Entre as médias e pequenas, a dinâmica das cidades sub-regionais na Bahia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/rg.v6.e2022.e10162

Palavras-chave:

Rede urbana, Cidade sub-regional, Bahia, Urbanização

Resumo

O texto avalia as características e papéis das chamadas cidades sub-regionais, aquelas que transitam entre pequenas (que não apresentam funções regionais) e as médias (que se articulam a lógicas escalares mais amplas). Na Bahia, há várias cidades sub-regionais e face às políticas de descentralização/desconcentração econômicas e administrativas elas adquiriram novos papéis ao receber estabelecimentos estatais de gestão regional. Em certos casos, sediam filiais de empresas, empreendimentos imobiliários, etc. Espera-se com este artigo permitir novos olhares sobre tais cidades existentes na Bahia e, certamente, em outras partes do Brasil, para avançar na elaboração de um conceito ou mesmo noção que permita melhor compreender os seus traços, lógicas e articulações, o que, consequentemente, evitaria, do nosso ponto de vista, generalizações incorretas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Janio Santos, Universidade Estadual de Feira de Santana -UEFS-BRASIL

Doutor em Geografia; professor Pleno (UEFS). Membro permanente do Planterr (UEFS) e PPGeo (UESB). E-mail: janiosantos@yahoo.com.br

Referências

BESSA, K, C. F. de O. Convergências e divergências da urbanização em áreas de cerrado: a dinâmica urbano-regional de Uberaba e Uberlãncia (MG). 2007, 345f. Tese (Doutorado em Geografia)-UFRJ, Rio de Janeiro, 2007.

CALTHORPE, P.; FULTON, F. The Regional City: Planning for the End of Sprawl. Washington/ D.C: Island Press, 2001

CATELAN, M. J. Heterarquia urbana: interações espaciais interescalares e cidades médias. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2013

CHRISTALLER, W. Central places in Southern Germany. Englewood Cliffs: Prentice-Hall, 1966.

CORRÊA, R. L. Os estudos de redes urbanas no Brasil. Revista Brasileira de Geografia, Rio de Janeiro: IBGE, ano 29, n.4, p.93-116, out./dez.1967

CORREA, R. L. Interações Espaciais. In: CASTRO, I. E. de; GOMES, P. C; da. C; CORRÊA, R. L. (Org.). Explorações Geográficas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997, v. 1, p. 279-319.

GEDDES, P. Cities in evolution: an introduction to the town planning movement and to the study of civics. London: Benn, 1915

HAESBAERT, R. Região e regionalização num mundo des-territorializado. In: FELDMAN, S.; FERNANDES, A. (Org.) O urbano e o regional no Brasil contemporâneo. Salvador: EDUFBA, 2007, p.115-122.

HAESBAERT, R. Morte e vida da região: antigos paradigmas e novas perspectivas da Geografia Regional. In: SPOSITO, E. (Org.) Produção do espaço e redefinições regionais: a construção de uma temática. Presidente Prudente: UNESP, FCT, GASPER, 2005, p. 9-33.

HARVEY, D. A condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. São Paulo: Loyola, 2004

IBGE. Divisão do Brasil em regiões funcionais urbanas, 1966. Rio de Janeiro: IBGE, 1972

IBGE. Regiões de Influência de Cidades, 1978. Rio de Janeiro: IBGE/DGC, 1987

IBGE.. Regiões de Influência de Cidades, 1993. Rio de Janeiro: IBGE/Departamento de Geografia, 2000

IBGE. Regiões de influência das cidades (REGIC), 2007. IBGE: Rio de Janeiro, 2008. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/geociencias/ geografia/regic.shtm, acesso em: 27 jul. 2019.

IBGE.. Divisão Regional do Brasil em Regiões Geográficas Imediatas e Regiões Geográficas Intermediárias, Rio de Janeiro: 2017. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/apps/regioes_geograficas, acesso em: 27 jul 2019.

IBGE.. Regiões de influência das cidades (REGIC), 2018. IBGE: Rio de Janeiro, 2020.

IBGE.. Sidra: Banco de dados (PIB 1949-1917; População 1940-2020; Ocupação 1970-2010). Disponível em:http://www.sidra.ibge.gov.br. Acesso: 05 mai. 2020.

