A sumarização de porções textuais na construção de uma reportagem (The sumarization of textual portions in the construction of a news article)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/el.v11i2.5490

Palavras-chave:

Sumarização, Gênero reportagem, Modularidade

Resumo

Este artigo tem a finalidade de evidenciar que a forma de organização tópica, tal como proposta pelo Modelo de Análise Modular do Discurso, possui instrumentos de análise adequados para o estudo do fenômeno da sumarização. Especificamente, estudaremos a forma de organização tópica de uma reportagem, a fim de mostrar, com o estudo de duas sumarizações presentes na reportagem “Por que eles querem presidir a Câmara”, que esse tipo de nominalização desempenha função importante tanto na construção da cadeia referencial, ao reativar informações, transformando-as em novos referentes, quanto na estruturação do discurso, ao sinalizar a natureza dos constituintes textuais.
PALAVRAS-CHAVE: Sumarização. Gênero reportagem. Modularidade.

ABSTRACT
This article shows that the topical organization, as proposed by the Modular Analysis Approach of Discourse, has adequate analytical instruments for the study of the phenomenon of summarization. Specifically, we study the topical organization of an article, by analyzing two summaries in the article “Por que eles querem presidir a Câmara”, in order to show that this kind of nominalization plays important role both in construction of referential information chain and in structuring discourse, as the nature of textual constituents is signaled.
KEYWORDS: Summarization. Reportage. Modularity.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Ximenes Cunha, Universidade Federal de Alfenas (Unifal/Brasil)

Gustavo Ximenes Cunha é mestre e doutor em Linguística pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor Adjunto da Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG). É membro do Grupo de Estudos sobre a Articulação do Discurso (UFMG/CNPq). Suas publicações e seus trabalhos mais recentes investigam o impacto do contexto sobre diferentes planos da organização do discurso.

Referências

BURGER, M. La gestion des activités: pratiques sociales, roles interactionnels et actes de discours. Cahiers de linguistique française, v. 26, p. 177-196, 2004.
CHARAUDEAU, P. Discurso das mídias. São Paulo: Contexto, 2006.
CONTE, M. E. Encapsulamento anafórico. In: CAVALCANTE, M. M.; RODRIGUES, B. B.; CIULLA, A. (Org.) Referenciação. São Paulo: Contexto, 2003. p. 177-190.
CUNHA, G. X. O sequenciamento de textos como estratégia discursiva: uma abordagem modular. 2008. 250f. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.
CUNHA, G. X. O impacto do contexto na construção da narrativa em uma reportagem do jornalismo político. In: NETO, F. K.; RUFINO, J. A.; BAPTISTA, M. R. (Org.). Espaços, sujeitos e sociedade: diálogos. Espaços, sujeitos e sociedade: diálogos. Barbacena: EdUEMG, 2009a. p. 81-95.
CUNHA, G. X. O tratamento do tópico em uma perspectiva modular da organização do discurso. Estudos Linguísticos, v. 38, 2009b. p. 125-135.
CUNHA, G. X. A articulação discursiva do gênero artigo de opinião à luz de um modelo modular de análise do discurso. Filologia e Linguística Portuguesa, v. 14, p. 73-97, 2012.
CUNHA, G. X. A construção da narrativa em reportagens. 2013. 601f. Tese (Doutorado em Linguística) - Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013.
FILLIETTAZ, L. Vers une approche interactionniste de la dimension référentielle du discours. Cahiers de linguistique française, v. 18, p. 34-67, 1996.
GROBET, A. L’identification des topiques dans les dialogues. 2000. 513f. Tese (Doutorado em Linguística) - Faculdade de Letras, Universidade de Genebra, Genebra, 2000.
HERNANDES, N. A mídia e seus truques: o que jornal, revista, TV, rádio e internet fazem para captar e manter a atenção do público. São Paulo: Contexto, 2006.
KOCH, I. G. V. A referenciação como atividade cognitiva e interacional. Boletim da ABRALIN 26, 2001.
KOCH, I. G. V. Referenciação e orientação argumentativa. In: KOCH, I. G. V.; MORATO, E. M.; BENTES, A. C. Referenciação e discurso. São Paulo: Contexto, 2005. p. 33-52.
MARINHO, J. H. C. Uma abordagem modular e interacionista da organização do discurso. Revista da Anpoll, v. 16, p. 75-100, 2004.
MARINHO, J. H. C. A organização informacional em Uma História Distraída, de Cida Chaves. In: MELLO, R. Análise do Discurso & Literatura. Belo Horizonte: NAD/FALE/UFMG, 2005. p. 295-308.
NEVES, M. H. M. Gramática e texto. São Paulo: Contexto, 2006.
ROULET, E. Une approche modulaire de la problematique des relations de discours. In: MARI, H. et al. Análise do discurso em perspectivas. Belo Horizonte: FALE/UFMG, 2003, p. 149-178.
ROULET, E.; FILLIETTAZ, L.; GROBET, A. Un modèle et un instrument d'analyse de l'organisation du discours. Berne: Lang, 2001.
SIMUNIC, Z. Une approche modulaire des stratégies discursives du jornalisme politique. 2004. Tese (Doutorado em Linguística) - Faculdade de Letras, Universidade de Genebra, Genebra, 2004.

Downloads

Publicado

2013-12-30

Como Citar

CUNHA, G. X. A sumarização de porções textuais na construção de uma reportagem (The sumarization of textual portions in the construction of a news article). Estudos da Língua(gem), [S. l.], v. 11, n. 2, p. 137-158, 2013. DOI: 10.22481/el.v11i2.5490. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/5490. Acesso em: 23 out. 2021.