Avaliação da efetividade do programa nacional de assistência estudantil: o caso da UFVJM

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v18i49.9611

Palavras-chave:

políticas públicas educacionais, auxílio estudantil, desempenho acadêmico

Resumo

O objetivo do artigo foi analisar a efetividade do Programa Nacional de Assistência Estudantil na UFVJM– campus Janaúba. Para tanto, recorreu-se à pesquisa quantitativa, comparando o desempenho dos bolsistas e dos não contemplados por bolsa entre os anos de 2014 e 2019. Os resultados apontam que os beneficiários das assistências obtiveram melhor rendimento acadêmico, evadiram em menor número e apresentaram maiores taxas de diplomação em relação aos demais. Conclui-se que a política de assistência estudantil apresenta uma correlação positiva entre os auxílios e os rendimentos acadêmicos, o que indica para a sua possível efetividade. Contudo, é importante considerar outros indicadores que mensurem o programa, bem como os impactos da pandemia e dos recentes declínios orçamentários no auxílio estudantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Eugênio Nunes Silva Brito, Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri - Brasil

Mestre em Educação, Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Servidor Administrativo da UFVJM. Integrante do Grupo Interinstitucional de Avaliação de Políticas Educacionais. Contribuição de autoria: Escrita – Revisão e Edição. - http://lattes.cnpq.br/8176370815199311

Daniel Calbino, Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri - Brasil

Doutor em Administração, Universidade Federal de Minas Gerais. Docente do Programa de Mestrado em Educação (PPGED-UFVJM). Integrante do Grupo Interinstitucional de Avaliação de Políticas Educacionais. Contribuição de autoria: Escrita – Revisão e Edição.  - http://lattes.cnpq.br/4784709340714266

Cinthya Rocha Tameirão, Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri - Brasil

Doutora em Administração, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Docente do Programa de Mestrado em Educação (PPGED-UFVJM). Integrante do Grupo Interinstitucional de Avaliação de Políticas Educacionais. Contribuição de autoria: Escrita – Revisão e Edição. http://lattes.cnpq.br/1803639070330678

Referências

ANDRADE, Ana Maria Jung de; TEIXEIRA, Marco Antônio Pereira. Áreas da política de assistência estudantil: relação com desempenho acadêmico, permanência e desenvolvimento psicossocial de universitários. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 22, n.2, p. 512-528, 2017. DOI: 10.1590/s1414-40772017000200014 Disponível em: https://www.

scielo.br/j/aval/a/wqhZ5Km7XCbNbPTRwQrjP6x/abstract/?lang=pt. Acesso em: 16 abr. 2019.

ARAÚJO, Sandy; ANDRIOLA, Wagner; CAVALCANTE, Sueli; CHAGAS, Denise. Efetividade da assistência estudantil para garantir a permanência discente no ensino superior público brasileiro. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 24, n. 03, p. 722-743, 2019. DOI: 10.1590/S1414-40772019000300009 Disponível em: https://www.

scielo.br/j/aval/a/CW7CvT8tqBYZs5wWp8V7WFs/abstract/?lang=pt. Acesso em: 16 jun. 2021.

ANDIFES. V Pesquisa do Perfil Socioeconômico dos Estudantes de Graduação das Universidades Federais. Brasília, 2019. Disponível em: https://www.andifes.org.br/wp-content/uploads/2019/05/V-Pesquisa-Nacional-de-Perfil-Socioeconomico-e-Cultural-dos-as-Graduandos-as-das-IFES-2018.pdf. Acesso em: 05 mar. 2021.

ANDIFES. Instituições federais de Ensino Superior de Pernambuco fazem ato virtual contra cortes no orçamento, 2021. Disponível em: https://www.andifes.org.br/?p=87498. Acesso em: 07 mai. 2021.

BARBOSA, Alex Trindade. Avaliação do Programa Nacional de Assistência Estudantil na Universidade Federal de Alfenas. 2017. 101 f. Dissertação (Mestrado em Gestão Pública e Sociedade) - Universidade Federal de Alfenas, Varginha, 2017. Disponível em: https://bdtd.

unifal-mg.edu.br:8443/handle/tede/1104. Acesso em: 20 fev. 2019.

BARBOSA, Amanda Veloso. Sobreviver e/ou me graduar? Os limites do Programa Auxílio Socioeconômico da Universidade de Brasília do ponto de vista de seus/suas beneficiários/as. 2015. 105f. Dissertação (Mestrado em Educação) -Universidade de Brasília, Brasília, 2015. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/19642. Acesso em: 27 abr. 2021.

BRASIL. Lei N 11.173, de 06 de setembro de 2005. Transforma as Faculdades Integradas de Diamantina em Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 6 set. 2005. Disponível em: http://

www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11173.htm. Acesso em:02 mai. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Decreto nº 7.234, de 19 de julho de 2010. Dispõe sobre o Programa Nacional de Assistência Estudantil-PNAES. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 19 jul. 2010. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/

ccivil_03/_ato2007-2010/2010/decreto/d7234.htm. Acesso em: 20 mar. 2021.

