https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/issue/feed Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências 2021-12-01T00:00:00-03:00 José Rubens Mascarenhas de Almeida rbba@uesb.edu.br Open Journal Systems <section style="text-align: justify; padding: 3px;">A <strong>REVISTA BINACIONAL BRASIL-ARGENTINA: DIÁLOGO ENTRE AS CIÊNCIAS</strong> (ISSN: 2316-1205) é uma publicação eletrônica de carácter binacional, com periodicidade semestral e aberta, organizada pelo Museu Pedagógico da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB, Brasil) e pelo Programa de Pós-Graduação em Didáctica de las Ciencias Experimentales, da Universidad Nacional del Litoral (UNL, Argentina). A RBBA é um produto do projeto Multidisciplinaridade na Educação do Programa Binacional dos Centros Associados de Pós-Graduação Brasil/Argentina (CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / SPU - Secretaria de Politicas Universitárias). <section></section> </section> https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9567 “TERRA PLANA, IDEIAS RASAS”: A DISTOPIA DO CAPITAL, TRABALHO E CAPITALISMOS NO BRASIL 2021-11-04T10:22:11-03:00 Maria Ciavatta mciavatta@terra.com.br <p>A expressão “terra plana, ideias rasas” sintetiza o contexto distópico da sociedade brasileira, permeada pelo negacionismo na ciência, a inversão de valores, a extinção de instituições culturais, o autoritarismo, a violência e a desumanização. A relação capital e trabalho e o capitalismo constituem a realidade que está presente na formação dos trabalhadores e na vida da população. Neste artigo, os temas tratados são parte dos fundamentos de uma pesquisa sobre fontes da história da educação. Seu pressuposto básico é a historicidade dos acontecimentos, cuja gênese está nos processos mais amplos da vida social. Primeiro, tratamos de como se apresenta a distopia do presente; segundo, do conceito de humanização do ser humano e da formação humana; terceiro, da explicitação do sistema do capital e do trabalho; quarto, da historicidade do capitalismo. Como intelectuais, professores e educadores, temos a arte da palavra para a formação, para a afirmação de valores do conhecimento, da solidariedade, da construção de um mundo onde possamos sobreviver, onde sobreviva o planeta Terra que habitamos.</p> 2020-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9746 AMÉRICA LATINA Y EL CARIBE EN ZONA DE RIESGO: LA PANDEMIA DE COVID-19 Y LA DOCTRINA DEL SHOCK 2021-11-22T16:22:14-03:00 María Carolina Caputto carocaputto@hotmail.com <p>Este artigo é postulado como um alerta para o eventual aproveitamento da situação de crise provocada - ou, melhor, exacerbada - pela pandemia COVID-19 nos países da América Latina e Caribe, por meio de uma análise baseada na "Doutrina de Choque" postulado pela escritora, jornalista e ativista canadense Naomi Klein. Após uma revisão histórica onde se encontram seus argumentos, o trabalho analisa por quais motivos eu interpreto que o direito humano à saúde dos cidadãos de nossa região está ameaçado, no contexto da atual pandemia. Para concluir, defendo e procuro justificar que a Bioética de cunho latino-americano pode ser eficaz para abordá-la criticamente e com sólidos argumentos humanísticos e racionais, levantando voz nos diversos campos contra qualquer pretensão de subestimar a qualidade do direito humano de o direito à saúde e, com isso, o papel do Estado como fiador da dignidade da pessoa e dos direitos fundamentais.