Material educativo sobre educação do solo: da produção acadêmica às ações de extensão na educação básica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/rg.v5i1.7008

Palavras-chave:

Educação em solos, Práticas pedagógicas, Materiais didáticos

Resumo

Este artigo apresenta resultados de pesquisa e extensão sobre “Educação em Solos” projeto que consiste em conhecer, instrumentalizar e propagar a temática, evidenciando novas formas de  estudar e avaliar ensino de solos, sobretudo na educação básica. Busca-se, ainda, incentivar a troca de informações e experiências entre as instituições de ensino e pesquisa. A análise dos recursos/materiais didáticos é realizada pelos alunos, através de visitas, que são reaziadas de forma monitorada no Laboratório de Pedologia e Processos Erosivos em Estudos. Após as visitas, são aplicados questionários para os visitantes, para fins de avaliação dos produtos. Desta feita, é possível constatar o valor dos recursos didáticos produzidos, bem como o envolvimento positivo do público alvo da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cleire Lima da Costa Falcão, Universidade Estadual do Ceará -UECE-Ceará-Brasil

Pós-doutora. Profa. Associada do Curso de Geografia da Universidade Estadual do Ceará/UECE-.Fortaleza-Ceará-Brasil

José Falcão Sobrinho, Universidade Estadual Vale do Acaraú/UVA-Brasil

Pós-Doutor, Prof. Associado do Programa de Pós-Graduação em  Geografia da UVA

Referências

AGUIAR, J. S. Jogos para o ensino de conceitos. Campinas: Papirus, 1998.
ANTUNES, C. Novas maneiras de ensinar - novas formas de aprender. Rio de Janeiro: Artmed, 2002.
COSTA FALCÃO, C. L. Programa de Educação em Solos: conhecer, instrumentalizar e propagar. In: Extensionando: cultivando saber na escola e na Universidade. Sobral: Edições Universitárias da Universidade Estadual Vale do Acaraú, 2014.
FREIRE, P. Pedagogia da autonomia. 34. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.
KISHIMOTO, M. T. Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001.
LESPCH, I. F. Formação e Conservação dos solos. São Paulo: Oficina de Textos, 2002.
LIKERT, R. A technique for the measurement of attitudes. Archives of Psychology, 1932.
LIMA, V. C. et al. Projeto solo na escola: o solo como elemento integrador do ambiente no ensino fundamental e médio. Expressa Extensão: 7: 1-6., 2002.
MUGGLER, C. C.; SOBRINHO. F. A. P; MACHADO. V. A. Educação em Solos: Princípios, Teoria e Métodos. R. Bras. Ci. Solo, 30:733-740, 2006.
ROMANATTO, M. C. O livro didático: alcances e limites. In: ENCONTRO PAULISTA DE MATEMÁTICA, 7, 2004, São Paulo. Anais... São Paulo, 2004. Disponível em: <www.sbempaulista.org.br/epem/anais/mesas.../mr19-Mauro.doc>. Acesso em: 04 set. 2010. P. 1-11.
RUELLAN, A. Pedologia e desenvolvimento: a ciência do solo ao serviço do desenvolvimento. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 1988, Campinas. Anais... Campinas: SBCS, 1988. p. 405-414.
RUELLAN, A.; DOSSO, M. L’analyse structural de la coverture pédologique: origenes et consequences. Regards sur le sol. Paris: Foucher, 1993.
SILVA, C. S.; COSTA FALCÃO, C. L.; FALCÃO SOBRINHO, J. O estudo do solo no livro didático de Geografia. Revista Homem Espaço e Tempo, Sobral, Centro de Ciências Humanas da Universidade Estadual Vale do Acaraú, ano 2, n. 1, 2008.
VÍDEOS de Programa Solo na Escola/UFPR. Projeto Solo na Escola. Paraná: Vímeo, c2017. Disponível em: <http://vimeo.com/user8999548/videos>. Acesso em: 12 fev. 2013.
VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 5. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

Publicado

2021-03-31

Como Citar

FALCÃO, C. L. da C. . .; SOBRINHO, J. F. Material educativo sobre educação do solo: da produção acadêmica às ações de extensão na educação básica. Geopauta, [S. l.], v. 5, n. 1, p. e7008, 2021. DOI: 10.22481/rg.v5i1.7008. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/7008. Acesso em: 21 jul. 2024.