A democratização do ensino nos Institutos Federais de Educação, Ciências e Tecnologia:

um modelo de análise da qualidade da Educação a Distância

Autores

  • Maykon Thiago Ramos Silva
  • Andréa Cardoso Ventura

DOI:

https://doi.org/10.22481/cssa.v14i23.2295

Palavras-chave:

Institutos Federais, Educação a Distância (EaD), Democratização do ensino, Qualidade da EaD

Resumo

Com os avanços da ciência e da tecnologia, a Educação a Distância (EaD) consolida seu importante
papel na democratização do ensino. Para ampliar o acesso à educação profissional, criaram-se os Institutos
Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, os quais encontraram nessa modalidade de ensino um instrumento
para cumprir tal missão. Em tais instituições, a EaD cresce em ritmo acelerado, sem dispor, no entanto, de um
modelo para verificar a sua eficácia. Diante dessa lacuna, o objetivo do presente trabalho é propor um modelo
de análise para avaliar a percepção dos atores (alunos, tutores, professores e gestores) sobre a qualidade da
Educação a Distância nos cursos técnicos dos Institutos Federais. O estudo desenvolveu-se com base em uma
profunda análise bibliográfica, por meio da qual se identificaram modelos de avaliação voltados ao ensino
superior e a aspectos importantes da democratização do ensino. A análise permitiu desenvolver um modelo
que abrange as dimensões “democratização” e “qualidade da EaD”, adaptadas à realidade dos Institutos
Federais. Neste estudo, não se concretiza a aplicação desse modelo, que será utilizado posteriormente para
avaliar os cursos técnicos a distância de um Instituto Federal de ensino. A expectativa é que ele seja um
instrumento útil às instituições, de maneira a garantir, concomitantemente, a democratização do acesso à
educação e a qualidade dos cursos oferecidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maykon Thiago Ramos Silva

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Mestrando em Administração
pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Contador no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas
Gerais (IFNMG).

Andréa Cardoso Ventura

Bacharel em Direito pelo Instituto Toledo de Ensino, e em Comunicação Social (ITE), com habilitação em Relações Públicas pela
Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (UNESP). Doutora em Administração pela Universidade Federal da Bahia
(UFBA). Professora e pesquisadora da UFBA

Downloads

Publicado

2017-12-14

Como Citar

Silva, M. T. R., & Ventura, A. C. (2017). A democratização do ensino nos Institutos Federais de Educação, Ciências e Tecnologia:: um modelo de análise da qualidade da Educação a Distância. Cadernos De Ciências Sociais Aplicadas, 14(23), 1-15. https://doi.org/10.22481/cssa.v14i23.2295

Edição

Seção

Administração