Inatividade de sistema de esgotamento sanitário: um estudo de caso no município de Itororó-BA

Autores

  • Rosane Maria de Santana Brito Santos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Palavras-chave:

comunidade, esgotamento sanitário, saúde

Resumo

O trabalho apresenta estudo de caso relacionado à inatividade do Sistema de Esgotamento Sanitário de Itororó-Ba. Considerando a existência de um sistema de esgotamento sanitário, entregue à Prefeitura Municipal dessa cidade no ano de 1996, onde foi investida por parte do Governo do Estado da Bahia a quantia um milhão de dólares, e que hoje se encontra em completa inatividade, esta pesquisa objetiva compreender a atitude dos formadores de opinião do município de Itororó diante da poluição do Rio Colônia por resíduos líquidos devidos à inoperância do sistema,. A metodologia utilizada tem uma ênfase quali-quantitativa onde foram realizadas entrevistas semi-estruturadas, com formadores de opinião do município divididos em dois grupos, lideranças comunitárias e representantes do poder público. Além disso, foram realizadas entrevistas abertas com os responsáveis diretos pelo funcionamento do sistema, análise documental e observação direta ao sistema e área afetada. Os dados foram coletados no mês de janeiro do ano de 2006. Os resultados demonstram interesse da comunidade pela reativação do sistema, porém, não se percebe nenhuma ação concreta nessa direção, comprovando que há uma grande distância entre a boa intenção ambiental e o gesto concreto comprometendo a saúde da população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-10-08

Como Citar

de Santana Brito Santos, R. M. (2007). Inatividade de sistema de esgotamento sanitário: um estudo de caso no município de Itororó-BA. Revista Saúde.Com, 4(1), 85-94. Recuperado de https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/124

Edição

Seção

Relato de experiência