MAPEAMENTO DE ESTUDOS SOBRE DEFICIÊNCIA INTELECTUAL, ALFABETIZAÇÃO E TECNOLOGIA: ESTADO DA QUESTÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i41.6480

Palavras-chave:

Deficiência intelectual, Alfabetização, Tecnologia

Resumo

O presente artigo apresenta a descrição do processo de elaboração do Estado da Questão (EQ) com base no interesse de uma investigação em nível de Doutorado sobre o uso de aplicativos de leitura e escrita na alfabetização e letramento de crianças com deficiência intelectual, na área da Educação. O levantamento de busca de estudos nacionais e internacionais foi realizado em periódicos, indexados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e nos Anais das Reuniões Anuais da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd). Assim sendo, o mergulho na literatura mapeada propiciou a oportunidade de referenciar uma relevante e extensiva quantidade de produções publicadas articulada ao tema ora investigado. Do total de 1644 (100%) estudos consultados, 78 (4,7%) apresentaram indícios de proximidade com o nosso objeto de pesquisa, abordando as temáticas de deficiência intelectual, alfabetização e letramento, tecnologia e/ou aplicativos e revelando o interesse dos pesquisadores por diversos enfoques. Também notamos que, em geral, foram poucos os trabalhos que interligaram as tecnologias às deficiências e/ou transtornos, mais raros ainda aqueles que operaram com dispositivos móveis e aplicativos. Desse modo, a busca por desvelar o tema em questão, fez emergir um campo profícuo para os mais diversos trabalhos/artigos, fazendo-nos enveredar por áreas transversais e interdisciplinares, de modo a evitar vieses na conceituação de categorias teórico-empíricas e definição dos referenciais. Portanto, esse exercício tornou-se primordial para conhecer “o que foi” e “o que está sendo” produzido pelos estudiosos de nossa área de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Camila Almada Nunes, Universidade Federal do Ceará - Brasil

Doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Ceará (UFC); Integrante do Grupo de Pesquisa PRÓ-Inclusão; Bolsista de doutorado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível Superior (CAPES).

Francisca Geny Lustosa, Universidade Federal do Ceará – Brasi

Pós-doutoranda pelo programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Rio de Janeiro; Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Ceará (UFC); Docente do Curso de Pedagogia da Faculdade de Educação (FACED) da UFC e do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFC; Coordenadora do Grupo de Pesquisa PRÓ-Inclusão; Membro da Comissão de Direitos Humanos da UFC e da Comissão de Direitos Humanos do Estado do Ceará.

Downloads

Publicado

2020-09-07

Como Citar

ALMADA NUNES, C. .; LUSTOSA, F. G. . MAPEAMENTO DE ESTUDOS SOBRE DEFICIÊNCIA INTELECTUAL, ALFABETIZAÇÃO E TECNOLOGIA: ESTADO DA QUESTÃO. Práxis Educacional, [S. l.], v. 16, n. 41, p. 708-738, 2020. DOI: 10.22481/praxisedu.v16i41.6480. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/6480. Acesso em: 30 nov. 2021.