Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb <div align="justify">A Revista Extensão &amp; Cidadania é um periódico semestral, em versão on-line, de fluxo contínuo, da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários – PROEX, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB, lançada em 2013. Docentes, discentes, técnicos-administrativos de Instituições de Ensino Superior nacionais e internacionais que estejam ligadas às ações extensionistas estão convidados a submeter seus manuscritos (artigos, relatos de experiências, entrevistas, resenhas entre outros materiais), com ênfase nos eixos temáticos da extensão: Comunicação; Cultura; Direitos Humanos e Justiça; Educação; Meio Ambiente; Tecnologia e Produção; Saúde; Trabalho. As submissões podem ser realizadas de forma contínua. Não são cobradas taxas de submissão, avaliação ou publicação de manuscritos. </div> pt-BR revistadeextensao@uesb.edu.br (Revista Extensão & Cidadania UESB/PROEX) revistadeextensao@uesb.edu.br (Brenda Rigaud) qui, 24 jun 2021 14:05:08 -0300 OJS 3.2.1.1 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 ANÁLISE DE SAZONALIDADE NA SÉRIE DOS PREÇOS MÉDIOS DA BANANA E TOMATE CONSTANTES NA CESTA BÁSICA DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA DA CONQUISTA, BA https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8445 <p>Este artigo tem por objetivo estudar o comportamento sazonal da série dos preços médios do tomate e da banana da prata, bem como os seus impactos nos gastos da Cesta básica do Município de Vitória da Conquista, utilizando a Análise de Séries Temporais, por meio dos modelos clássico aditivo e multiplicativo, em planilha eletrônica de Excel. Os dados foram fornecidos pelo Programa de Indicadores Econômicos da UESB e compreendem os preços médios mensais coletados entre outubro de 2014 e julho de 2019. Nos resultados apresentados pelos modelos, houve influência da sazonalidade, apresentando quedas nos preços médios para os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro, e aumentos nos preços para os meses de fevereiro, marco, abril e maio. A variação dos preços médios de alguns dos produtos que compõem a cesta básica é influenciada pela mudança climática que determina as melhores épocas para plantio e colheita no Brasil. Conclui-se, &nbsp;destacando a importância de se fazer uma análise sazonal, não só para a série de produtos que impactam no custo da cesta básica, como para todas as outras séries econômicas semelhantes.</p> Delza Rodrigues de Carvalho, Josefa de Lisboa Santos, Marcelo Santos Amaral, Gildásio Santana Júnior Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8445 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 EDUCAÇÃO MATEMÁTICA PARA E COM IDOSOS EM TEMPOS DE PANDEMIA https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8162 <p>O projeto de extensão Conversas Matemáticas desenvolve atividades pedagógicas envolvendo matemática para e com pessoas idosas na Universidade Federal de Alfenas. Neste artigo, abordamos novas formas de ser e compor um projeto extensionista em tempos de pandemia, considerando o desenvolvimento do Conversas Matemáticas no ano pandêmico de 2020, bem como as avaliações das participantes sobre o projeto e as expectativas em relação à edição de 2021 do projeto. Em 2020, a equipe elaborou e desenvolveu vinte atividades remotamente para e com dezessete idosas, utilizando um grupo de Whatsapp para as interações e a entrega de atividades em domicílio, via correio. Também foram realizadas ligações de áudio para manter o contato com as idosas e para conversar sobre as vivências pessoais delas durante a pandemia. Como resultado, as participantes apontam a importância do projeto, que possibilitou que elas se mantivessem ativas e permitiu o senso de pertencimento ao grupo, proporcionando alegria e aprendizado. Além disso, as idosas destacaram aspectos relevantes para a execução do projeto em 2021, com interesse pela continuidade das atividades. Concluímos que o projeto tem impactado positivamente a vida das idosas, viabilizando a inclusão social e a interação dialógica.