OS LIMITES E POTENCIALIDADES DE UMA OFICINA TEMÁTICA COMO ESTRATÉGIA PARA O ENSINO DE QUÍMICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/reed.v1i2.7197

Palavras-chave:

Experimentação, Contextualização, Educação Química, Oficina Temática

Resumo

O presente estudo teve como objetivo analisar os limites e potencialidades do desenvolvimento de uma oficina temática no entendimento da importância do Saneamento Básico, em uma perspectiva do tratamento do esgoto. Esta pesquisa qualitativa e de campo foi desenvolvida no Grupo de Estudos Preparatório para o Enem do Programa Tecelendo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. A experimentação e a contextualização foram utilizadas como estratégia pedagógica na organização da oficina para auxiliar no aprendizado dos estudantes envolvidos, permitindo que fosse trabalhado com um tema que estava diretamente ligado ao seu contexto social. Os resultados obtidos sinalizaram que a estratégia utilizada possibilitou aos discentes uma melhor compreensão dos conhecimentos químicos presentes no seu dia a dia. Os alunos sinalizaram como limite da proposta a escassez do tempo, pois pontuaram que a duração da intervenção não foi suficiente para um aprendizado mais significativo. Além disso, a oficina teve uma metodologia pontual, não sendo suficiente para consolidar conceitos químicos em uma perspectiva contextualizada. A contribuição deste trabalho consistiu na promoção de diálogos sobre a possibilidade de diversificar a mediação didática do professor na sala de aula e como potencialidade de dialogar na elaboração de propostas experimentais contextualizadas para a Educação Química.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Railane dos Santos Silva, Rede Estadual do Paraná - Brasil

Graduada em Licenciatura em Química pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Professora contratada pela rede estadual do Paraná.

Mara A. Alves Silva, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - Brasil

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA); Mestre em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB); Professora Assistente do curso de Licenciatura em Química do Centro de Formação de Professores (CFP) da UFRB; Membro dos seguintes grupos de pesquisa: DOCFORM- Grupo de Pesquisa em Docência, Currículo e Formação/UFRB e PƎQUI - Pesquisa Ensino Extensão em Educação Química do CFP/UFRB.

José Gilberto da Silva, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - Brasil

Doutor em Química pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pós-doutorado pela UFMG; Professor Associado do curso de Licenciatura em Química do Centro de Formação de Professores (CFP) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Membro dos seguintes grupos de pesquisa: DOCFORM- Grupo de Pesquisa em Docência, Currículo e Formação/UFRB e PƎQUI - Pesquisa Ensino Extensão em Educação Química do CFP/UFRB.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Silva, R. dos S., Silva, M. A. A., & da Silva, J. G. . (2020). OS LIMITES E POTENCIALIDADES DE UMA OFICINA TEMÁTICA COMO ESTRATÉGIA PARA O ENSINO DE QUÍMICA. Revista De Estudos Em Educação E Diversidade - REED, 1(2), 207-230. https://doi.org/10.22481/reed.v1i2.7197

Edição

Seção

Artigos