Pistas para três gramáticas na diacronia do português (Clues to three grammars in portuguese's diachrony)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/el.v8i1.1114

Palavras-chave:

Clíticos, Interpolação, Mudança Sintática, Periodização, Gramáticas do Português

Resumo

O presente artigo destina-se a apresentar alguns dos resultados da pesquisa sobre a sintaxe dos clíticos na história do português1, que corroboram a hipótese delineada por Galves (1996) de ter havido dois períodos de mudança e três estágios gramaticais na história do português europeu. Focalizaremos aqui o fenômeno da interpolação de constituintes entre o pronome clítico e o verbo, com base em textos de autores portugueses nascidos entre o século XV e XIX, e em trabalhos, como os de Martins (1994), Ribeiro (1995) e Fiéis (2001) que investigaram o mesmo fenômeno em textos mais antigos
PALAVRAS-CHAVE: Clíticos. Interpolação. Mudança Sintática. Periodização. Gramáticas do Português.

ABSTRACT
This paper presents some empirical results about the history of the syntax of Portuguese clitics that corroborate the hypothesis that there were three grammatical stages in the history of european portuguese, as proposed by Galves (1996). We will focus on the phenomenon of interpolation of phrasal constituents between the clitic and the verb in texts written by Portuguese authors born between the fifteenth and the nineteenth century, discussing previous works such as Martins (1994), Ribeiro (1995 ) and Fiéis (2001), that investigated the same phenomenon in older texts.
KEYWORDS: Clitics. Interpolation. Syntactic change. Periodization. Portuguese grammars.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Namiuti, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb/Brasil)

Cristiane Namiuti é Doutora em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas, onde desenvolveu também o seu Pós-Doutorado. Atualmente é professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) Entre suas principais publicações encontram-se os artigos: Negação sentencial na diacronia do português: variação com estabilidade. Revista de Estudos da Linguagem, v. 16.2, p. 193-240, 2008, e, Um estudo sobre o fenômeno da interpolação de constituintes na história do português. Cadernos de Estudos Linguísticos (UNICAMP), v. 48(2), p. 171-194, 2006.

Referências

CARDEIRA, Esperança. Entre o português antigo e o português. Lisboa: Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 2005.
CASTRO, Ivo. Introdução à História do português. Lisboa: Edições Colibri, 2006.
CHOMSKY, Noam. The minimalist program. Cambridge (MA): MIT Press, 1995.
COSTA, João. Positions for subjects in European Portuguese. In: Proceedings of WCCFL XV. Stanford: CSLI, 1996.
EMBICK, David. E Noyer, Rolf. Movement operations after syntax. Linguistic Inquiry. v. 32, n. 4, p. 555-595, 2001.
GALVES, Charlotte. Colocação de clíticos e mudança gramatical no português europeu. Comunicação no 12° Encontro da Associação Portuguesa de Linguística, Braga, Portugal, 1996.
GALVES, Charlotte. Padrões rítmicos, fixação de parâmetros e mudança lingüística – Fase II. Projeto de pesquisa FAPESP, UNICAMP, Campinas, 2004.
GALVES, Charlotte; BRITTO, Helena; PAIXÃO de SOUSA, Maria Clara. The change in clitic placement from Classical to Modern European Portuguese: results from the Tycho Brahe Corpus. Journal
of Portuguese Linguistics. v. 4, n.1, p. 39-68, 2005.
GALVES, Charlotte, NAMIUTI, Cristiane; PAIXÃO DE SOUSA, Maria Clara. Novas perspectivas para antigas questões: revisitando a periodização da língua portuguesa. In: Endruschat, Annette;
Kemmler, Rolf; Schäfer-PrieB, Bárbara (Org.). Grammatische Structuren des Europäischen Portugiesisch. Turbigen: Calapinus Verlag, 2006. p. 45-75.
KROCH, A. Reflexes of grammar in patterns of language change. In: Language Variation and Change. Cambridge: Cambridge University Press, 1989. p. 199-244.
KROCH, A. Morphosyntactic Variation. In: Beals, K. (ed.). Proceedings of the Thirtieth Annual Meeting of the Chicago Linguistic Society, v. 2, p. 180-201, 1994.
KROCH, A. Syntactic change. In: Baltin, M.; Collins, C. (eds.). The Handbook of Contemporary Syntactic Theory. Malden: Blackwell: 2001. p. 699-729.
LAKA, I. Negation in syntax: On the nature of functional categories and projections. (Ph. D. Dissertation) - MIT, Cambridge, 1990.
MARTINS, Ana Maria. Clíticos na história do português. Tese (Doutorado em Linguística) - Universidade de Lisboa, Lisboa, 1994.
NAMIUTI, Cristiane. Aspectos da história gramatical do português: interpolação, negação e mudança. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.
RIBEIRO, Ilza. A sintaxe da ordem do português arcaico: o efeito V2. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1995.

Downloads

Publicado

2010-06-30

Como Citar

NAMIUTI, C. Pistas para três gramáticas na diacronia do português (Clues to three grammars in portuguese’s diachrony). Estudos da Língua(gem), [S. l.], v. 8, n. 1, p. 41-53, 2010. DOI: 10.22481/el.v8i1.1114. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/1114. Acesso em: 17 set. 2021.