Cultura escolar, práticas e conteúdos de linguagens no cotidiano do colégio estadual David Pereira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v18i49.11167

Palavras-chave:

cultura escolar, ensino médio, jovens estudantes

Resumo

O artigo objetiva compreender a cultura escolar tecida no cotidiano do processo de formação de jovens estudantes da terceira série do Ensino Médio do Colégio Estadual David Mendes Pereira, CEDMP, Salvador, discutindo o conceito, as práticas e os conteúdos das disciplinas da área de linguagem propostos por professoras/es que foram identificadas em documentos da instituição, nas observações de campo e entrevistas com estudantes. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e para contextualizá-la fez-se rápido levantamento sobre a temática no banco da CAPES, selecionou duas teses e duas dissertações e estabeleceu diálogos com os principais formuladores do conceito: Julia (2001), Chervel (1990), Forquin (1993), Arroyo (2013), Barroso (2013), Silva (2006), Reis (2014) e Pinho (2016).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Gilmario Moreira Brito, Universidade do Estado da Bahia - Brasil

Gilmario Moreira Brito. Doutor em História Social, PUC/SP, Pós doutor em Educação, PPGED/ UESB. Professor Titular da Universidade do Estado da Bahia, DEDC, PPGEDUC. Líder do GEHCEL. Contribuição: autor.

Nailton José de Menezes  Rocha, Secretaria de Educação do Estado da Bahia - Brasil

Mestre em Educação e Contemporaneidade, PPGEDUC/ UNEB Campus I. Professor da Rede Estadual da Secretaria de Educação do Estado da Bahia. Avaliador da Olímpiada da língua portuguesa. Pesquisador do GEHCEL. Contiruição: autor. 

Referências

ARROYO, Miguel G. Currículo, território em disputa. 5 ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

BAHIA. Orientações curriculares para o ensino médio área: linguagens. Secretaria da Educação. Salvador: Secretaria da Educação, 2015.

BARROSO, João. Cultura, cultura escolar, cultura de escola. São Paulo: Unesp/ UNIVESP, 2013. Disponível em: https://acervodigital.unesp.br/bitstream/123456789/65262/1/u1_d26_v1_t06.pdf Acesso: 05 ago. 2017.

BEAUD, Stéphane. L’échec au bac: logique de l’aveu. Genèses, n. 14, p. 136-152, 1994. Disponível em: https://www.persee.fr/doc/genes_1155-3219_1994_num_14_1_1221 Acesso em: 19 set. 2019

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional da Educação, Resolução nº 07, de 2010.Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. Brasília, 2010.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano I: as artes do fazer. Petrópolis: Vozes, 1994.

CHERVEL, André. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria e Educação. n. 2, p. 177-229, 1990. Disponível em https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/3986904/mod_folder/content/0/Chervel.pdf?forcedownload=1 Acesso em: 15 jul. 2020.

CHERVEL, André. L’histoire des disciplines scolaires. Réflexions sur um domaine de recherche. Histoire de l’éducation, n. 38, p. 59-119, 1988. Disponível em: https://www.persee.fr/doc/hedu_0221-6280_1988_num_38_1_1593 Acesso em: 13 jul. 2020

DAVID, (Codinome). Entrevista oral concedida a Nailton José de Menezes Rocha. Salvador, 12 dezembro de 2017.

DIANA, (Codinome). Entrevista oral concedida a Nailton José de Menezes Rocha. Salvador, 12 dezembro de 2017.

FORQUIN, Jean-Claude. Escola e cultura: as bases sociais e epistemológicas do conhecimento escolar. Trad. Guacira Lopes Louro. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1993.

GUIMARÃES, Gleny Terezinha Duro. Historiografia da Cotidianidade: nos labirintos do discurso. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002.

LAHIRE, Bernard. Culture écrite et inégalités scolaires. Sociologie de “l’échec scolaire” à l’école primaire. Lyon: Presses Universitaires de Lyon, 1994.

JULIA, Dominique. A cultura escolar como objeto histórico. Trad. Gizele de Souza. Revista Brasileira de História da Educação, n. 1, Campinas, p.9-43, 2001. Disponível em https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4250681/mod_resource/content/1/273-846-1-PB.pdf Acesso em: 2 ago. 2020

NÓVOA, Antonio. Os professores na virada do milênio: do excesso dos discursos à pobreza das práticas. Educação e Pesquisa, v. 25, n. 1, p. 11-20, 1999. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/FVqZ5WXm7tVyhCR6MRfGmFD/abstract/?lang=pt Acesso em: 20 ago. 2020

PINHO, Clarice Wilken de. Educação e cultura popular nas propostas escolares de EJA- Educação de Jovens e Adultos: um estudo em duas escolas de Belo Horizonte, 2016. 153 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gereis, Belo Horizonte, 2016. Disponível em https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/BUBD-ACEFNY Acesso em: 20 mar. 2019.

REIS, Juliana Batista dos. Transversalidade nos modos de socialização e individuação: experiências juvenis em rede. 2014. 222f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/BUOS-9QJJ9K. Acesso em: 17 abr. 2019

ROCHA, Nailton José de Menezes. Experiências de Estudantes e a Cultura do Colégio Estadual David Mendes Pereira-Salvador-Bahia: currículo e cotidiano na formação de jovens de uma turma de 3ª série do ensino médio. 2019. 134f. Dissertação (Mestrado em Educação e Contemporaneidade) Programa de Pós-Graduação Educação e Contemporaneidade da Universidade do Estado da Bahia, Salvador, 2019. Disponível em: http://www.cdi.uneb.br/site/wp-content/uploads/2019/09/PDF-final.pdf. Acesso em: jun. 2020.

SILVA, Fabiany de Cássia Tavares. Cultura escolar: quadro conceitual e possibilidades de pesquisa. Educar. Curitiba, n. 28, p. 201-216, dez. 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/w6kJ5hdSGVRnhRWTVP68D3P/?lang=pt&format=pdf Acesso em: 27 jul. 2020.

WILLIAMS, Raymond. Cultura. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1992.

Downloads

Publicado

2022-11-16

Como Citar

BRITO, G. M.;  ROCHA, N. J. de M. Cultura escolar, práticas e conteúdos de linguagens no cotidiano do colégio estadual David Pereira. Práxis Educacional, [S. l.], v. 18, n. 49, p. e11167, 2022. DOI: 10.22481/praxisedu.v18i49.11167. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/11167. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Seção Temática