Percepção dos estudantes de cursos da saúde acerca do sistema único de saúde

Autores

  • Pâmela Billig Mello-Carpes Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Palavras-chave:

Sistema Único de Saúde, Estudantes de Ciências da Saúde, Instituições de Saúde e Recursos Humanos e Serviços

Resumo

O objetivo deste trabalho foi verificar a percepção dos estudantes dos cursos da saúde da Universidade de Cruz Alta - RS sobre o Sistema Único de Saúde (SUS). A amostra foi composta por cento e dezesseis estudantes, a maioria entre 18 e 20 anos (53%), que responderam um questionário contendo questões abertas e fechadas. Entre os principais resultados verificamos que: 60,8% dos estudantes não tem plano privado, sendo dependentes do SUS; a maioria (87,9%) identifica o SUS como um conjunto de ações e serviços de saúde gratuitos, mas outros estudantes fazem confusão entre o SUS e o sistema de previdência brasileiro; 27,1% vê o SUS como um sistema voltado para pessoas de baixa renda; 95,2% nunca participou de uma reunião do Conselho Municipal da Saúde e 44% acha que quem exerce o controle social do SUS é o governo. Percebeu-se a dificuldade que os estudantes têm para definir e inserir em sua prática profissional conceitos importantes para a saúde pública; verifica-se, assim, a importância da implementação de políticas públicas que envolvam as Instituições de Ensino Superior e possibilitem a transformação dessas ideias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-05-21

Como Citar

Mello-Carpes, P. B. (2012). Percepção dos estudantes de cursos da saúde acerca do sistema único de saúde. Revista Saúde.Com, 8(1), 34-45. Recuperado de https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/210

Edição

Seção

Artigos originais