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9895 BIOÉTICA CLÍNICA COMO PARTE INTEGRANTE DE UMA MEDICINA DOS VALORES E AFETOS 2021-11-24T08:07:03-03:00 Fernanda Borges Keid fernandakeid@hotmail.com <p>Da assimetria relacional entre médicos e pacientes, emergem valores humanos morais capazes de impactar negativamente essa interação, dificultando a comunicação e a tomada de decisões. Em situações de vulnerabilidade, esses conflitos morais tornam-se agravados. Métodos deliberativos em Bioética surgem como instrumento na condução de dilemas morais. Este artigo se trata de uma revisão bibliográfica, cujo objetivo é demonstrar como a medicina pode ser tornar menos defensiva, diminuindo as distâncias entre médico e paciente, por intermédio da Bioética. Fica revelado que o cuidado com a dor e com o sofrimento humano é o grande desafio a ser trabalhado pela área da saúde e, assim, deve ser constante a busca de um olhar mais aprofundado, capaz de perceber cada indivíduo na sua unidade, constituída de corpo e alma. A evolução tecnológica aumentou as distâncias entre seres humanos e, com isso, a Bioética Principialista precisou evoluir. Embora as deliberações bioéticas não sejam as soluções definitivas para os dilemas morais, elas podem trilhar caminhos para uma medicina mais humanizada e mais afetuosa.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9593 CONFIAR EN LA CIENCIA: ¿HAY BUENAS RAZONES PARA DUDAR DE LA EMPRESA CIENTÍFICA EN TIEMPOS ACIAGOS? 2021-10-07T09:09:50-03:00 Guadalupe Mettini guadalupemettini@gmail.com <p>O objetivo deste artigo é examinar uma série de argumentos que foram apresentados para apoiar e minar a confiança na ciência. Embora entendamos que a partir desta viagem não é possível responder suficientemente à questão colocada no título, consideramos que é viável fornecer um retrato da situação, aplicando alguns argumentos a favor e contra a robustez do conhecimento científico e a autoridade da ciência para o problema da confiança na empresa científica no contexto da pandemia de Covid-19. Propomos pesar as razões para confiar e desconfiar da ciência e estabelecer alguns critérios para avaliar cautelosamente os argumentos a favor e contra a fé na ciência.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9677 DESCLASADOS Y DESIGUALES: MODELO EXPLICATIVO RELACIONAL DE MOVILIDAD DE CLASES SOCIALES 2021-10-31T08:04:41-03:00 Diana Esperanza Oliveros Fortiche doliverosf@ucentral.edu.co <p>Este artigo de pesquisa de doutorado apresenta um modelo explicativo relacional entre o sistema capitalista, a sociedade de consumo e as estratégias de mobilidade das classes sociais média e baixa na Colômbia. Seu objetivo é sustentar a hipótese de que as práticas de consumo desenvolvidas durante os processos de renda e acomodação das classes médias reproduzem e naturalizam a desigualdade. Sua base teórica converge categorias interdisciplinares das ciências sociais como antropologia, sociologia, economia e psicologia. Sua metodologia mista usa entrevista biográfica qualitativa e técnicas de pesquisa quantitativa. Entre os principais resultados, surge o paradoxo: o plano de fuga à desigualdade reproduz uma nova desigualdade legitimada pelos agentes de classe por meio de estratégias de acumulação de certos capitais, práticas de consumo e cumprimento dos mecanismos constitutivos da desigualdade.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9879 A SOCIOLOGIA E OS LIMITES DO “SENSO COMUM” EM GRAMSCI E HELLER 2021-11-24T07:17:58-03:00 Ariovaldo de Oliveira Santos ariovaldosantos1960@gmail.com <p>No processo de compreensão da vida social e suas determinações, uma questão que mobilizou a atenção no âmbito da sociologia clássica e mesmo fora dela foi a necessidade de estabelecer um acirrado embate contra o senso comum. Ainda que Marx não seja um sociólogo, esta preocupação estava presente e reaparece, posteriormente, nas análises durkheimianas e weberianas, através de matrizes distintas daquela que configurava o pensamento marxiano. A importância do embate contra o senso comum reaparece décadas depois nos trabalhos de Antonio Gramsci, quando da redação dos Cadernos do Cárcere, e na segunda metade do século XX, sobretudo a partir dos anos 1960, nas análises de Agnes Heller sobre a vida cotidiana. O artigo resgata, de modo breve, elementos de como a problematização do senso comum foi delineada por esses autores, bem como a importância do resgate dessas discussões face às tendências contemporâneas capitaneadas por aquilo que se convencionou chamar por pensamento da pós-modernidade.