O processo de escolarização primária no município de Mandaguari-PR (1940 – 1980)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v18i49.11150

Palavras-chave:

educação primária, história da educação, escola rural

Resumo

A escolarização primária é tema deste artigo que tem como objetivo a reconstituição histórica dos processos de institucionalização e expansão das escolas de ensino primário nas áreas urbana e rural do município de Mandaguari-PR, tomando como recorte temporal as décadas de 1940 e 1980. O artigo está inserido na linha de pesquisa História e Historiografia da Educação sendo organizado a partir de fontes documentais e iconográficas caracterizadas pelas leis e decretos que autorizaram o funcionamento das instituições escolares. O artigo indaga como ocorreu o processo de institucionalização e expansão das escolas de ensino primário no município de Mandaguari-PR. A educação urbana pode ser dimensionada em dois períodos: da escola Isolada Lovat (1937) ao Grupo Escolar Mandaguari (1946), da criação do Ginásio Estadual de Mandaguari ao Complexo Escolar Professora Hilda de Oliveira (1973 a 1988). A educação rural (1950 a 1980) compreendia cerca de 38 escolas isoladas, localizadas na zona rural do município e que eram, normalmente, construídas em madeira, contavam com estruturas precárias, poucos recursos e apenas um professor responsável pela escola. A reconstituição da escolarização primária, nas áreas urbana e rural, permitiu a compreensão do processo de colonização norte-paranaense e sua relação com a história do município de Mandaguari, revelando o movimento da história dos homens e da educação naquele período histórico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Silvana Rodrigues Malheiro Huss, 1Universidade Estadual de Maringá – Brasil

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Maringá. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisas, História da Educação, Intelectuais e Instituições Escolares. Contribuição de autoria: escrita, revisão e edição. Lattes: http://lattes.cnpq.br/9868724906480610

Maria Cristina Gomes Machado, Universidade Estadual de Maringá - Brasil

Maria Cristina Gomes Machado. Doutora em Filosofia e História da Educação pela UNICAMP, Professora Titular da Universidade Estadual de Maringá, UEM, Líder do grupo de Pesquisa GEPHEIINSE é bolsista de produtividade 1C. Contribuição de autoria: escrita, supervisão, revisão e edição. Lattes: http://lattes.cnpq.br/3874168724032825

Referências

ANDRADE, Rodrigo Pinto de. História e historiografia da escola luterana Concórdia de Marechal Cândido Rondon (1955 – 1969). Orientador: Prof. Dr. Cézar de Alencar Arnaut de Toledo.2011. 265 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2011.

BARION, Isabel Francisco de Oliveira. Educação em Cambé: história e memória da escola bratislava (1934 – 1949). Orientador: Prof. Dr. Cézar de Alencar Arnaut de Toledo. 2014. 197f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2014.

BERTONHA, Vitorina Cândida Corrêa Bertonha. Da escola isolada ao grupo escolar: o processo de escolarização primária em Sarandi-PR (1953 – 1981). Orientadora: Dra. Maria Cristina Gomes Machado. 2010. 157 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2010.

BRASIL. Decreto-lei n.º 8.530, de 2 de janeiro de 1946. Lei Orgânica do Ensino Normal. 1946. Rio de Janeiro, 2 de janeiro de 1946. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/1937-1946/del8530.htm Acesso em: 25 jul. 2022.

BRASIL. Lei n.º 5.692, de 11 de agosto de 1971.1971 Fixa Diretrizes e Bases para o ensino de 1° e 2º graus, e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l5692.htm Acesso em: 6 abr. 2021.

CORNICELLI, Elena Pericin Gomes. História da educação rural de a

Astorga: práticas educativas e organização institucional da escola rural Água Astorga (1957 – 1980). Orientadora: Ednéia Regina Rossi. 2015. 121f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015.

FARIA, Thais Bento. Em traços de modernidade: a história e a memória do grupo escolar “Hugo Simas” (Londrina-PR, 1937 – 1972). Orientador: Analete Regina Schelbauer. 2010. 188f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2010.

FARIA, Jordana Ferreira de. A cultura escolar como produto de um lugar: uma escola primária rural do interior paranaense (1950 – 1970). Orientadora: Ednéia Regina Rossi. 2018. 219f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2018.

FILIPIM, Priscila Viviane de Souza. A institucionalização da educação pré-escolar municipal de Maringá: do ‘parquinho infantil’ a unidade polo de ação da pré-escola - Upape (1969 – 1974). Orientadora: Ednéia Regina Rossi. 2014. 138 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2014.

FONTES. Elizabeth Ana; BIANCHINI. Nair de Matos. Mandaguari e sua história. Maringá: Gráfica Clichetec. 1987.

