POR QUE EU NÃO SOU UM DUALISTA DE PROPRIEDADES

Autores

  • JOSÉ RENATO FREITAS RÊGO
  • JULIANA DE ORIONE ARRAES FAGUNDES

Resumo

Eu tenho argumentado em diversos escritos2 que a parte filosófica (embora não a parte neurobiológica) do tradicional problema mente-corpo tem uma solução óbvia e razoavelmente simples: todos os nossos fenômenos mentais são causados por processos neuronais de nível inferior no cérebro e são, eles mesmos, percebidos [realized] no cérebro como características de nível alto3 ou de sistema. A forma de causação é “de baixo para cima” ['bottom up'], de modo que o comportamento de elementos de nível baixo, presumivelmente neurônios e sinapses, causa as características da consciência e da intencionalidade, que são de nível alto ou de sistema. (Esta forma de causação, a propósito, é comum na natureza; por exemplo, a característica de nível alto da solidez é causalmente explicada pelo comportamento dos elementos de nível baixo, as moléculas.)...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-10-20

Como Citar

FREITAS RÊGO, J. R.; DE ORIONE ARRAES FAGUNDES, J. POR QUE EU NÃO SOU UM DUALISTA DE PROPRIEDADES. Filosofando, [S. l.], v. 2, n. 2, 2010. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/filosofando/article/view/2170. Acesso em: 3 dez. 2021.