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9702 A IDEOLOGIA DA DEMOCRACIA RACIAL EM CASA-GRANDE & SENZALA 2021-10-22T07:31:22-03:00 Wilson da Silva Santos wisanvc@yahoo.com.br Carina Rodrigues da Silva carinagbi2@gmail.com <p>Este estudo propõe-se investigar como a ideologia da democracia racial, na obra Casa-Grande &amp; Senzala, foi construída pautada em categorias como hibridismo, integração, miscigenação, linguagem e formação social. Para isso, foi preciso recorrer a um referencial teórico-metodológico fundamentado, dentre outros, em Florestan Fernandes (2007), Caio Prado Júnior (2011), Carlos Guilherme Mota (1978), Carboni &amp; Maestri (2003), Gramsci (1999) e Dumont (1974). Trata-se, portanto, de um estudo sustentado numa dialética que tenta investigar a centralidade do culturalismo regionalista freyriano e a sua sociologia da vida social; uma fenomenologia dos sentimentos cotidianos. Podemos concluir, parcialmente, que Freyre procura sustentar uma narrativa cujo foco é uma democracia racial calcada num jogo de equilíbrio entre sujeitos em situações opostas, - senhor e escravizado -, que reduz a “diversidade” étnico-racial à unidade, elaborando uma linguagem comum em que as diferenças são um estado subjetivo e objetivo aberto e conciliável. </p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9740 OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA E O “NOVO” INIMIGO: O GOVERNO BUSH E A JUSTIFICATIVA PARA GUERRA CONTRA O TERRORISMO 2021-10-31T07:37:44-03:00 Adilson Amorim de Sousa adilson.sousa@uesb.edu.br Ana Cláudia Rocha annahclaudya19@hotmail.com <p>Este trabalho tem como objeto de estudo, a retórica de presidentes dos EUA na busca pela consolidação de uma opinião pública favorável à sua política externa, com destaque especial para a gestão do presidente George W. Bush filho. Tendo como base a busca dos EUA pela consolidação da sua liderança mundial, buscamos entender a importância dada para a configuração de um inimigo externo, seja no mundo bipolarizado da Guerra Fria, seja no cenário pós crise da URSS, com a eleição do terrorismo como inimigo preferencial. O objetivo é levar ao leitor compreensão sobre a influência que a retórica exerceu como principal ferramenta de justificativa e consolidação de um consenso sobre a importância de combate ao inimigo externo e o papel de liderança e hegemonia assumido pelos EUA.</p> <p> </p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9719 ANÁLISE DEMONSTRATIVA DOS ÓBITOS, CONTAMINADOS E RECUPERADOS PELO NOVO CORONAVÍRUS COVID-19 EM TEIXEIRA DE FREITAS – BA 2021-11-23T14:48:33-03:00 Tatiana Dias Silva tdsilva@uneb.br Hávila Said Silva Evangelista havilasaid@gmail.com Atos Silva de Araújo atosaraujo99@gmail.com Thayná Costa Kock thaynakock@hotmail.com <p>Em tempos de pandemia devido a pandemia da Covid-19, foi realizado o estudo “Análise demonstrativa dos óbitos, contaminados e recuperados pelo novo coronavírus Covid-19 em Teixeira de Freitas-BA”, que teve como objetivo analisar os fatores que levaram ao aumento dos índices de óbitos no período entre os meses de junho de 2020 a abril de 2021. Essa é uma pesquisa exploratória com abordagem qualitativa e levantamento de dados quantitativos de boletins epidemiológicos disponibilizados no site da Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas-BA (BOLETIM COVID-19, 2020). Para alcançar os objetivos da pesquisa, foi feito uma revisão documental e bibliográfica junto a autores que pesquisam a temática: