Deslocamentos da noção de família em decisões jurídicas: (des)construindo identidades homossexuais (Displacements from the notion of family on juridical decisions: (un)building homossexual identities)

Autores

  • Maria Regina Baracuhy Leite Universidade Federal da Paraíba (UFPB/Brasil)
  • Danúbia Barros Cordeiro Universidade Federal da Paraíba (UFPB/Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.22481/el.v6i1.1059

Palavras-chave:

Conceito de família, Discurso jurídico, Identidade homossexual

Resumo

Pretende-se, neste artigo, discutir a identidade homossexual e os deslocamentos da noção de família advindas dessa nova identidade. Como corpus deste trabalho, foram analisadas algumas decisões judiciais sobre questões homoafetivas, pesquisadas no site do IBDFAM (Instituto Brasileiro de Direito de Família), para verificar a controvérsia de posicionamento dos profissionais do Direito (juízes e desembargadores). Nosso escopo teórico é o da Análise do Discurso de orientação Francesa, com ênfase nos trabalhos de Michel Foucault e de teóricos do campo dos estudos culturais, como Stuart Hall, Tomaz Tadeu da Silva e Zygmunt Bauman, que trabalham a identidade numa perspectiva discursiva.
PALAVRAS-CHAVE  Conceito de família. Discurso jurídico. Identidade homossexual.

ABSTRACT
This article aims to discuss the homosexual identity as well the displacement of the family concept which comes together with this new identity. Concerning its corpus, some judicial decisions, related to some homoaffective issues, and found in the site of the Brazilian Institute of the Family Law (IBDFAM) were analysed. Its aim was to verify the existing controversy concerning the Law professionals´ positions as to these issues. This work was theoretically based on the Discourse Analysis, with a main emphasis on the study and work of Michel Foucault as well as on some theoretical studies such as the ones of Stuart Hall, Tomaz Tadeu da Silva and Zygmunt Bauman, who belong to the field of cultural studies, and work with the question of identity in a discursive perspective.
KEYWORDS Concept of family. Law Discourse. Homosexual Identity.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Regina Baracuhy Leite, Universidade Federal da Paraíba (UFPB/Brasil)

Maria Regina Baracuhy Leite é Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita” (UNESP/ Araraquara) e professora adjunta da Universidade Federal da Paraíba. Atua no Programa de Pós-Graduação em Linguística – PROLING. Atualmente é docente do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade Federal da Paraíba. Integra o Programa de Pós- graduação em Linguística – PROLING. Coordena o grupo de pesquisa CIDADI - Círculo de Discussões em Análise do Discurso. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Análise do Discurso, atuando principalmente com os seguintes temas: discurso, identidade, propaganda e mídia.

Danúbia Barros Cordeiro, Universidade Federal da Paraíba (UFPB/Brasil)

Danúbia Barros Cordeiro é mestre em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística – PROLING, Universidade Federal da Paraíba. É integrante do grupo de pesquisa CIDADI – Círculo de Discussões em Análise do Discurso.

Referências

ALVES, L. B. M.. O reconhecimento legal do conceito moderno de família: o art. 5o, II e parágrafo único, da Lei no 11.340/2006 (Lei Maria da Penha). Publicado em 2006. Atualizado 2007. Disponível em: <http://jus.uol.com.br/>. Acesso em: 29 out. 2007.
BARBOSA, P. L. N. Produção de texto e subjetividade: o jogo de imagens In: GREGOLIN, M. do R. Filigranas do discurso: as vozes da história. Araraquara: UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2000.
BARONAS, Roberto Leiser. A língua nas malhas do poder. In: GREGOLIN, M. do R. (Org.). Discurso e mídia: a cultura do espetáculo. São Carlos: Claraluz, 2003.
BAUMAN, Zygmunt. Em busca da política. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.
______. Identidade. Trad. Carlos A. Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.
FOUCAULT, M. A Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro: Forense-Universitária,1987.
______.As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. São Paulo: Martins Fontes, 1987.
______. A ordem do discurso. São Paulo: Loyola, 1999a.
______. História da sexualidade I: a vontade de saber. Rio de Janeiro: Graal, 1999b.
______. História da sexualidade II: o uso dos prazeres. Rio de Janeiro: Graal, 2001.
FRY, P.; MACRAE, E.. O que é homossexualidade. São Paulo: Brasiliense, 1985.
HALL, S. Quem precisa de identidade? In: SILVA, T. T.; HALL, S.; WOODWARD, K.. Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.
______. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.
IBDFAM – Instituto Brasileiro de Direito de Família. Decisões jurídicas. Disponível em: http://www.ibdfam.com.br/public/PesquisaGeral.aspx?busca=HOMOAFETIVID DE>. Acesso em: 10 abr. 2007.
MILANEZ, N. A disciplinaridade dos corpos: o sentido em revista. In: SARGENTINI, Vanice; NAVARRO, Pedro. Foucault e os domínios da linguagem: discurso, poder, subjetividade. São Carlos: Claraluz, 2004.
ORLANDI, E. P. Análise de discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 2000.
PÊCHEUX, M. Análise do Discurso: Três Épocas. In: GADET, F.; AK,T.(orgs.). Por uma análise automática do discurso. Campinas: Ed. Unicamp, 1990.
SILVA, T. T. A produção social da identidade e da diferença, In: SILVA, T. T.; HALL, S.; WOODWARD, K. Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000.
UZIEL, A. P. Homossexualidade e parentalidade: ecos de uma conjugação, In: HEILBORN, Maria Luiza. Família e sexualidade. Rio de Janeiro: FGV, 2004.
WOODWARD, K. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (org.); HALL, S. Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes,
2000.

Downloads

Publicado

2008-06-30

Como Citar

LEITE, M. R. B.; CORDEIRO, D. B. Deslocamentos da noção de família em decisões jurídicas: (des)construindo identidades homossexuais (Displacements from the notion of family on juridical decisions: (un)building homossexual identities). Estudos da Língua(gem), [S. l.], v. 6, n. 1, p. 99-126, 2008. DOI: 10.22481/el.v6i1.1059. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/1059. Acesso em: 28 set. 2021.