Avaliação in vitro da liberação de flúor de alginatos odontológicos da linha Jeltrate®

Autores

  • Matheus Melo Pithon Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Palavras-chave:

intoxicação por flúor, materiais para moldagem odontológica, materiais dentários

Resumo

Objetivo: avaliar a liberação de flúor de alginatos da linha Jeltrate®. Materiais e Métodos: foram avaliadas quatro marcas de alginatos divididos em quatro grupos: Jeltrate®, Jeltrate Plus®, Jeltrate Chromatic® e Jeltrate® Chromatic Ortho®. Os alginatos foram manipulados seguindo as orientações dos fabricantes. Após isso seguiu-se a confecção dos corpos de prova utilizando moldes de silicone nas dimensões de 4 mm de diâmetro e 4mm de altura. Após geleificação, os corpos de prova foram removidos dos moldes e inseridos em recipiente com 10 ml de água milliQ, por 2 min. A liberação de flúor foi medida, através de eletrodo íon seletivo conectado a um analisador de íons. Resultados: o Jeltrate Plus® foi o alginato que mais liberou flúor (247,85 µg/cm2) seguido do Jeltrate Chromatic Ortho® (217,83 µg/cm2). Jeltrate Chromatic® ( 138,21 µg/cm2) e Jeltrate® (79,61 µg/cm2). Conclusões: o Jeltrate Plus® foi o alginato que mais liberou flúor seguido do Jeltrate Chromatic Ortho®, Jeltrate Chromatic® e Jeltrate®.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-04-30

Como Citar

Pithon, M. M. (2009). Avaliação in vitro da liberação de flúor de alginatos odontológicos da linha Jeltrate®. Revista Saúde.Com, 5(1), 31-37. Recuperado de https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/142

Edição

Seção

Artigos originais