Aquino (2021), Cavalcante (2020), Crespo (2002), Fortuna e Fortuna (2020), Oliveira (2020), Polakiewicz (2020) e o Ministério da Saúde (2020). Além de dados de boletins epidemiológicos, a coleta de dados contou com o apoio dos sites de comunicação JORNAL O solo (2020); FW News (2020); Jornal G1 (2021); Sul Bahia News (2020, 2021). Após coleta de dados, foi realizado um comparativo dos períodos entre as ocorrências de contaminados e acontecimentos de aglomeração sendo demonstrados por tabelas e gráficos, que comprovaram que, em períodos de maior contágio, houve a aglomeração. Desta forma, os estudos realizados serviram para conscientizar as pessoas utilizando dados estatísticos demonstrados por infográficos produzidos pelo artefato digital Canva.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9476 IMPLEMENTACIÓN DE FICHAS DIDÁCTICAS PARA EL TRABAJO INTERDISCIPLINARIO EN LA ESCUELA PRIMARIA EN CONTEXTO DE PANDEMIA 2021-09-28T09:53:40-03:00 Magali Freyre magali.freyre@gmail.com María Silvina Reyes mariasilvinareyes@hotmail.com <p>No momento do isolamento social obrigatório fornecido como medida de saúde em face da pandemia COVID-19, a atividade educacional cara a cara foi suspensa em todos os níveis. Nesse contexto, foi necessário apelar à educação virtual, constituindo-se em novas formas de ensino e aprendizagem para garantir a continuidade dos processos educativos. Desde o Programa de Extensão Educação e Sociedade. Rumo a uma Maior Inclusão Educacional, pertencente à Secretaria de Extensão Social e Cultural da Universidad Nacional do Litoral, Santa Fé - Argentina, desenvolve-se uma proposta para contribuir com o ensino a distância na educação básica, entendendo a educação científica como um imperativo estratégico.A análise dos processos de: elaboração de arquivos didáticos com propostas interdisciplinares para trabalhar conteúdos de Matemática e Ciências Naturais é apresentada a partir de atividades experimentais simples, divulgação dos cartoes em redes sociais, chat virtual e página web; e avaliação da aplicação dos arquivos pelos professores, por meio dos dados coletados em um questionário. A avaliação quanto à aplicação dos cartões pelos professores foi positiva, de acordo com as evidências fornecidas pelas opiniões coletadas no questionário.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9718 EDUCAÇÃO DO CAMPO E O ENSINO REMOTO: QUAIS PROCESSOS FORMATIVOS CABEM NUMA TELA? 2021-10-31T07:42:34-03:00 Saul Lomba Bulhosa Oliveira lombasaul1@gmail.com Matheus Gomes da Silva matheus19gomes@hotmail.com Ana Paula Inacio Diório anapaula.diorio@ufrb.edu.br <p>Diante de uma crise de saúde pública mundial que se estabeleceu no ano de 2020, nos vimos diante da transformação dos processos educativos que saíram de dentro das escolas e da presencialidade dos espaços de formação para detrás das telas dos computadores e celulares. Muito se discutiu acerca dos impactos do ensino remoto para os/as estudantes de todo Brasil, mas, pouca reflexão foi vista acerca dos rebatimentos do distanciamento social na formação dos povos do campo diante da realidade concreta de um país da periferia do capitalismo na sociedade de classes. Esse texto tem como objetivo refletir sobre o ensino remoto à luz das concepções e princípios da Educação do Campo (EdoC) e se há possibilidades das práxis educativas do/para os povos do campo se materializarem por meio dessa modalidade de ensino como foi preconizada pelo Conselho Nacional de Educação (CNE).