[1]
C. C. M. Soares e G. L. da S. Jorge, “A memória afro diaspórica feminina como metodologia para pesquisa em educação”, RPE, vol. 17, nº 48, p. 1-17, set. 2021.