Press, 2000.

SIEGEL, Jerome & SHUSTER, Joe. Superman. In: Action Comics #1, 1938. New York: DC Comics, 1938.

SIEGEL, Jerome & SHUSTER, Joe. Superman returns to Krypton. In: Superman, #61, 1949. New York: DC Comics, 1949.

SPURR, David. The Rhetoric of Empire: Colonial Discourse in Journalism, Travel Writing, and Imperial Administration. Durham: Duke University Press, 1993.

Downloads

Publicado

2020-12-14

Como Citar

Viegas, R. (2020). O SUPERANTÍTESE - OBSERVAÇÕES SOBRE A CONDIÇÃO RETÓRICA DO SUPERMAN. Aprender - Caderno De Filosofia E Psicologia Da Educação, (24), 101-109. https://doi.org/10.22481/aprender.i24.7758