</p> Ronaldo André Lopes, Rejane Siqueira Julio, Guilherme Henrique Gomes da Silva, Rafael Ferreira Cardoso, Sara Maria Fagundes Conti Neves Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8162 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 PERCEPÇÕES DA APLICAÇÃO DO PROJETO “EMPODERAMENTO FEMININO ATRAVÉS DA GERAÇÃO DE RENDA PELAS VENDAS” https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8638 <p>O artigo apresenta o projeto de extensão realizado no campus IFSP-Pirituba denominado “Empoderamento Feminino através da geração de renda pelas vendas”. A proposta do projeto era atender um grupo de 25 mulheres acima de 16 anos com pouca ou nenhuma escolaridade em condições de vulnerabilidade social para capacitação profissional através do curso de formação inicial e continuada (FIC) de Promotora de vendas e outras ações de extensão como palestras, oficinas e minicursos voltados ao empoderamento feminino, tornando a mulher consciente de seu papel na sociedade, das políticas públicas que podem atendê-la e também ser multiplicadora desses conhecimentos para mulheres que estejam em condições semelhantes a ela. O projeto contou com a parceria da ONG PAC – Projetos Amigos das Crianças e do Sebrae Pirituba. Do grupo inicial, 16 discentes concluíram o curso e conseguiu-se verificar as características do público sendo majoritariamente composto por mulheres que se autodeclaram pardas ou negras, com renda mensal familiar inferior a 2 salários-mínimos e sem uma atividade remunerada. Com a realização do curso, houve uma mudança significativa da percepção do papel que ela desempenha na sociedade, da união entre elas, pela similaridade de suas condições e o mais importante foi o fortalecimento dos vínculos e a criação de uma rede de apoio entre elas. Para a equipe que participou do projeto, a constatação do significado de uma ação efetiva de extensão com a comunidade pela união de docentes, técnicos administrativos e discentes dos cursos do campus.</p> Claudia Oliveira, Kamili Oliveira Santana, Felipe Rodrigues Martinez Basile, Thiago Pedro Donadon Homem Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8638 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 PROJETO CENTRO DE REFERÊNCIA PARALÍMPICO DE RORAIMA: CONTRIBUIÇÕES PARA A INICIAÇÃO PARALÍMPICA https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8630 <p>Os Centros de Referência Paralímpico foram criados com objetivo de descobrir novos talentos e renovar as gerações de atletas com deficiência para que possam consolidar o Brasil a permanecer entre as principais potências do esporte paralímpico mundial. O objetivo desse estudo é descrever a importância da implementação do Centro de Referência Paralímpico no estado de Roraima. Trata-se de um estudo de caso descritivo com abordagem qualitativa. Participaram do estudo 02 Professores do Centro de Referência Paralímpico de Roraima. As entrevistas foram conduzidas através do aplicativo de Google <em>Meet</em> <em>(</em>em decorrência da Pandemia do COVID-19 e o distanciamento social). Os resultados demonstram que a possibilidade de fomentar e ampliar a Iniciação esportiva pelo Centro de Referência é a principal categoria destacada pelos professores, seguido da Transformação Social que o Centro de Referência pode trazer para a vida do atleta com deficiência, e ainda, a Oportunidade de Desenvolvimento do esporte paralímpico no estado. Dessa forma, destacamos a relevante contribuição do Centro de Referência Paralímpico as pessoas com deficiência e para o desenvolvimento do esporte paralímpico em Roraima.</p> José Paulo da Silva Rocha, Lucas Portilho Nicoletti, Silvestre Cirilo dos Santos Neto, Vinícius Denardin Cardoso Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8630 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 PROJETO DE EXTENSÃO “CINECLUBE CAFÉ COM LEITE” PARA O TRABALHO COM A DIVERSIDADE https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8721 <p>O cinema configura-se como uma forma criativa de estabelecer o diálogo entre temas curriculares e o cotidiano da escola, além de ser uma maneira agradável de trabalhar questões polêmicas, contribuindo para a formação de criticidade. O artigo apresenta os resultados de um projeto de extensão escolar chamado Cineclube Café com Leite, realizado em uma escola pública estadual do Espírito Santo, buscando a promoção de debates sobre questões relativas à diversidade de gênero, ao preconceito e à intolerância. Trata-se de uma intervenção pedagógica participativa, apoiada por observações anotadas em diário de campo, colhidas em rodas de debates. Os dados foram abordados à luz dos pressupostos da teoria <em>queer</em>. O projeto cineclube favoreceu aos alunos a leitura crítica do mundo e a compreensão de que as questões relacionadas à diversidade, no campo dos Direitos Humanos, são sempre acompanhadas de lutas e desafios.</p> Carlos Roberto Campos, Maria de Louldes Virgínio, Gilmar Virgínio, Edmar Reis Thiengo Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8721 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 SISTEMAS AVALIATIVOS E O ENSINO REMOTO EMERGENCIAL https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8649 <p>A partir da declaração da OMS sobre a pandemia do Coronavírus, diferentes estratégias buscaram minimizar o contágio do vírus com medidas profiláticas, como o distanciamento social. Neste contexto, a escola precisou adaptar o processo de ensino presencial para remoto emergencial, alterando os sistemas metodológicos e avaliativos para atender as atuais demandas. Com isso, o seguinte artigo buscou analisar os modelos avaliativos adotados por nove instituições de ensino básico da cidade de Curitiba-PR e região metropolitana, entre privadas e públicas, objetivando apresentar seus respectivos métodos e compreender estratégias adotadas. Como caminho metodológico foi realizada análise qualitativa expositiva, através de entrevista semi-estruturada realizada de forma remota com professores de educação física. Por fim, pode-se considerar que existem diferentes modelos avaliativos que estão em consonância com o método usado pela escola no processo ensino-aprendizagem remoto e particularidades diversas são evidentes, relacionadas à inserção tecnológica no ambiente escolar, a não aferição da aprendizagem por verificação e exames, e entre os sistemas escolares e a ampliação ou limitação desses métodos. Conclui-se que, que as inovações do sistema avaliativo são alicerce para argumentações e melhorias no sistema tradicional, sua exposição evidencia a necessidade de possibilidades que auxilia a travessia desse momento da forma mais equilibrada possível.</p> Maria Clara Rabelo Jaime, Ellen Eloise de Oliveira, Soraya Correa Domingues Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8649 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 CROMOSSOMOS, SEGREDOS E MISTÉRIOS: METODOLOGIA ALTERNATIVA NO ENSINO DE CITOGENÉTICA https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8716 <p>Este relato de experiência docente demonstra o potencial da aprendizagem baseada em projeto (ABProj) no ensino-aprendizagem de Citogenética, disciplina optativa nos cursos de bacharelado e licenciatura em Ciências Biológicas da UESB. O Seminário intitulado: “Cromossomos: Segredos e Mistérios” permitiu a divulgação dos princípios citogenéticos e da importância de sua aplicação em estudos clínicos, taxonômicos, evolutivos e de diagnóstico ambiental. Com a participação dos nove discentes matriculados na disciplina, dois monitores, quatro especialistas convidados e da professora orientadora, esta alternativa foi um sucesso, ao promover os discentes ao papel de protagonistas do processo ensino-aprendizagem. O evento contou com a participação de 50 ouvintes, incluindo estudantes de graduação em biologia e em outros cursos, estudantes e professores do ensino médio. Esta estratégia metodológica foi efetiva em seus dois principais objetivos, a divulgação da citogenética e suas aplicações para um público diversificado e a aprendizagem significativa deste tema pelos discentes matriculados na disciplina.</p> Luciana Aguilar-Aleixo Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8716 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA INTEGRANTES DO TIRO DE GUERRA: EXPERIÊNCIA ENTRE UNIVERSIDADE E EXÉRCITO BRASILEIRO https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8670 <p class="western" align="justify"><a name="_Hlk71024124"></a> <span style="font-family: Times New Roman, serif;">O Exército Brasileiro é uma importante estrutura para a defesa nacional e o Tiro de Guerra é parte da constituição do serviço militar. Os atiradores devem ter formação em educação em saúde, anatomia e primeiros socorros, qualificada para o desenvolvimento seguro das atividades práticas. A universidade pode colaborar com os militares na formação dos atiradores através de ações extensionistas. Esse relato de experiência tem como objetivo descrever as ações de educação em saúde realizadas por um programa de extensão da Universidade Federal de São João Del-Rei, </span><span style="font-family: Times New Roman, serif;"><em>Campus</em></span><span style="font-family: Times New Roman, serif;"> Centro-Oeste Dona Lindu, no Tiro de Guerra de Divinópolis - Minas Gerais. As ações foram realizadas no segundo semestre de 2018, com 80 atiradores que participaram de encontros teóricos e práticos em educação em </span><span style="font-family: Times New Roman, serif;">saúde com foco nos primeiros socorros. Para avaliar a satisfação dos atiradores, um questionário seguindo a escala </span><span style="font-family: Times New Roman, serif;"><em>Likert </em></span><span style="font-family: Times New Roman, serif;">e respostas dicotômicas SIM ou NÃO, foi aplicado após os encontros. Os resultados mostraram que 98% dos atiradores concordaram que o conteúdo ministrado foi relevante para a própria formação e 100% que </span><span style="font-family: Times New Roman, serif;">foram claras as falas dos extensionistas</span><span style="font-family: Times New Roman, serif;">. Foram avaliadas como excelente a</span><span style="font-family: Times New Roman, serif;"> didática e o material didático utilizado por 68,8% e 73,8% dos participantes, respectivamente. </span><span style="font-family: Times New Roman, serif;">Sobre o encontro prático, mais de 70% opinou como excelente a qualidade do material utilizado, a didática e o tempo disposto para a realização de cada uma das atividades. A ação extensionista promoveu impacto positivo para os discentes e para os atiradores e possibilitou abordagem multidisciplinar ativa de construção de conhecimento.