O Agribusiness, expansion of transgeny and land expropriation in the Juazeiro / Petrolina polo

Authors

  • Ana Júlia de Souza Amorim Universidade de Pernambuco
  • Raimunda Áurea Dias de Sousa Universidade de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.22481/rg.v3i3.5747

Keywords:

Conflicts, Seeds, Earth

Abstract

The expansion of irrigated agriculture in Petrolina centered on agribusiness policy has contributed to the increase of production and productivity through appropriation / expropriation in order to transform the cultivation, especially of corn, into commodity - exchange value. In this sense, the objective of the present research is to understand how land is appropriated by agribusiness, especially for the expansion of transgenics whose purpose is exchange - commodity value, contradictorily, has caused the expropriation of the peasants of the natural good (land) and the agroecological cultivation of corn to satisfy human needs, use value.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

Author Biography

Raimunda Áurea Dias de Sousa, Universidade de Pernambuco

Doutora em Geografia pela Universidade Federal do Sergipe – UFS, Brasil, Professora adjunta da Universidade de Pernambuco - Colegiado de Geografia e do Programa de Pós-graduação - Formação de Professores e Praticas Interdisciplinares (PPGFPPI). Coordena o CEA - Centro de Estudos Agrários e o Grupo de Estudo: A política e a questão agrária.  É integrante dos grupos de pesquisa: Grupo de Pesquisa em Sociedade e Natureza do Vale do São Francisco pela UPE (Líder). Estado, Capital, Trabalho e políticas de reordenamento territoriais, vinculado ao NPGEO/UFS.

References

BARROS, F. I.. O agronegócio e a atuação da burguesia agrária: considerações da luta de classes no campo. Serviço Social & Sociedade. São Paulo,2018, n.131, p.175-195.
BOMBARDI, L. M.. Artigo - O aumento do número de agrotóxicos aprovados no Brasil. Nexo, Website de Nexo, p. 1 - 4, 05 fev. 2019.
BOMBARDI, L. M.. Intoxicação e morte por agrotóxicos no Brasil: a nova versão do capitalismo oligopolizado. Boletim Data Luta, v. 45, p. 1-21, 2011.
DELGADO, N. G.. Commodities agrícolas. In: Dicionário da Educação do Campo. / Organizado por Roseli Salete Caldart, Isabel Brasil Pereira, Paulo Alentejano e Gaudêncio Frigotto. – Rio de Janeiro, São Paulo: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular, 2012.
FERNANDES, L.. O uso de agrotóxicos na produção de alimentos é a expressão do avanço do modelo capitalista no campo. Disponível em: < www.mst.org.br/2017/04/11/o-uso-de-agrotoxicos-na-producao-de-alimentos-e-a-expressao-do-avanco-do-modelo-capitalista-no-campo.html > acesso em: 03/09/2019.
GAMA SILVA, P. C.. Dinâmica e Crise da Fruticultura Irrigada no Vale do São Francisco. In: Diversificação dos espaços rurais e dinâmicas territoriais no Nordeste do Brasil. Org. Aldenor Gomes da Silva, Josefa Salete Barbosa Cavalcanti e Maria de Nazareth B. Wanderley. João Pessoa: Zarinha Centro de Cultura, 2009.
MAIÇÁ, E. D.. Sementes. In: Dicionário da Educação do Campo. / Organizado por Roseli Salete Caldart, Isabel Brasil Pereira, Paulo Alentejano e Gaudêncio Frigotto. – Rio de Janeiro, São Paulo: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular, 2012.
MARCOS, V. de. Agricultura e Mercado: Impasses e Perspectivas para o Agronegócio e a produção Camponesa no Campo Latino-Americano. In: Campesinato e Territórios em Disputa org. Eliane Tomiasi Paulino & João Edimilson Frabrini. 1ª Ed., São Paulo: Expressão Popular: UNESP: Programa de Pós Graduação em Geografia, 2008.
SILVA, B. B. de R.; SOUSA, R. Á. D.. O agronegócio, os transgênicos e a questão alimentar: uma análise sobre o polo Juazeiro/Petrolina. Revista Geoaraguaia, Barra do garças, 2018, v. 8, n. 3, pag. 1-16.
SOUSA, R. Á. D.. A renda fundiária e o trabalho – a realidade da agricultura irrigada no Vale do São Francisco In: CONCEIÇÃO, Alexandrina Luz; SOUSA, Raimunda Áurea Dias de (Org). O capital e a ocupação de Terras/Territórios. São Cristovão: Editora UFS, 2013a. P. 143-164.
SOUSA, R. A. D.. O agro-hidronegócio no vale do são Francisco: território de produção de riqueza e subtração da riqueza da produção. 2013. 356 f. Tese (Doutorado) -Curso de Geografia, Núcleo de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão-SE, 2013b. Cap. 3. p.164.
TEUBAL, M.. O campesinato frente à expansão do agronegócio na América Latina. In: PAULINO, Eliane Tomiasi; FABRINI, João Edimilson (Org). Campesinato e territórios em Disputa. São Paulo: Expressão Popular: UNESP: Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2008. p. 139-160.

Published

2019-12-09

How to Cite

AMORIM, A. J. de S.; SOUSA, R. Áurea D. de. O Agribusiness, expansion of transgeny and land expropriation in the Juazeiro / Petrolina polo. Geopauta, [S. l.], v. 3, n. 3, p. 134-145, 2019. DOI: 10.22481/rg.v3i3.5747. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/5747. Acesso em: 1 dec. 2021.