Perspectivas de estudantes da licenciatura em matemática sobre o programa de bolsas de iniciação à docência

Autores

  • Marcos Pavani de Carvalho
  • Ruy César Pietropaolo

Palavras-chave:

Ensino de Matemática, Formação de professores, Iniciação à docência

Resumo

Este artigo apresenta resultados parciais de uma pesquisa de doutorado em Educação Matemática que envolveu um grupo de cinco estudantes da Licenciatura em Matemática ingressantes no Programa de Bolsas de Iniciação à Docência – Pibid, projeto financiado pela Capes. Seu objetivo é discutir as expectativas do grupo a respeito desse programa, por meio dos documentos utilizados no processo seletivo de ingresso. Os resultados indicam que mesmo não conhecendo a finalidade do programa, os estudantes acreditam que a participação nas ações do Pibid é um caminho favorável para a melhoria ou aquisição de conhecimentos para a docência. Nessa análise, percebeu-se que os estudantes bolsistas buscam qualificação para exercer adequadamente a atividade docente, reconhecendo as fragilidades de seu curso de Licenciatura para formar professores de Matemática para a Educação Básica. Pôde-se, também, concluir que as necessidades indicadas pelos estudantes para ser um bom professor de Matemática estão de acordo com o discutido por Ponte em 1998. Além disso, as atividades propostas pelos estudantes durante a seleção, podem ser classificadas segundo a idoneidade interacional, um dos seis critérios de idoneidade didática em um processo de instrução proposto por Godino, Bencomo, Font e Wilhelmi.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-05-12

Como Citar

DE CARVALHO, M. P.; PIETROPAOLO, R. C. Perspectivas de estudantes da licenciatura em matemática sobre o programa de bolsas de iniciação à docência. Práxis Educacional, [S. l.], v. 11, n. 19, p. 171-190, 2015. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/826. Acesso em: 28 set. 2021.