The elderly woman in children's tales: Stereotypes of old age and symbolic violence

Authors

DOI:

https://doi.org/10.22481/rg.v5i1.6192

Keywords:

Feminization of old age, Elderdly woman, Image, Symbolic Violence

Abstract

This essay examines the meanings of old age in the image of the elderly woman presents in four children's stories written by the authors Jacob Ludwing Carl Grimm and Wilhelm Carl Grimm, offering a reflection on the notion of old age, in view of the demographic reality of Brazil. Under this, we analyze symbolic violence associated with stigmas and labels related to old age and discuss the process of population aging, notably, the feminization of old age in the urban space and the social role played by the elderly. In this way, we use, in our theoretical foundation, the contributions of authors dealing with old age, symbolic power and violence, as well as contributions from Discourse Analysis of the French line

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Nádia Sampaio , Federal Institute of Bahia- IFBA- Brazil / State University of Southwest Bahia - Brazil

Master in Geography from the Federal University of Sergipe-UFS and doctoral student in the Course of Memory: Language and Society, State University of Southwest Bahia - UESB. Professor at the Federal Institute of Bahia - IFBA

Luana de Araújos dos Reis, Faculdade Independente do Nordeste - Fainor- Brasil

PhD in Nursing from the Federal University of Bahia - UFBA. Teacher at the Independent Faculty of the Northeast - FAINOR

Luciana Araújo dos Reis Reis , Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia- UESB- Brasil

PhD in Health Sciences. Full Professor at the State University of Southwest Bahia and linked to the Postgraduate Program in Memory: Language and Society, PPGMLS-UESB

References

BEAUVOIR, Simone. A velhice. Tradução Maria Helena Franco Martins. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2018.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. Tradução Maria Helena Künher. 11ª edição. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Tradução de Fernando Tomaz. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

BRANDÃO, Helena H. Nagamine. Introdução à análise do discurso. 3ª ed. ver. Campinas, SP: Editora Unicamp, 2012.

BRASIL, IBGE. Estatísticas sociais, 2018. Disponível em https://agenciadenoticias.ibge.gov.br. Acesso em 27 de outubro de 2020.

BRASIL, IBGE. Pesquisa nacional por amostra de domicílios continua- PNAD continua, 2017. Disponível em https://www.ibge.gov.br/estatisticas/multidominio/condicoes-de-vida-desigualdade-e-pobreza/17270-pnad-continua.html?=&t=o-que-e. Acesso em 27 de outubro de 2020.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. O espaço urbano: novos escritos sobre a cidade. São Paulo: LABUR Edições, 2007.

CAVENAGHI, Suzana; ALVES, José Estáquio Diniz. Mulheres chefes de família no Brasil: avanços e desafios. Rio de Janeiro: ENS-CPES, 2018. 120 p.; 21 cm (Estudos sobre Seguro, nº 32).

CORREA, Mariele Rodrigues. Envelhecer na cidade. Revista Espaço Acadêmico. V.16 n. 184, setembro, 2016.

CUNHA, Tânia Rocha Andrade. O preço do silêncio: mulheres ricas também sofrem violência. Vitória da Conquista: Edições UESB, 2007.

D’ALENCAR, Raimunda Silva. Idosas no contexto da vida cotidiana: como percebem o corpo. In: D’ALENCAR, Raimunda Silva. A representação social na construção da velhice (org.) Ilhéus, BA: Editus, 2017.

DEBRET, Guita Grin. Velhice e tecnologias do rejuvenescimento. In: GOLDENBERG, Mirian (org.) Corpo, envelhecimento e felicidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

DEBRT, Guita Grin. A reinvenção da velhice: socialização e processos de reprivatização do envelhecimento. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo: FAPESP, 2004.

GOLDENBERG, Mirian (org.). O corpo como capital: estudos sobre gênero, sexualidade e moda na cultura brasileira. 3ª ed. Rio de Janeiro: Estação das Letras e Cores, 2015.

GRIMMSTORES. Contos de Grimm Disponível em https://www.grimmstories.com/pt/grimm_contos/index. Acesso em 01 de junho de 2020.

HADDAD, Eneida Gonçalves de Macedo. A ideologia da velhice. 2ª edição. São Paulo: Cortez, 2016.

INDURSKY, Freda; Mittmann, Solange; FERREIRA, Maria Cristina Leandro (orgs). Memória e história na/da análise do discurso. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2011.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA – IPEA. Atlas da violência. Brasília: IPEA, 2020. Disponível em https://forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2020/08/atlas-da-violencia-2020.pdf. Acesso em 02 de outubro de 2020.

JEFFREY, Peter. Remar contra a corrente: aspectos éticos do envelhecimento e de seu cuidado. Tradução de Bárbara Theoto Lambert. São Paulo: Edições Loyola, 2001.

MILL, John Stuart. A sujeição das mulheres. Revista Gênero. V.6, n.2, n 1, p. 181-202, 1-2 sem. 2006, 181, Niterói.

NERI, Anita Liberalesso. Idosos no Brasil: vivências, desafios e expectativas na terceira idade. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, Edições SESCSP, 2007.

NERI, Anita Liberalesso. Atitudes e crenças sobre velhice: análise de conteúdo de textos do jornal O Estado de São Paulo publicados entre 1995 e 2002. In O. R. M. von Simson, A. L. Neri, & M. Cachioni (Orgs.). As múltiplas faces da velhice no Brasil. Campinas, SP: Átomo Alínea, 2003.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Análise de discurso: princípios e procedimentos. 12ª edição. Campinas, SP: Pontes Editores, 2015.

ORLANDI, Eni. Puccinelli. Discurso em análise: sentido, sujeito, ideologia. 3ª edição. Campinas, SP. Pontes Editores, 2017.

PÊCHEUX, Michel. Língua, linguagem, discursos. In: CARLOS, Piovezani; SARGENTINI, Vanice. Legados de Michel Pêcheux: inéditos em análise do discurso. São Paulo: Contexto, 2018.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. Tradução Eni P. Orlandi. Campinas: Pontes Editores, 2015.

PÊCHEUX, Michel. Papel da memória. In: ACHARD, Pierre, DAVALLON; Jean; DURAND. Jean-Louis; PÊCHEUX, Michel; ORLANDI, Eni P. O papel da memória. Campinas: Pontes Editores, 1999.

SAFFIOTI, Heleieth Bongiovani. Gênero, patriarcado e violência. 11ª edição. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2012.

SAFFIOTI, Heleieth Bongiovani. Violência doméstica ou a lógica do galinheiro. In: KUPSTAS, Márcia (org.) Violência em debate. São Paulo: Moderna, 1997.

SIBILA, Paula. A moral da pele lisa e a censura midiática da velhice: o corpo velho como uma imagem com falha. In: GOLDENBERG, Mirian (org.) Corpo, envelhecimento e felicidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

SILVERSTONE, Roger. Por que estudar a mídia? Tradução: Milton Camargo Mota. 2ª ed. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

WOLF, Naomi. O mito da beleza: como as imagens de beleza são usadas contra as mulheres. Tradução Waldéa Bracelos. 13ª ed. Rio de Janeiro: Rosa dos tempos, 2020.

Published

2021-03-31

Issue

Section

Continuous demand articles