GONÇALVES, Estefane Francisca. A primeira escola normal do norte do Paraná: Jacarezinho (1938 – 1973). Orientadora: Analete Regina Schelbauer. 2018. 198 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2018.

HERVATINI, Luciana. A escola normal regional e suas práticas pedagógicas: dois retratos de um mesmo cenário no interior do Paraná. Orientadora: Profª. Drª. Analete Regina Schelbauer. 2011. 256 fl. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá. Maringá, 2011.

HUSS, Silvana Rodrigues Malheiro. O processo de escolarização no município de Mandaguari-PR (1949 – 1988). Orientadora: Profa. Dra. Maria Cristina Gomes Machado2012. 111f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2012.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo Demográfico 1º de julho de 1950. VI Recenseamento Geral do Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 1953.

LIMA, Aldivina Américo. Ginásio Maringá (1952 – 1963): história da implantação de uma instituição escolar. Orientador: Prof. Dr. Cézar de Alencar Arnaut de Toledo. 2011. 336f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2011.

LIMA, Rosangela de. História do ensino primário rural em Cianorte-PR (1950 – 1990). Orientadora: Analete Regina Schelbauer. 2015. 186f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015.

MALDONADO, Sirley Biage. História da escola primária rural de Jandaia do Sul-PR (1940 – 1980). Orientadora: Analete Regina Schelbauer. 2020.131f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá – UEM, Maringá, 2020.

PIOLA, Geslaine Cristina Tamião. A cultura escolar: colégio Paroquial Santo Inácio, suas festas e comemorações (1957 – 1965). Orientadora: Prof.ª Drª. Ednéia Regina Rossi. 2013. 98f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2013.

SACCHELLI, Gabriela da Silva. Educação rural no município de Apucarana-PR (1940 – 1990): espaços, instituições escolares e professores. Orientadora: Analete Regina Schelbauer. 2019. 185f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2019.

SANFELICE, José Luís. História, instituições escolares e gestores educacionais. Revista Histedbr On-Line, Campinas, n. especial, p. 20-27, ago. 2006. Disponível em: https://www.fe.unicamp.br/pf-fe/publicacao/4912/art4_22e.pdf. Acesso em: 02 fev. 2022.

SANFELICE, José Luis. História das instituições escolares. In: NASCIMENTO, Maria Isabel Moura; SANDANO, Wilson; LOMBARDI, José Claudinei; SAVIANI, Dermeval (org.). Instituições escolares no Brasil: conceito e reconstrução histórica. Campinas: Autores Associados, 2007, p. 75-93.

SANFELICE, José Luis. História e historiografia de instituições escolares. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 9, n. 35, p. 183–200, 2012. DOI: 10.20396/rho.v9i35.8639622. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639622. Acesso em: 1 fev. 2022.

SCHELBAUER, Analete Regina; GONÇALVES NETO, Wenceslau. Ensino primário no meio rural paranaense: em foco as escolas de trabalhadores rurais e de pescadores entre as décadas de 30 e 50 do século XX. Cadernos de História da Educação. UFU, v. 12, n. 1, p. 83-107, jan./jun. 2013.

SCHELBAUER, Analete Regina. Da roça para a escola: institucionalização e expansão das escolas primárias rurais no Paraná (1930 – 1960). Hist. Educ., Porto Alegre, v. 18, n. 43, p. 71-91, maio/ago. 2014.

SILVA, José Adalberto Firmino. Mandaguari e sua história. Maringá, PR, 1982.

WACHOWICZ, Ruy Christowam. História do Paraná. 9. ed. Curitiba: Imprensa Oficial do Paraná, 2001, 360 p.

WANISHI, Maria Miduri Nodak. História e memória da escola de aplicação Monsenhor Celso, primeira instituição oficial para educação infantil do município de Astorga/PR: em destaque o currículo pré-escolar (1972-1974). Orientadora: Elaine Rodrigues. 2017. 131f. Dissertação (mestrado em educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2017.

ZAMFERRARI, Jaqueline Gomes. Histórias e memórias de professoras rurais do município de Maringá-PR (1951 – 1982). Orientadora: Elaine Rodrigues. 2020. 178f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2020.

Downloads

Publicado

2022-11-16

Como Citar

HUSS, S. R. M. .; MACHADO, M. C. G. . O processo de escolarização primária no município de Mandaguari-PR (1940 – 1980). Práxis Educacional, [S. l.], v. 18, n. 49, p. e11150, 2022. DOI: 10.22481/praxisedu.v18i49.11150. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/11150. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Seção Temática