</span></p> Maira de Castro Lima, César Quadros Maia, Maria Alice Guadalupe, Ingrid Morselli Santos, Karina Aparecida Resende, Heber Paulino Pena Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8670 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 IMPLANTAÇÃO DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EM UM CURSO DE DIREITO EM ATENDIMENTO À RESOLUÇÃO CNE/CES Nº. 7/2018 https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8710 <p>Trata-se de relato de experiência da implantação de atividades de extensão universitária em um curso de Direito de uma faculdade no leste mineiro com o objetivo de tornar fática a Resolução CNE/CES nº. 7/2018 que prevê a obrigatoriedade para a extensão universitária em todos os cursos de graduação em 2021. Com fundamento na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e no Projeto Pedagógico do Curso, as atividades de extensão visam integrar a Universidade à Comunidade. Durante a implantação no ano de 2020 fomos surpreendidos com a quarentena em razão da pandemia por Covid-19, o que poderia impactar negativamente nos objetivos, contudo, com a adoção de metodologias participativas foi possível obter resultados acima do esperado, com a adesão de quase todos os alunos do curso de Direito e uma pluralidade de atividades de extensão universitária desenvolvidas em meio a uma crise sanitária e econômica, o que leva à conclusão que a implantação da extensão universitária atende às determinações legais e aos seus objetivos de forma positiva e que as dificuldades impostas pela quarentena não foram suficientes para desanimar os alunos das ações relacionadas aos Direitos Humanos, essenciais, especialmente nesses períodos de crise.</p> Alexandre Jacob Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8710 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 LUDICIDADE PARA ABORDAR CUIDADO COM OS ANIMAIS: AÇÕES EDUCATIVAS NAS ESCOLAS https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8758 <p>O presente trabalho visa relatar a experiência de uma ação educativa do programa de extensão “Ações educativas sobre o cuidado com animais domésticos e de rua para promoção da saúde única/Ano II”, em escolas de ensino fundamental de Vitória da Conquista, em 2019. As principais etapas da ação educativa consistiram em palestra dialogada, oficina de desenhos, customização de máscaras e jogo educativo. As escolas colaboraram com a realização das atividades, permitindo o envolvimento dos profissionais na organização das práticas propostas pelo projeto. Os resultados evidenciam que as atividades realizadas no projeto de extensão permitiram aos alunos a reflexão do tema, baseado na diversidade de atividades realizadas e nas discussões sobre a importância do cuidado com os animais. Conclui-se esse relato, convidando a sociedade, a universidade, os setores públicos, os representantes da sociedade (vereadores e prefeitos), secretarias de saúde e de educação municipal a fim de continuar essa discussão no município de Vitória da Conquista.</p> Gabriele Marisco da Silva, Yasmin Moreira Botelho Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8758 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 OFICINA SOBRE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO ÂMBITO DO PROJETO MULHERES IFSP: UM RELATO DE ESCUTA https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8634 <p>Este trabalho apresenta um relato de experiência de realização de uma oficina sobre violência contra a mulher (04 horas-aula) oferecida no projeto “Empoderamento Feminino através da geração de renda pelas vendas” desenvolvido no âmbito do Projeto Mulheres IFSP no campus São Paulo-Pirituba. A metodologia aplicada é a de oficina em dinâmica de grupo que adota como princípio a escuta qualificada e compartilhamento das experiências das discentes e assume como objetivo fomentar um espaço de acolhimento por meio do qual as participantes possam elaborar simbolicamente o tema e desenhar possibilidades de saída de situações de abuso por meio do apelo a mediadores institucionais e pela percepção de si mesma como pessoa cuja vida e dignidade precisam ser garantidas.