A Década Afro-descendente com uma perspectiva de gênero

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/rg.v4i3.6769

Palavras-chave:

Gênero. Desenvolvimento. Igualdade.

Resumo

A abordagem de gênero é considerada uma das premissas prioritárias de desenvolvimento; é entendida como um direito e um fator político-econômico que aumenta a produtividade aproveitando as habilidades das mulheres. O desenvolvimento é explicado pela redução da pobreza, melhor acesso à justiça e baixos níveis de desigualdades de bem-estar. Queremos explorar como a abordagem de gênero se evidencia no cumprimento dos objetivos da Década Internacional dos Afrodescendentes e contribui para o desenvolvimento das mulheres afrodescendentes. A Década indica a realização de ações que levem ao pleno exercício dos direitos dos afrodescendentes para garantir justiça, reconhecimento e desenvolvimento; O progresso na implementação do plano de ação da Década ainda está em discussão com relação ao desenvolvimento das mulheres afrodescendentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Shari García, Instituto Afrodescendiente para el Estudio, la Investigación y el Desarrollo, San José-Costa Rica

Shari García- Posgrado Universidad de San Buenaventura- Cartagena das Indias – Colombia, Instituto Afrodescendiente para el Estudio, la Investigación y el Desarrollo – Presidente – San José-Costa Rica

Referências

Banco Mundial (2012). Informe sobre el desarrollo mundial. Panorama general. Igualdad de género y desarrollo. Washington, DC.

Moller Okin, S. (1991). Desigualdad de Género y Diferencias Culturales. In: Perspectivas feministas en teoría política, Paidós Ibérica

Naciones Unidas (1996). Informe de la Cuarta Conferencia Mundial sobre la Mujer. Beijing, 4 a 15 de septiembre de 1995. Nueva York.

Naciones Unidas (2001). Informe de la Conferencia Mundial contra el Racismo, la Discriminación Racial, la Xenofobia y las Formas Conexas de Intolerancia. Durban, 31 de agosto a 8 de septiembre de 2001. Durban.

Tamayo, G., Delso, A., López, I., Navarro, N. & Fdez-Layos, A. (2003). Género en la Cooperación al Desarrollo: una mirada a la desigualdad. ACSUR-Las Segovias. Madrid.

Williams, F. (1997). Raza, Etnia, Género y Clase en los Estados Bienestar: Un marco para análisis comparativo. Papel Político número 5, Bogotá pp: 49 -84. Recuperado de Revista Social Politics, Summer 1995.

Zabala, I. (2010). Estrategias alternativas en debates sobre género y desarrollo. Revista de Economía Crítica, número 9. Departamento de Economía Aplicada I. Universidad del País Vasco. Euskal Herriko Unibertsitatea.

Publicado

2020-10-07

Como Citar

GARCÍA, S. . A Década Afro-descendente com uma perspectiva de gênero. Geopauta, [S. l.], v. 4, n. 3, p. 24-32, 2020. DOI: 10.22481/rg.v4i3.6769. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/6769. Acesso em: 30 nov. 2020.