1.
Santiago AR. (RE)EXISTÊNCIAS E O DEVIR REVOLUCIONÁRIO NA LITERATURA NEGRO-FEMININA. F-RL [Internet]. 5º de fevereiro de 2019 [citado 26º de janeiro de 2022];10(2). Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/4702