</p> Ana Carolina Vila Ramos Santos Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8634 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 PROJETO DE EXTENSÃO SAÚDE DOS OSSOS – O COMBATE À OSTEOPOROSE: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8434 <p class="Normal tm5"><strong><span class="tm6">Resumo</span></strong></p> <p class="Normal tm7"><span class="tm9">Este é um relato de experiência do projeto de extensão “Saúde dos Ossos - o Combate à Osteoporose” que objetivou atuar na promoção da saúde, através de informações sobre a prevenção e tratamento da osteoporose, contribuindo para a transformação social e impactando positivamente a formação discente. As redes sociais foram o instrumento utilizado neste projeto, através das quais, no dia mundial do combate a osteoporose (20 de outubro), cada discente participante publicou uma arte e um texto sobre a doença, orientando a sociedade sobre os riscos dessa doença silenciosa. Aplicou-se um questionário aos discentes participantes após o projeto, sendo que 89,5% informaram que seus conhecimentos sobre a osteoporose aumentaram e 100% reconheceram como relevante esse perfil de projeto de extensão. Evidenciou-se, portanto, que o projeto se mostrou relevante no que tange a transformação social, através da disseminação de conteúdo de um tema importante de saúde para a população via mídias sociais, e impactou a formação discente, uma vez que a maioria considerou positiva a adesão ao projeto e tema proposto.</span></p> Andrey Costa Sartori, Bárbara Assis da Silva , Mateus Elias Sant’anna Ferreira Ribeiro, Eli Ávila Souza Júnior , Rodrigo de Almeida Ferreira Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8434 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 PRISIONEIRAS DAS MEDIDAS: OFICINA TEMÁTICA PARA ACOLHIMENTO DE MENINAS CONTRA A OPRESSÃO DOS PADRÕES ESTÉTICOS https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8683 <p>O conceito de beleza sofreu, historicamente, muitas alterações baseadas no estilo de vida de cada época. Entretanto, os padrões estéticos mais aceitos em cada sociedade atenderam apenas a uma minoria populacional. No início do século XXI cresceu a busca pelo corpo magro, fortemente relacionado à noção de perfeição, autocontrole e atratividade sexual. Esse padrão de corpo constantemente leva adolescentes à auto-insatisfação e ao desenvolvimento de transtornos alimentares. Este trabalho relata a experiência de uma oficina temática voltada para alunas do Instituto Federal do Paraná, IFPR - Campus Paranavaí, na qual se trabalhou a pressão dos padrões estéticos. A oficina foi oferecida para estudantes de ensino médio do sexo feminino e contou com a presença de 39 participantes. Inicialmente, foram expostos os aspectos teóricos do conceito de belo e do desenvolvimento dos padrões estéticos. Após isso, vídeos e discursos veiculados nas redes sociais usadas pelas adolescentes foram usados a fim de estimular o diálogo e a aproximação, fomentando a discussão do tema. Um questionário anônimo previamente validado sobre percepção corporal foi aplicado e mostrou que 67% das meninas presentes na oficina tem uma percepção ruim envolvendo o próprio corpo. Ao final, foi realizada uma roda aberta para discussões e relatos pessoais, onde elas puderam exteriorizar seus medos, traumas, receios e pensamentos. Demonstrou-se a tamanha importância desse tema para a socialização das jovens, contribuindo para a desconstrução do estresse psicológico causado pela pressão midiática no público feminino.</p> Camila Clozato Lara, Isabela Colombo Cambiriba, Alexandre da Silva Avíncola Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8683 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 O “QUINTAIS DE MEL”: A CRIAÇÃO DE ABELHAS SEM FERRÃO COMO FERRAMENTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8714 <p><strong>RESUMO: </strong><span style="font-weight: 400;">O “Quintais de Mel” é um projeto de extensão desenvolvido pelo Instituto Federal do Paraná em Assis Chateaubriand. O objetivo principal do projeto é promover a educação ambiental em escolas e comunidade em geral para então contribuir com a preservação das abelhas nativas sem ferrão. Para tanto, segue-se um percurso metodológico de quatro etapas no projeto. Primeiro a estruturação de um meliponário didático para manejo dos enxames das abelhas sem ferrão. Segundo, a promoção de ações educativas nas escolas do município de Assis Chateaubriand, como oficinas e palestras sobre a temática em questão. Terceira estimular a população atendida a criar abelhas nos próprios quintais de suas casas. A última etapa, trata-se da capacitação de pessoas interessadas na criação de abelhas sem ferrão e a produção de pasto meliponícola. Atualmente o projeto está com a maioria das atividades online, com a produção de conteúdos relacionados ao tema central, e os publica em redes sociais, assegurando as recomendações de isolamento social. Espera-se com o retorno de atividades presenciais no IFPR, que os estudantes das escolas atendidas pelo projeto, visitem o meliponário didático e tenham experiências com o manejo e cultura de preservação das abelhas nativas sem ferrão.