LA BLACHE, P. V. de. Régions françaises. Revue de Paris, décembre, p. 821-849, 1910

MILLER, et al. The long‐term effect of lockouts on alcohol‐related emergency department attendances within Ballarat, Australia. Droug and alcool Review. Vol. 31, Issue 4, june, 2012, p. 370-376. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/ doi/pdf/10.1111/j.1465-3362.2011.00375.x, acesso em: 27 jul 2019.

MUMFORD, L. The culture of cities. New York: Harcourt, Brace and Company, 1938

PESSOA, C. V. G.; GOMES, H. P. R. Pau dos ferros/RN: uma cidade pequena com características de cidade média. CONGRESSO INTERNACIONAL DA DIVERSIDADE DO SEMIÁRIDO, CONDIS, 1, Anais..., Campina Grande/PB, Editora Realize, 2016. Disponível em: https://editorarealize.com.br/revistas/conidis/trabalhos/ TRABALHO_EV064_MD1_SA9_ID1390_24082016203310.pdf, acesso em: 27 jul 2019.

ROMA, C. M. Segregação sócio-espacial em cidades pequenas. 2008. 156f. Dissertação (Mestrado em Geografia)-FTC, UNESP, Presidente Prudente, 2008.

SANTOS, J. (Re)pensar a rede de cidades na Bahia: urbanização e interações dos/nos espaços interurbanos. Feira de Santana: UEFS, 2019 (Texto para Promoção na Carreira para Professor Pleno).

SANTOS, M. Da totalidade ao lugar. São Paulo: Edusp, 2005

SANTOS, M. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 6a ed. São Paulo, Record, 2001

SANTOS, M. Espaço e sociedade no Brasil: a urbanização recente. In: Geosul, Florianópolis: UFSC, ano 3, nº 5, 1988, p. 85-100.

SANTOS, M. O espaço dividido: os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos São Paulo; Edusp, 2004

SANTOS, M.; SILVEIRA, M. L. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2001

SCOTT, A. et al. Cidades-regiões globais. In: Espaço & Debates. São Paulo, Núcleo de Estudos Regionais e Urbanos, nº 41, 2001, p.11-25

SILVEIRA, M. L. Um país, uma região. Fim de século e modernidades na Argentina. Formação (Presidente Prudente), n.6, 1999, p. 65-74,

SÖDERSTRÖM, P.; SCHULMAN, H.; RISTIMÄKI, M. Urban form in the Helsinki and Stockholm city regions - Development of pedestrian, public transport and car zones. Finnish Environment Institute, 2015 Disponível em: https://helda.helsinki.fi/handle/10138/155224, acesso em: 27 jul 2019.

SOJA, E. W. Postmetropolis: critical studies of cities and regions. Oxford: Blackwell Publishing, 2000

SPOSITO, M. E. B. As cidades médias e os contextos econômicos. In: SPOSITO, M. E. B. (Org.) Urbanização e cidades: perspectivas geográficas. Presidente Prudente [s.n.], 2001, p.509-643

SPOSITO, M. E. B.Novas redes urbanas: cidades médias e pequenas no processo de globalização. Revista de Geografia (São Paulo), v. 35, p. 51-62, 2010.

TAVARES, S. D. Sobre o prefixo sub. Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, 2008. Disponível em: https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/sobre-o-prefixo-sub-/23986, acesso em: 27 jul 2019.

TIAN, Y; JIM, C. Y.; TAO, Y. Challenges and Strategies for Greening the Compact City of Hong Kong. Journal of Urban Planning and Development, Volume 138, Issue 2, June 2012. Disponível em: https://ascelibrary.org/doi/full/10.1061/ %28ASCE%29UP.1943-5444.0000076, acesso em: 27 jul. 2019.

Publicado

2023-04-03

Como Citar

SANTOS, J. Entre as médias e pequenas, a dinâmica das cidades sub-regionais na Bahia. Geopauta, [S. l.], v. 6, p. e10162, 2023. DOI: 10.22481/rg.v6.e2022.e10162. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/10162. Acesso em: 18 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos