A discursividade da lei da imprensa no Brasil: uma análise do periódico Província de São Paulo (The discursivity of the press law in Brazil: an analysis of província de São Paulo)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/el.v14i2.1320

Palavras-chave:

Discurso jornalístico, Historicidade, Lei da imprensa

Resumo

A Lei da Imprensa brasileira passou por diversas alterações, desde o período colonial até a instalação da república, com a outorga de artigos e decretos que complementaram as leis que regularam o exercício do jornalismo, determinando o que podia ou não ser publicado. Portanto, busco compreender discursivamente como a Lei da Imprensa afeta o funcionamento do discurso jornalístico brasileiro, tendo como aporte teórico a Análise de Discurso de linha francesa.
PALAVRAS-CHAVE: Discurso jornalístico. Historicidade. Lei da imprensa

ABSTRACT
The Brazilian Press Law has endured several changes, since the colonial period until the installation of the Republic, with the granting of articles and decrees that complemented the laws that regulated the practice of journalism, determining what could be published or not. Therefore, I seek to understand discursively how the Press Law affects the functioning of the Brazilian journalistic discourse, taking the French Discourse Analysis as theoretical framework.
KEYWORDS: Jounalistic discourse. Historicity. Press Law.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giovanna G. Benedetto Flores, Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul/Brasil)

Giovanna Gertrudes Benedetto Flores é docente do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem e do Curso de Jornalismo da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul). Jornalista (Unisinos/RS), Mestre em Ciências da Linguagem (Unisul/SC) e Doutora em Linguística (Unicamp/SP). Integrante dos grupos de pesquisas (CNPq) Discurso, Cultura e Mídia e Produção e Divulgação do Conhecimento.

Referências

BAHIA, J. História da Imprensa Brasileira. Jornal, história e técnica. Vol. 1. 5.ed. Rio de Janeiro: Mauad X, 2009.
BORDIEU, P. Sobre a televisão: seguido de A influência do jornalismo e os Jogos Olímpicos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editores. 1997.
FLORES, G. B. Os sentidos de nação, liberdade e independência na imprensa brasileira (1821-1822) e a fundação do discurso jornalístico brasileiro. Porto Alegre: EDIPUCRS; Palhoça: Unisul, 2014.
GALLO, S. M. L. Discurso e novas tecnologias da informação. I JIED, Maringá. 2012.
HENRY, P. A história não existe ? In: Gestos de Leitura. 3.ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2010. p. 23-48. Edição original: 1994.
MARIANI, B. O PCB e a imprensa: os comunistas no imaginário dos jornais 1922-1989. Rio de Janeiro: Editora Revan; Campinas: Editora Unicamp, 1998.
ORLANDI, E. Interpretação: autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. 4.ed. Campinas: Pontes, 2004.
______. Discurso e texto: formulação e circulação dos sentidos. Campinas: Editora Pontes, 2001.
PÊCHEUX, M. Delimitações, inversões e deslocamentos. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, n. 19, p. 7-24, 1990.
_______. Semântica e discurso. Campinas: Editora Unicamp, 2009. Edição original: 1988
ROMANCINI, R., LAGO, C. História da Imprensa no Brasil. Florianópolis: Insular, 2007.
TRAQUINA, N. Teorias do jornalismo, porque as notícias são como são. volume 1. 3. Ed., Florianópolis: Insular. 2012. Edição original: 2004.
______. Teorias do jornalismo. A tribo jornalística – uma comunidade interpretativa transnacional. volume 2. 3.Ed. Florianópolis: Insular. 2013. Edição original: 2005
ZOPPI-FONTANA, M. Cidadãos modernos: discurso e representação política. Campinas: Editora da Unicamp, 1997.
Sites Pesquisados
O Estado de São Paulo. Disponível em: <http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/18970314-6694-nac-0001-999-1-not>. Acessado em agosto 2015.
Código Penal de 1890. Disponível em: http://legis.senado.gov.br/legislacao/ListaPublicacoes.action?id=66049. Acessado em setembro de 2015.
Constituição de 1891. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/consti/1824-1899/constituicao-35081-24-fevereiro-1891-532699-publicacaooriginal-15017-pl.html> Acessado em setembro de 2015.
Decreto 295 De março de 1890. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-295-29-marco-1890-541739-publicacaooriginal-47734-pe.html>. Acessado em
setembro de 2015.
Decreto 85A. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-85-a-23-
dezembro-1889-543749-publicacaooriginal-54307-pe.html>. Acessado em setembro de 2015.

Downloads

Publicado

2016-12-30

Como Citar

FLORES, G. G. B. A discursividade da lei da imprensa no Brasil: uma análise do periódico Província de São Paulo (The discursivity of the press law in Brazil: an analysis of província de São Paulo). Estudos da Língua(gem), [S. l.], v. 14, n. 2, p. 155-167, 2016. DOI: 10.22481/el.v14i2.1320. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/1320. Acesso em: 27 set. 2021.