EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA INTEGRANTES DO TIRO DE GUERRA: EXPERIÊNCIA ENTRE UNIVERSIDADE E EXÉRCITO BRASILEIRO

Autores

  • Maira de Castro Lima Universidade Federal de São João Del-Rei
  • César Quadros Maia Universidade Federal de São João del-Rei https://orcid.org/0000-0003-1354-1810
  • Maria Alice Guadalupe
  • Ingrid Morselli Santos
  • Karina Aparecida Resende
  • Heber Paulino Pena

DOI:

https://doi.org/10.22481/recuesb.v9i15.8670

Palavras-chave:

Modelos anatômicos, Primeiros Socorros, Relação Comunidade-Instituição, Militares

Resumo

O Exército Brasileiro é uma importante estrutura para a defesa nacional e o Tiro de Guerra é parte da constituição do serviço militar. Os atiradores devem ter formação em educação em saúde, anatomia e primeiros socorros, qualificada para o desenvolvimento seguro das atividades práticas. A universidade pode colaborar com os militares na formação dos atiradores através de ações extensionistas. Esse relato de experiência tem como objetivo descrever as ações de educação em saúde realizadas por um programa de extensão da Universidade Federal de São João Del-Rei, Campus Centro-Oeste Dona Lindu, no Tiro de Guerra de Divinópolis - Minas Gerais. As ações foram realizadas no segundo semestre de 2018, com 80 atiradores que participaram de encontros teóricos e práticos em educação em saúde com foco nos primeiros socorros. Para avaliar a satisfação dos atiradores, um questionário seguindo a escala Likert e respostas dicotômicas SIM ou NÃO, foi aplicado após os encontros. Os resultados mostraram que 98% dos atiradores concordaram que o conteúdo ministrado foi relevante para a própria formação e 100% que foram claras as falas dos extensionistas. Foram avaliadas como excelente a didática e o material didático utilizado por 68,8% e 73,8% dos participantes, respectivamente. Sobre o encontro prático, mais de 70% opinou como excelente a qualidade do material utilizado, a didática e o tempo disposto para a realização de cada uma das atividades. A ação extensionista promoveu impacto positivo para os discentes e para os atiradores e possibilitou abordagem multidisciplinar ativa de construção de conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-06-24

Como Citar

Lima, M. de C., Maia, C. Q., Guadalupe, M. A., Santos, I. M., Resende, K. A., & Pena, H. P. (2021). EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA INTEGRANTES DO TIRO DE GUERRA: EXPERIÊNCIA ENTRE UNIVERSIDADE E EXÉRCITO BRASILEIRO. Revista Extensão & Cidadania, 9(15), 119-130. https://doi.org/10.22481/recuesb.v9i15.8670

Edição

Seção

Relatos de Experiência