&nbsp;&nbsp;</span></p> <p><strong>Palavras-chave:</strong><span style="font-weight: 400;"> Polinizadores. Conservação. Sustentabilidade.&nbsp; </span></p> Tiago Amaral Silva, Eduardo Alberto Felippsen, Sônia Maria Mandotti, Daniel Ferreira Simão, Gabriela Martines Gimenes Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8714 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 SAÚDE MENTAL, SÉTIMA ARTE E TERCEIRA IDADE: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8520 <p>O presente relato objetiva analisar o evento multidisciplinar "Cine Saúde" que ocorreu no mês de abril do corrente ano 2021 e trouxe uma abordagem dinâmica que fitou explanar a demência durante <a href="#_ftn1" name="_ftnref1">[1]</a>a velhice sob diversos aspectos, legal, médico e social. O evento foi realizado em plataforma virtual de acordo com as orientações dos órgãos de saúde, devido a pandemia de Covid-19. Foi utilizado como paradigma inicial a obra cinematográfica <em>The Father</em> seguida de discussão com profissionais de diversas áreas como direito, medicina e gerontologia. Devido ao caráter multidisciplinar, o evento foi voltado às comunidades acadêmica e externa. O uso de obras lúdicas e artísticas tem o condão de introduzir temas e no evento em comento ao estar uma obra de ficção acompanhada da análise e discussão entre especialistas das mais diversas áreas há produção de conhecimento, bem como uma melhor associação por parte dos ouvintes a respeito da temática discutida. Os ouvintes responderam a um questionário no qual avaliaram a eficácia do evento e o resultado foi extremamente positivo, de modo que se conclui ser de grande importância realizar eventos semelhantes, nos quais obras cinematográficas em associação a uma discussão acadêmica interajam de modo propagar conhecimento às comunidades acadêmicas e externa.</p> <p>&nbsp;</p> <p><a href="#_ftnref1" name="_ftn1"></a>&nbsp;</p> Maria Eduarda Silva Gomes Roberto, Gabriela Garcia de Carvalho Laguna, Luiz Henrique Pitanga Evangelista dos Santos, Ranna Santos Morais, Flávio Evans Soares Brito Júnior Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8520 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 SERVIÇO DE ATENDIMENTO EM SAÚDE MENTAL A POLICIAIS MILITARES: UMA AÇÃO EXTENSIONISTA https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8726 <p>Trata-se de relato de experiência de projeto para atendimento a policiais militares com vistas à prevenção e tratamento de transtornos mentais tendo em vista os índices de adoecimento mental dessa população em virtude da atividade exercida e potencializada pelo crescente número de mortes violentas dos pares e pelos agentes estressores específicos da profissão. O objetivo da proposta é fomentar a cultura de prevenção do sofrimento mental e contribuir para um melhor preparo desses agentes em suas atividades no sistema de defesa social. Os atendimentos são realizados por um grupo de professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, que utilizam diferentes abordagens psicoterápicas, no Núcleo de Práticas Psicológicas ligado ao Curso de Psicologia da instituição sob a forma de Projeto de Extensão.&nbsp; Em três anos de existência, o projeto realizou 353 atendimentos até fevereiro de 2020. Conclui-se que o projeto se mostrou importante para a população-alvo que tem buscado e se implicado com essa modalidade de atendimento psicológico. O projeto é realizado em parceria com a polícia militar, a qual vem se empenhando em atividades de sensibilização e divulgação do projeto, entendendo os aspectos de confidencialidade e da necessidade de o sujeito se implicar na atividade proposta. As demandas se referem a conflitos entre a identidade pessoal e profissional, fatores estressores relacionados ao trabalho, assim como questões relacionadas a dependência química e a diagnósticos psiquiátricos como transtorno de humor.</p> Odilza Lines de Almeida, Ana Lúcia Castilhano de Araújo, Ana Mara Dutra Souza Copyright (c) 2021 Revista Extensão & Cidadania https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8726 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 Editorial https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8928 <p>DOI: 10.22481/recuesb.v9i15.8928</p> Luziêt Maria Fontenele Gomes, Marizete Argolo Teixeira Copyright (c) 2021 https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8928 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300 Expediente https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8933 <p>Expediente</p> Luziêt Maria Fontenele Gomes, Marizete Argolo Teixeira Copyright (c) 2021 https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/8933 qui, 24 jun 2021 00:00:00 -0300