Work: a central category of geographic analysis

Authors

Keywords:

Man, Work, Geographic Analysis

Abstract

The aim of this article is to analyze the work category; as work is a phenomenon inherent to the mankind, and therefore cannot evade scientific studies, especially the geographic studies. The labor activities meet the human needs, and are studied in different perspectives by different sciences. Geographers complement this knowledge, when affirming that the work goes beyond this phenomenon, as it is as well a primordial element in the production space. Therefore, the work is a tool to Geography, making the subject one of the central categories of the Geographical analyzes. This subject brings certain nuances from each historical moment, and its context is not purely technical, but, overall social, what makes it broad, rich and inexhaustible.

Author Biographies

Verônica Ferraz Oliveira, Faculdade Independente do Nordeste - FAINOR - BRASIL

Doutorado e Mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Sergipe. Graduação em Geografia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB

Ana Emília de Quadros Ferraz, Universidade Federal de Sergipe - UFS/UESB-BRASIL

Pós-doutorado e Doutorado em Geografia pela Universidade Federal de Sergipe e Mestrado em Ciências Sociais pela PUC –SP. Graduação em Geografia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB

References

ANDRADE, Cyntia. Lugar de memória... memórias de um lugar: patrimônio imaterial de Igatu, Andaraí, BA. PASOS: Revista de Turismo y Patrimônio Cultural. Ilhas Canárias, Espanha, 2008.

CABRAL, Luiz Otávio. Revisitando as noções de espaço, lugar, paisagem e território, sob uma perspectiva geográfica. Revista de Ciências Humanas, Florianópolis, EDUFSC, v. 41, n. 1 e 2, p. 141-155, Abril e
Outubro de 2007.
CARLOS, Ana Fani Alessandri. A condição espacial. 1° ed. – São Paulo: Contexto, 2015.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. O lugar no/do mundo. FFLCH, São Paulo, 2007. Disponível em: http://www.gesp.fflch.usp.br/sites/gesp.fflch.usp.br/files/O_lugar_no_do_mundo.pdf .

GASTAL, Susana de A. Lugar de memória: por uma nova aproximação teórica ao patrimônio local. In: Gastal. S. (org). Turismo, investigação e crítica. São Paulo, 2002, Contexto, p. 69-81. Disponível em: https://editoracontexto.com.br/autores/susana-gastal/turismo.html . Acesso em 23 de Nov. 2018.

GOMES, Verônica Maria da Silva. “KÒ SÍ EWÉ, KÒ SÍ ÒRÌSÀ” (SEM FOLHA, NÃO HÁ ORIXÁ): Vivências ecológicas no Ilé Àse Opó Osogunlade. 2015. 202 f. Tese (Doutorado) – Universidade de Brasilia, Facudade de Educação, Brasília, 2015.

HARVEY, David. O espaço como palavra-chave. Niterói – RJ: GEOgraphia, v. 14, n. 28, 2012.

LEFEBVRE, Henri. A produção do espaço. Tradução de: Doralice Barros Pereira e Sérgio Martins. 4° ed. Paris: Éditions Anthropos, 2000. Título original: La production de l’espace.

MOREIRA, Erika Vanessa; HESPANHOL, Rosângela Aparecida de Medeiros. O lugar como uma construção social. Revista Formação, nº 14, v. 2, p. 48-60, Presidente Prudente, 2007.

NORA, Pierre. Entre a memória e história: A problemática dos lugares. Trad. YaraAun Khoury. In: Projeto História, São Paulo, 1993.

TUAN, Yi-Fu. Espaço e lugar: A perspectiva da Experiência. Difel. São Paulo, 1983.

VERGER, Pierre Fatumbi. Orixás. 6° ed. Salvador: Corrupio, 2009.

Published

2019-07-26