Investigando a configuração das práticas de cuidar/educar a criança na creche em parceria com professoras de bebês

Autores

  • Tacyana Karla Gomes Ramos

Palavras-chave:

Creche, Cuidar/educar, Pesquisa colaborativa, Práticas educativas com bebês

Resumo

O presente estudo busca identificar os modos como as professoras configuram suas práticas educativas com bebês numa investigação coletiva de seus saberes construídos num processo de formação continuada desdobrado de uma pesquisa de cunho colaborativo. No percurso de sua participação, as professoras foram solicitadas a produzirem diferentes relatos escritos que serviram como forma de potencializar a análise da prática vivida, a constituição de saberes e o acesso a um corpo elaborado de referências e conhecimentos que o registro oportuniza. Participaram 33 professoras de berçário que atuam na Rede Municipal de Ensino de Recife (RMER) e 10 educadoras berçaristas de creches comunitárias conveniadas à RMER, com idades entre 20 e 57 anos. O percurso da formação foi organizado em 12 reuniões mensais. O trabalho de escuta e atenção às possibilidades expressivas dos bebês foi indicado como possibilidade para que as professoras conheçam os recursos sociocomunicativos não-verbais das crianças para interagir com elas, instigá-las em suas aquisições e planejar a prática educacional. Na opinião e ações das professoras, o ato de cuidar/educar ultrapassa processos ligados à proteção e ao atendimento das necessidades físicas de alimentação, repouso e higiene. Cuidar/educar exige apoiar a criança em suas motivações, requer interpretação do sentido singular de suas conquistas no grupo, implica também aceitar a lógica das crianças em suas opções e tentativas de explorar e compreender o mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-11-02

Como Citar

GOMES RAMOS, T. K. Investigando a configuração das práticas de cuidar/educar a criança na creche em parceria com professoras de bebês. Práxis Educacional, [S. l.], v. 8, n. 12, p. 235-256, 2011. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/698. Acesso em: 21 maio. 2022.