Ensino de Matemática e Formação Inicial de Professores: uma experiência com redes sociais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/intermaths.v2i2.9808

Palavras-chave:

Redes Sociais, Pibid, Educação Matemática, Formação de Professores

Resumo

O referido trabalho objetiva apresentar reflexões e análises sobre a importância e influências das redes sociais na construção de conhecimentos matemáticos, evidenciando as suas potencialidades no contexto educacional em turmas de Ensino Médio de três escolas da rede pública de Vitória da Conquista - Bahia. As experiências expostas neste trabalho foram vivenciadas na modalidade remota por duas bolsistas no Subprojeto Matemática do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Para desenvolvimento de tal pesquisa, optou-se por utilizar redes sociais como o Instagram e o Youtube, pelo fato dessas ferramentas possibilitarem interações mais dinâmicas e rápidas entre os seus usuários. Os resultados encontrados foram satisfatórios, visto que, pode-se perceber que as redes sociais têm potencial para auxiliar no processo de ensino e aprendizagem, estas facilitam o compartilhamento e disseminação de informações, além disso permite uma maior comunicação/conexão entre educador e educando, ressaltando assim, a relevância da utilização desses meios nas salas de aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Gabriela Jade Novais da Silva, Universidade Estadualdo Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista-BA, Brasil

Licencianda em Matemática pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Atualmente, é bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID).

Viviane Chagas Santos, Universidade Estadualdo Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista-BA, Brasil

Licencianda em Matemática pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Atualmente, é bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID).

Jonson Ney Dias da Silva, Universidade Estadualdo Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista-BA, Brasil

Doutor em Educação Matemática pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP/Rio Claro). Professor Adjuntos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e líder do Grupo de Articulação, Investigação e Pesquisa em Educação Matemática (GAIPEM) da UESB.

Referências

CORONAVÍRUS deixa mais de 776 milhões de alunos fora da escola, diz UNESCO. UNIC Rio, 2020. Disponível em: https://unicrio.org.br/coronavirus-deixa-mais-de-776-milhoes-de-alunos-fora-da-escola-diz-unesco/. Acesso em: 20 ago. 2021

CUNHA, L. F. F da; SILVA, A. de S.; SILVA, A. P. da. O ensino remoto no Brasil em tempos de pandemia: diálogos acerca da qualidade e do direito e acesso à educação. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, Brasília, v. 7, n. 3, p. 28, ago. 2020.

BRASIL. Parecer CNE/CP5/2020 - Reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da COVID-19. Brasília: MEC, 2020.

FERREIRA, L. A et al. Ensino de matemática e covid-19: práticas docentes durante o ensino remoto. Revista EM TEIA. vol. 11, n 2, 2020.

SANTOS, K. E. O; CARVALHO, A. B. G. Mídias sociais e educação em tempos de pandemia: o Tiktok como suporte aos processos de ensino e aprendizagem. Revista EM TEIA. vol. 11, n 2, 2020.

ROCHA, C. M. F. As redes em saúde: entre limites e possibilidades, 2005. Disponível em: Estar em rede, ser rede: entre limites e possibilidades (fiocruz.br). Acesso em: 13 set. 2021.

DA SILVA, Siony. Redes sociais digitais e educação. Revista Iluminart, v. 1, n. 5, 2010.

SOFFNER, Renato. As tecnologias da inteligência e a educação como desenvolvimento humano. 2005. 144 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

VIENS, Ashley. This graph tells us who's using social media the most. World Economic Forum. Disponível em: Who uses social media the most? | World Economic Forum (weforum.org). Acesso em: 13 set. 2021.

CRUZ, E. P. Brasil tem 24,3 milhões de crianças e adolescentes que usam internet. Agência Brasil. Disponível em: Brasil tem 24,3 milhões de crianças e adolescentes que usam internet | Agência Brasil (ebc.com.br). Acesso em: 14 set. 2021.

LORENZO, E. M. A utilização das redes sociais na educação: a importância das redes sociais na educação. 3 ed. São Paulo: Clube de Autores, 2013. 126p.

MORAN, J. M. A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá. - 5ª ed. - Campinas, SP: Papirus, 2012. 174p.

Downloads

Publicado

2021-12-28

Como Citar

Silva, G. J. N. da, Santos, V. C., & Dias da Silva, J. N. (2021). Ensino de Matemática e Formação Inicial de Professores: uma experiência com redes sociais. INTERMATHS, 2(2), 304-318. https://doi.org/10.22481/intermaths.v2i2.9808

Edição

Seção

Dossiê