</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9751 A RELAÇÃO PROFESSOR-MATERIAIS CURRICULARES DE MATEMÁTICA 2021-11-29T07:53:15-03:00 Geisa Pereira Gomes geipergom@hotmail.com Tânia Cristina Rocha Silva Gusmão professorataniagusmao@gmail.com Vicenç Font Moll vfont@ub.edu Benedito Gonçalves Eugênio benedito.eugenio@uesb.edu.br <p>Este artigo apresenta resultados de uma pesquisa sobre a relação de professores com materiais curriculares de Matemática. Para isso, foi realizada uma pesquisa qualitativa do tipo exploratória que envolveu entrevistas com um grupo de três professoras dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental da rede municipal de Educação de Jequié-Bahia, Brasil. A análise, a partir dos Critérios de Idoneidade Didática e à luz da literatura sobre modos de interação de professores no uso de materiais curriculares no ensino de Matemática, evidenciou que as professoras estabelecem relações de negação, reprodução e aproximação/adaptação. Sugerimos que os resultados de nossa pesquisa possam se somar a outras e contribuir para a construção do currículo praticado em sala de aula, pois somente por meio de pesquisas poderemos entender que relação os professores estabelecem com os materiais curriculares e que impactos estes podem ter na prática dos professores.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9694 A ETNOMATEMÁTICA COMO CIÊNCIA A SERVIÇO DO RESGATE CULTURAL 2021-11-29T07:57:53-03:00 Inara Borges da Silva José inara_borges@hotmail.com Clovis Lisbôa dos Santos Junior prof.clovislisboa@gmail.com <p>O presente objetiva discorrer e refletir sobre como a Etnomatemática se alia à Educação Matemática Crítica e responde aos anseios trazidos por uma perspectiva crítica e pós-crítica do currículo. Como bases teóricas, se destacam as pesquisas de Ubiratan D’Ambrosio, Olé Skovsmose e Tomaz Tadeu da Silva. O estudo das teorias curriculares nos permite analisar como novas tendências em Educação Matemática surgem a partir de novas demandas sociais e tendem, em sua maioria, questionar e responder a determinado grupo dominante, a partir do reconhecimento e valorização do saber/fazer Matemática de um grupo com vistas na produção de significados para conceitos matemáticos construídos culturalmente por outros grupos. A Etnomatemática, é trabalhada como ciência de resgate do saber/fazer matemático dos diversos grupos culturais identificáveis, favorecendo a descolonização desse campo disciplinar e o desenvolvimento de uma Educação Matemática multicultural. Entrelaçar a Etnomatemática e a Educação Matemática Crítica nos faz perceber como a Educação Matemática é, também, espaço de autoproduções capazes de gerar uma educação significativa, voltada ao respeito às identidades e geração de espaços para vozes antes desprezadas.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/8869 CONTRATO DIDÁTICO NO ENSINO REMOTO: UM CONTRIBUTO PARA O ESTUDO DE ÁREA ALIADO AO SOFTWARE GEOGEBRA 2021-08-23T08:52:18-03:00 Joelma Alves Rodrigues joelmaalvesrodrigues2020@gmail.com Paulo Vitor da Silva Santiago pvitor60@hotmail.com Francisco Régis Vieira Alves fregis@ifce.edu.br Daniel Brandão Menezes brandaomenezes@hotmail.com <p>O ensino remoto é aderido em situações emergenciais, nas quais as aulas acontecem fora do espaço físico, a sala de aula, ocorrendo então de forma <em>on-line</em>. O presente trabalho apresenta um modelo de ensino baseado na Teoria das Situações Didáticas (TSD) e amparado pelo <em>software</em> GeoGebra, como forma de facilitar a aprendizagem dos estudantes. Assim, objetiva-se descrever uma proposta didática para o ensino de área de figuras planas, estabelecendo um contrato didático no ambiente remoto. No desenvolvimento, será utilizada a Engenharia Didática (ED) como metodologia de pesquisa, desenvolvendo suas duas primeiras fases (análises preliminares e concepção e análises <em>a priori</em>) e buscando favorecer um ambiente de construção do conhecimento. Um grande desafio para o ensino remoto é o acesso à internet, pois muitos estudantes utilizam uma conexão bastante instável, outros fazem uso dos próprios dados móveis e ainda tem alunos que nem possuem internet em casa, o que, infelizmente, continua sendo um problema em muitas cidades brasileiras.