Discurso versus prática nas políticas públicas de habitação:

um estudo no Condomínio Popular Parque Morada Real, no município baiano de Belo Campo

Autores

  • Luana Lima Bittencourt Silva

DOI:

https://doi.org/10.22481/cssa.v14i23.2301

Palavras-chave:

Gestão, Habitação, Políticas públicas

Resumo

O tema desigualdade social ganhou espaço nas discussões da sociedade brasileira. O propósito
dos debates é estabelecer soluções que contribuam para a inclusão social das camadas mais pobres da
população. A questão habitacional é um dos fatores que interferem no desenvolvimento humano, pois a falta
de uma moradia digna acentua a desigualdade e a exclusão sociais. Assim, o objetivo deste artigo é analisar
a realidade socioeconômica dos moradores do Condomínio Popular Parque Morada Real em Belo Campo,
na Bahia, um empreendimento construído nos moldes do Programa de Subsídios à Habitação (PSH) e do
Minha Casa Minha Vida 2 (PMCMV2). A pesquisa tem natureza teórico-empírica e descritivo-exploratória,
com tratamento quali-quantitativo. O estudo aponta falhas na gestão desses programas, os quais preveem a
integração com outros programas públicos, implementação, fiscalização e controle de ações sociais para os
contemplados. Aponta ainda a necessidade de ação do poder público e da sociedade em prol da melhoria da
qualidade de vida dos beneficiários após o recebimento da casa popular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Lima Bittencourt Silva

Mestranda em Ensino, bacharel em Administração pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Downloads

Publicado

2017-12-14

Como Citar

Bittencourt Silva, L. L. (2017). Discurso versus prática nas políticas públicas de habitação:: um estudo no Condomínio Popular Parque Morada Real, no município baiano de Belo Campo. Cadernos De Ciências Sociais Aplicadas, 14(23), 1-17. https://doi.org/10.22481/cssa.v14i23.2301

Edição

Seção

Administração