A especificidade da memória em psicanálise (The specificity of memory in psychoanalysis)

Autores

  • Angela Coutinho Universidade de Santa Ursula (USA/Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.22481/el.v11i1.1211

Palavras-chave:

Psicanálise, Memória, Traços, Diferença, Movimento

Resumo

O artigo trata da especificidade da memória em Psicanálise, referida à memória inconsciente, memória de traços e de diferença. A originalidade da concepção freudiana de memória é ser fundada nos diferentes arranjos das vias associativas, isto é, na diferença, não constituindo marcas que reproduzem, por semelhança, a realidade. A memória é memóriam da diferença, da diferença em si, como primeira, como princípio de constituição do psiquismo. Memória é movimento e implica em associações e relações numa combinação móvel e constante. Em Psicanálise, trata-se de memória-duração, que persiste e insiste continuamente, nunca a mesma.
PALAVRAS-CHAVE: Psicanálise. Memória. Traços. Diferença. Movimento.

ABSTRACT
The article deals with the specificity of memory in psychoanalysis, referred to the unconscious memory, memory of traces and difference. The originality of the Freudian conception of memory is to be founded on different arrangements of associative paths, ie, the difference does not constitute marks reproducing by similarity to reality. The memory is memory of the difference, the difference itself, as the first, as a principle of the constitution of the psyche. Memory is motion and involves associations and relationships in combination movel constant. In psychoanalysis, it is about memory-duration persisting and continually insists, never the same.
KEYWORDS: Psychoanalysis. Memory. Traces. Difference. Movement.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Angela Coutinho, Universidade de Santa Ursula (USA/Brasil)

Angela Coutinho é doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ). É psicanalista, membro titular da Sociedade de Psicanálise Iracy Doyle (SPID). É docente da Universidade de Santa Ursula, onde atua no Centro de Ensino Pesquisa e Clínica em Psicanálise (Cepco) do Instituto de Psicologia e Psicanálise, e no Programa de Pós-Graduação em Fonoaudiologia. Publicou vários artigos em periódicos científicos nacionais e internacionais; ministrou aulas na França (2007 e 2008) e, atualmente, coordena Seminários de Psicanálise na SPID. Temas principais de pesquisa: Psicologia clínica e psicanálise.

Referências

DELEUZE, G. Diferença e Repetição. São Paulo: Graal, 1988. Edição original: 1968.
DERRIDA, J. Freud e a cena de escritura. In: A Escritura e a Diferença. São Paulo: Perspectiva, 1971. Edição original: 1967.
FREUD, S. Projeto para uma psicologia científica. In: _____. Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud . v. 1. Rio de Janeiro: Ed. Imago, 1979. Edição original: 1895.
FREUD, S. Carta 52. In: _____. Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. v. 1. Rio de Janeiro: Ed. Imago, 1976. Edição original 1896.
FREUD, S. Manuscrito K. In: _____. Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. v. 1. Rio de Janeiro: Ed. Imago, 1976. Edição original: 1896.
FREUD, S. Além do princípio do prazer. In: _____. Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. v. 18. Rio de Janeiro: Ed. Imago, 1976. Edição original: 1920.
FREUD, S. O Problema Econômico do Masoquismo. In: _____. Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. v. 19. Rio de Janeiro: Ed. Imago, 1976. Edição original: 1924a.
FREUD, S. Uma nota sobre o “Bloco Mágico”. In: _____. Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. v. 19. Rio de Janeiro: Ed. Imago, 1976. Edição original: 1924b.
GARCIA-ROZA, L. A. Introdução à Metapsicologia Freudiana 1. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1991.
GARCIA-ROZA, L. A. Introdução à Metapsicologia Freudiana 2. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1993.
GARCIA-ROZA, L. A. Acaso e Repetição em Psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1986.
GONDAR, J. Os Tempos de Freud. Tese. Doutorado em Psicologia Clínica) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, 1993..
KATZ, C. S. Freud e o caso Schreber: algumas delimitações. Tese. (Doutorado em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1993.
LAPLANCHE, J. Novos Fundamentos para a Psicanálise. Lisboa: Edições 70, 1987.
LAPLANCHE, J. Da Teoria da Sedução Restrita à Teoria da Sedução Generalizada. In: Teoria da Sedução Generalizada e outros ensaios. Porto Alegre: Artes Médicas, 1988.
LAPLANCHE, J. Traumatismo, Tradução, Transferência e outros Trans (es). In: Teoria da Sedução Generalizada e outros ensaios. Porto Alegre: Artes Médicas, 1988.
NACHBIN, L. Freud e a Memória. Monografia (Curso de Especialização em Psicanálise) - Universidade Santa Ursula, Rio de Janeiro, 1994.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

COUTINHO, A. A especificidade da memória em psicanálise (The specificity of memory in psychoanalysis). Estudos da Língua(gem), [S. l.], v. 11, n. 1, p. 59-74, 2013. DOI: 10.22481/el.v11i1.1211. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/1211. Acesso em: 27 nov. 2021.