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9015 O ENSINO DE POLÍGONOS DE BRAHMAGUPTA: UM CONTRIBUTO DA ENGENHARIA DIDÁTICA 2021-10-26T08:27:28-03:00 Beatriz Maria Pereira Maia beatrizpmaia@gmail.com Francisco Regis Vieira Alves fregis@ifce.edu.br <p>A disciplina de História da Matemática tem por objetivo discutir o desenvolvimento da Matemática a partir de estudos de civilizações antigas. Uma dessas civilizações é a Hindu. Apesar de sua notoriedade, são poucos os trabalhos acadêmicos que propõem metodologias de ensino voltadas para a geometria desenvolvida por eles. A maioria se debruça sob as descobertas dos europeus não dando o devido crédito aos povos Hindus. Nesse sentido, este manuscrito tem como objetivo apresentar uma Situação Didática acerca dos Polígonos de Brahmagupta, um famoso matemático Hindu, se baseando nos pressupostos da Teoria das Situações Didáticas com o amparo do software Geogebra como recurso auxiliar para o professor e alunos. Como metodologia de pesquisa adotamos a Engenharia Didática, em suas duas fases inicias. Concluímos, na análise preliminar, que não há registros de obras que fazem uso da Teoria das Situações Didáticas como metodologia para o ensino do referido conteúdo. Parte dos trabalhos que discutem sobre o matemático elucidam apenas sobre a historiografia. Julgamos que esta metodologia de ensino agregue de forma positiva no ensino de Matemática, em particular, em problemas de geometria ligados às descobertas apresentadas por Brahmagupta, podendo assim contribuir para o ensino do assunto discutido.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9560 UMA EXPERIÊNCIA DA ENGENHARIA DIDÁTICA NO PROCESSO DE HIBRIDIZAÇÃO DA SEQUÊNCIA DE LEONARDO 2021-11-04T10:37:55-03:00 Milena Mangueira milenacarolina24@gmail.com Renata Passos Machado Vieira re.passosm@gmail.com Francisco Régis Vieira Alves fregiis@ifce.edu.br Paula Maria Machado Cruz Catarino pcatarino2@gmail.com <p>Diante de investigações referentes ao ensino de sequências numéricas, tem-se o interesse de abordar a sequência de Leonardo aplicada aos números híbridos, observando pouca abordagem na literatura matemática e na área de ensino. O estudo se pautou no ensino sistemático do processo de hibridização da sequência de Leonardo, com base na Engenharia Didática e Teoria das Situações Didáticas, que fundamentaram teórica e metodologicamente esta pesquisa. A sequência foi aplicada no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará com a participação de oito estudantes. A coleta de dados aconteceu durante a disciplina de História da Matemática do curso de Licenciatura em Matemática, de forma virtual, por meio da plataforma do <em>Google Meet</em>, uma vez que a época de aplicação se deu durante a pandemia do coronavírus (Covid-19). Tem-se que os principais resultados foram analisados e validados de forma interna, com base na Engenharia Didática e Teoria das Situações Didáticas. Tem-se que os principais resultados foram analisados e validados de forma interna, com base na Engenharia Didática e Teoria das Situações Didáticas e apontam que as situações promoveram o ensino do processo de hibridização da sequência de Leonardo, permitindo uma compreensão histórica e evolutiva da História da Matemática.