CARVALHO, Marinez. A assistência estudantil no IFPR (2015-2019): avaliação da efetividade do pnaes, entre os estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica no Campus Palmas – PR. 2020. 239f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2020. Disponível em: https://tede.unioeste.

br/handle/tede/5146. Acesso em:02 mai. 2021.

CAVALCANTI, Rosangela. Avaliação da eficácia do programa de auxílio estudantil na universidade tecnológica federal do Paraná. 2016. 119f. Dissertação (Mestrado em Planejamento e Governança Pública), Universidade Federal Tecnológica do Paraná, Curitiba, 2016. Disponível em: http://riut.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/2388/1/CT_PPGPGP_M_

Cavalcanti%2C%20Rosangela%20Wojdela_2016.pdf. Acesso em:02 mai. 2021.

CESPEDES, Juliana; MINHOTO, Maria; OLIVEIRA, Suzana; ROSA, Anderson. Avaliação de impacto do Programa de Permanência Estudantil da Universidade Federal de São Paulo. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v.29, n.113, p.1067-1091, 2021. DOI: 10.1590/S0104-403620210002902418 Disponível em: https://www.scielo.br/j/ensaio/a/Jbgm

jrb7dTJKdFKGHvVPWNC/?lang=pt. Acesso em:02 mai. 2021.

CORREA, Ramão. O processo de implementação do Programa Nacional de Assistência Estudantil nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia que atuam no estado do Rio Grande do Sul: atores, contextos e quadros normativos. 2020. 276f. Tese (Doutorado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2020. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/213070. Acesso em: 27 mai. 2021.

DIAS SOBRINHO, José. Avaliação e transformações da educação superior brasileira (1995-2009): do provão ao SINAES. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 15, n. 1, p. 195-224, 2010. DOI: 10.1590/S1414-40772010000100011 Disponível em: https://

www.scielo.br/j/aval/a/SkVnKQhDyk6fkNngwvZq44c/?lang=pt. Acesso em: 27 mai. 2021.

ELOI, Sueli de Souza Santos. Sistema de monitoramento e avaliação do Programa Nacional de Assistência Estudantil – PNAES: um modelo a partir da teoria do programa. 2018. 178 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba. 2018. Disponível em: https://www.locus.ufv.br/handle/123456789/22202. Acesso em: 28 mai. 2021.

GAZOTTO, Mireille Alves. Políticas públicas educacionais: uma análise sobre a Política Nacional de Assistência Estudantil no contexto da Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM. 2014. 141f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, 2014. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/

Acesso em: 28 mai. 2021.

GILIOLI, Renato de Sousa. Evasão em instituições federais de ensino superior no Brasil: expansão da rede, SiSU e desafios. Estudo técnico do Consultor Legislativo da Área XV- Educação, Cultura e Desporto. Brasília: Câmara dos Deputados, maio 2016.

IMPERATORI, Thaís Kristosch. A trajetória da assistência estudantil na educação superior brasileira. Serv. Soc, n.129, p.285-303, 2017. DOI: 10.1590/0101-6628.109 Disponível em: https://www.scielo.br/j/sssoc/a/dRhv5KmwLcXjJf6H6qB7FsP/?lang=pt. Acesso em: 30 mar. 2021.

INEP. Resumo técnico do Censo da Educação Superior 2019. Brasília: INEP, 2021. Disponível em: https://download.inep.gov.br/publicacoes/institucionais/estatisticas_e_

indicadores/resumo_tecnico_censo_da_educacao_superior_2019.pdf. Acesso em: 02 jul. 2021.

LIMA, Wandilson; MENDES, Vera. Estudos sobre a avaliação do Programa Nacional de Assistência Estudantil à luz das múltiplas abordagens teórico-metodológicas. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 25, n. 01, p. 199-218, 2020. DOI: 10.1590/S1414-407720200001000011 Disponível em: https://www.scielo.br/j/aval/a/6qh3Qv

DzgGTkw6H9xV7trhy/?lang=pt.Acesso em: 02 jul. 2021.

MACEDO, Geórgia; SOARES, Swamy. Avaliação da eficácia do Programa Nacional de Assistência Estudantil para permanência de cotistas na Universidade Federal da Paraíba. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 25, n.2, p.439-457, 2020. DOI: 10.1590/S1414-4077/S1414-40772020000200011 Disponível em: https://www.scielo.br/

j/aval/a/9C6KSdbH6qgbj4WdSp3LMJn/abstract/?lang=en. Acesso em: 02 jul. 2021.

MAURICIO, Nathanni. Avaliação do programa nacional de assistência estudantil na universidade federal do tocantins. 2019. 178f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas) - Universidade Federal do Tocantins, 2019. Disponível em: https://

repositorio.uft.edu.br/handle/11612/1167. Acesso em: 07 abr. 2021.

