Prevalência de sobrepeso e obesidade em idosas atendidas nos projetos da UESB

Autores

  • Ciro Oliveira Queiroz Núcleo de Estudo em Atividade Física e Saúde (NEAFIS) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Palavras-chave:

obesidade, sobrepeso, composição corporal, idosas

Resumo

Objetivo: Investigar o grau de sobrepeso e obesidade em idosas atendidas a projetos na UESB, Jequié – BA. Metodologia: A amostra foi composta por 25 idosos, com idade média de 68,96 (DP= 6), sendo todos do sexo feminino. Para a análise da composição corporal foi utilizado o Índice de Massa Corporal (IMC), a Relação Cintura-Quadril (RCQ) e a mensuração de três dobras cutâneas (Triciptal, supra-iliaca e abdominal). Para a análise estatística utilizou-se o pacote estatístico SPSS 11.5. Resultados: O IMC classificou 60% da amostra com sobrepeso e obesidade, já o RCQ classificou 56% na faixa de risco e o percentual de dobras cutâneas na junção de moderada, elevada e mórbida ficaram com uma média de 68%. Conclusão: Ocorreu uma predominância de sobrepeso e obesidade alta e também demonstrou similaridade com outros estudos nacionais, recomenda-se prática de atividade física e uma conservação de hábitos alimentares saudáveis para controlar e prevenir a gordura corporal elevada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-03-14

Como Citar

Queiroz, C. O. (2008). Prevalência de sobrepeso e obesidade em idosas atendidas nos projetos da UESB. Revista Saúde.Com, 4(1), 43-49. Recuperado de https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/119

Edição

Seção

Artigos originais