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/8985 EPISTEMOLOGÍA DE LA INNOVACIÓN EN TIC’s DESDE LA VISIÓN DEL MÉTODO DE MORIN 2021-10-31T09:08:39-03:00 Mariangelis del Carmen Gutierrez Nava mariangelis300191@gmail.com Ydelbys Rosa Pérez Duno ydelbys@gmail.com <p>Este texto se propõe a discutir o estudo da gestão da inovação em TIC a partir dos princípios do pensamento complexo, bem como a construção de uma proposta metódica para o estudo da gestão da inovação em TIC em empresas públicas com base na fenomenologia moriniana. Trata-se de uma pesquisa não experimental do tipo documental em que, como técnica de pesquisa, foi aplicada a revisão documental, estabelecendo como fontes de informação textos escritos sobre inovação, gestão da inovação, pensamento complexo e fenomenologia moriniana. Concluindo com a identificação de uma estreita relação entre a gestão da inovação e da complexidade das TIC, o que permitiu, dada a epistemologia e ontologia do enfoque do estudo, construir um método de investigação baseado na fenomenologia moriniana para compreender e explicar este fenómeno. </p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9507 REFLEXIÓN, FORMACIÓN INICIAL Y MODELO INTERCONECTADO DE CRECIMIENTO PROFESIONAL DOCENTE. UN ESTUDIO DE CASO 2021-10-28T11:23:14-03:00 Guillermo Cutrera guillecutrera@gmail.com María Basilisa García bachigarcia@gmail.com <p>Diferentes pesquisas alertam sobre o impacto comparativamente baixo do treinamento inicial em comparação com outras instâncias de treinamento típicas do desenvolvimento profissional de professores. Neste trabalho utilizamos o Modelo Interconectado de Crescimento Profissional do Professor (MICPD) para mostrar as mudanças no Conhecimento Profissional de uma futura professora de Química durante suas experiências de aprendizagem em Didática Geral e Especial, pertencente à Faculdade de Química. Contextualizando la propuesta del MICPD para la investigación a partir dos Dominios propuestos, identificamos as principais vias que expressam mudanças reconhecidas pela aluna durante um curso de seu tranamento inicial recuperando, desde dimensiones del Conocimiento Didáctico del Contenido (CDC), los cambios reconocidos por a estudante. Os resultados encontrados mostram modificações em alguns dos componentes do CDC da aluna de acordo com o tipo de dispositivo utilizado. Por fim, discute-se os escopos dos resultados deste trabalho considerando a utilização do MICPD em um novo contexto educacional, em relação aos tradicionalmente utilizados em pesquisas nesta linha.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9713 HISTÓRIA DA QUÍMICA: UMA ANÁLISE SOBRE A PRESENÇA DO CONTEÚDO NOS PNLDs DE 2015 E 2018 2021-10-21T07:06:18-03:00 Antônio de Pádua Arruda dos Santos Flho apasf95@hotmail.com Maria Cleide da Silva Barroso ccleideifcemaraca@gmail.com Caroline de Goes Sampaio carol-quimica@hotmail.com <p>Pesquisas evidencia que as reformas curriculares que estão acontecendo na educação brasileira deixam o ensino empobrecido, consequentemente os livros didáticos. Diante disso, o presente artigo tem o objetivo de analisar como o conteúdo de História da Química tem sido abordado nas versões e um e dois, do livro didático Química, da autora Martha Reis, que fizeram parte do PNLD dos anos de 2015 e 2018. Para isso, foi realizada uma Revisão Sistemática de Literatura, para ver o que outros pesquisadores da área tem argumentado sobre a importância da HQ no ensino de Química, um estudo documental analisando o que os PCNs, a BNCC e o PNLD têm falado sobre a HQ, e por fim, uma análise das duas versões dos livros didáticos descritos anteriormente. Observou-se que de uma edição para outra, os livros sofreram algumas alterações, principalmente nos volumes dois e três. Por essa razão, sugestiona-se que sejam realizados mais estudos nessa área, analisando sobretudo outros livros didáticos de química.