OLIVEIRA, Ana Paula; SOUZA, Valdinei; SOUSA, José; TAVARES, Érica. Políticas de avaliação e regulação da educação superior brasileira: percepções de coordenadores de licenciaturas no Distrito Federal. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 18, n. 3, 2013. DOI: 10.1590/S1414-40772013000300007 Disponível em: https://www.

scielo.br/j/aval/a/VQ77WsjhVKwRXYfzvBWF5xn/?lang=pt. Acesso em: 15 jul. 2021.

PALAVEZZINI, Juliana. A multidimensionalidade da vulnerabilidade acadêmica no programa de assistência estudantil da UTFPR. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 26, n.1, p. 217-236, 2021. DOI: 10.1590/s1414-40772021000100012 Disponível em: https://www.scielo.br/j/aval/a/vnLPr6rWQcKNPbG8Qn9WMYk/abstract/?lang=pt. Acesso em: 07 abr. 2021.

PESSONI, Ludmylla Ribeiro. O direito à educação e a mediação da assistência social no IFG: uma simbiose necessária. 2016. 176f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2016. Disponível em: http://tede2.

pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3483. Acesso em: 15 jul. 2021.

PINHEIRO, Daniel Calbino; PEREIRA, Rafael Diogo; XAVIER, Wescley Silva. Impactos das cotas no ensino superior: um balanço do desempenho dos cotistas nas universidades estaduais. Revista Brasileira de Educação, v.26, 2021. DOI: 10.1590/S1413-24782021260020 Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/pJbNpfcXxbkPtzwg3CWr

SMD. Acesso em: 26 jul, 2022.

QUEIROZ, Mendel de Almeida. O Programa Nacional de Assistência Estudantil: o caso da Universidade de Brasília. 2015. 104f. Dissertação (Mestrado em Gestão Econômica de Finanças Públicas) - Universidade de Brasília, Brasília, 2015. Disponível em: https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/18619/1/2015_MendelAlmeidaQueiroz.pdf. Acesso em: 03 jul. 2021.

RECKTENVALD, Marcelo; LAURO, Mattei; PEREIRA, Vilmar. Avaliando o Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) sob a ótica das epistemologias. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v.23, n.2, p. 405-423, 2018. DOI:10.1590/S1414-40772018000200008 Disponível em: https://www.scielo.br/j/aval/a/8rJt

wcBryJG67DhKZ7grXFw/abstract/?lang=pt. Acesso em: 03 jul. 2021.

ROESCH, Sylvia. Projetos de estágio e de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 1999.

SANTOS, Alisson de Almeida. A avaliação no contexto do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES). Revista Gestão Universitária, v. 6, p. 1-14, 2016. Disponível em: http://www.gestaouniversitaria.com.br/system/scientific_articles/files/000/000/211/original/artigo_gest%C3%A3o_universit%C3%A1ria.pdf?1482771415. Acesso em: 03 jul. 2021.

SCHER, Aline; OLIVEIRA, Edson. Acesso e permanência estudantil na Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Realeza/PR. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 25, n.1, p.5-26, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/aval/a/7nTzmXCjf

Kjffj6Cq3bPpfq/?format=html&lang=pt. Acesso em: 03 jul. 2021.

SILVA, Ana Rita Dantas da; HAAS, Celia Maria. Política de assistência estudantil nos três últimos governos: relevância do Programa de Auxílio Permanência. Quaestio, v. 21, n. 2, p. 503-523, 2019. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/quaestio/article/view/

/3379. Acesso em: 21 mai. 2021.

SOUZA, Rafael; COSTA, Maria. Monitoramento e avaliação da assistência ao estudante universitário: o caso do Programa de Residência Universitária da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 28, n. 107, p. 362-385, 2020. DOI: 10.1590/S0104-40362019002801803 Disponível em: https://www.scielo.Br

j/ensaio/a/gByfxVtB4j85FdXvVst6cWk/?lang=pt. Acesso em: 02 jul. 2021.

VIEIRA, Joselya Claudino de Araújo. Avaliação política do modelo de gestão da assistência estudantil na UFRPE: fundamentos gerencialistas e padrões mínimos na provisão de necessidades. 2015. 191f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2015. Disponível em: https://repositorio.

ufpe.br/handle/123456789/17358. Acesso em: 23 jun. 2021.

Downloads

Publicado

2022-08-18

Como Citar

BRITO, E. N. S.; CALBINO, D.; TAMEIRÃO, C. R. Avaliação da efetividade do programa nacional de assistência estudantil: o caso da UFVJM. Práxis Educacional, [S. l.], v. 18, n. 49, p. e9611, 2022. DOI: 10.22481/praxisedu.v18i49.9611. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/9611. Acesso em: 30 nov. 2022.