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9684 UMA REPRESENTAÇÃO S-DIGRAPH PARA AS FUNÇÕES CARACTERÍSTICAS DE MASSIEU 2021-11-04T09:30:18-03:00 Jornandes Jesús Correia jornandes.correia@uesb.edu.br <p>Este artigo propõe um modelo cúbico graficodirecionado de Sistemas Simples na representação da Entropia para as Funções Características de Massieu, articuladas por Equações de Estado, tendo como referência o Cubo de Correia na representação da Energia e baseado no Octaedro de Koenig, no Cuboctaedro de Fox, no Cubo Termodinâmico de Pate, do Esquema Mnemônico de Zhao, do Diagrama Termodinâmico de Venn, no Octaedro de Kerr &amp; Makosko, nos Grafos de Pogliani e no Cubo Mágico de Kocik. A energia, por unidade de temperatura, da Equação de estado é proveniente do produto entre duas variáveis conjugadas pela Seta Coordenada que estiverem na mesma direção da Seta Aresta que vincula as duas Funções Características. As equações fundamentais dos potenciais termodinâmicos revelam que a Entropia de um sistema termodinâmico é a razão entre a sua Energia Térmica pela Temperatura Absoluta. Pretende-se, com este modelo, facilitar a elaboração dos construtos lógicos e a compreenção da interdependência entre os Potenciais da Termodinâmica e estabecer um sentido para as Transformações Termodinâmicas.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9558 MEMÓRIA, IMAGINÁRIO E DIREITO AO ESQUECIMENTO: AS DISPUTAS DE SENTIDOS PARA O SUJEITO EX-CONDENADO EM COMENTÁRIOS DIGITAIS 2021-11-23T17:18:19-03:00 Gerenice Cortes cortesgr@gmail.com Ihasmyn Camilla Ferreira Silva ihasmyn_camilla@hotmail.com <p>O artigo tem por objetivo analisar a construção discursiva do sujeito ex-condenado nas mídias digitais, como também as discursividades sobre as tentativas de reinserção social desse sujeito e sua (re)construção identitária. O estudo respalda-se teoricamente nos pressupostos da Análise de Discurso (AD) de filiação pecheuxtiana, além das constatações doutrinárias sobre o Direito ao Esquecimento e sua prática jurisprudencial na seara criminal. O <em>corpus</em> foi construído de um recorte de oito comentários digitais sobre uma matéria jornalística que aborda a temática da ressocialização do ex-condenado. As análises mostram uma forte tensão instaurada entre a memória sobre o sujeito ex-condenado e a (re)construção de uma nova memória discursiva, qual seja a de um cidadão. Nessa trama, as projeções imaginárias de não-pessoa determinam sentidos para a exclusão social do ex-detento e instauram, no discurso, uma posição-sujeito punitivista. Os discursos em funcionamento nas mídias digitais e redes sociais, dadas as suas condições de produção e de circulação, produzem efeitos de apagamento de sentidos de cidadania para o ex-detento, e assim, dificulta a sua ressocialização.</p> <p> </p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9703 MARXISMO E VIDEOGAMES PARA ALÉM DA IMAGEM 2021-10-20T16:12:38-03:00 Daniel Santos Mota danielsff@gmail.com <p>A presente resenha trata do livro "Marx no fliperama: Videogames e luta de classes”, que faz uma análise temática do referido livro. Na obra, o autor faz uma investigação da moderna indústria dos jogos eletrônicos sob a perspectiva do Materialismo Histórico, buscando compreender os videogames em sua totalidade, desde a história do jogar, passando pela produção, comércio, relações de produção e organização da classe trabalhadora envolvida na produção destes jogos. Esta é uma obra que demonstra que os videogames, assim como toda a sociedade, são campo de disputa entre as classes sociais, e neste momento está quase completamente controlada pela burguesia. Para o autor, esse quadro deve ser alterado.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/9215 ENTRE EL CIELO Y EL SUELO. LAS IDENTIDADES ELÁSTICAS DE LAS CLASES MEDIAS (SANTIAGO DE CHILE, 1932-1962) 2021-08-06T09:43:10-03:00 Laura Schenquer lauraschenquer@gmail.com <p>Claudia Stern nos introduz nos estudos das classes médias a partir do enfoque no caso chileno entre as décadas de 1930 e 1960. Trata-se de uma investigação exaustiva, que tem a capacidade de evitar definições unívocas para reconhecer o complexo coletivo estudado: as classes médias, enquadradas em uma análise versada da história.</p> 2021-12-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências