Acesso e itinerário terapêutico dos pacientes com câncer: principais dificuldades enfrentadas para este percurso

Autores

  • Rodrigo Cesar Abreu de Aquino Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Mirella Rodrigues Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Palavras-chave:

Acesso aos Serviços de Saúde, Neoplasia, Tempo para o Tratamento

Resumo

A pesquisa tem como objetivo identificar os estudos sobre o itinerário terapêutico dos pacientes com câncer, além dos fatores apontados como principais dificuldades de acessibilidade enfrentadas durante a busca por atenção à saúde. Realizada através da revisão integrativa em bases eletrônicas, foram identificados 3.847 artigos, e a partir dos critérios de inclusão e exclusão, permaneceram 03 estudos. As publicações analisadas datam da última década e foram realizadas em países socioeconomicamente desenvolvidos. Apresentam características diversas, tendo como base populações, amostras, objetivos e procedimentos metodológicos heterogêneos. A composição das amostras dos estudos variou entre homens e mulheres, tendo o sexo masculino uma maior morbimortalidade, com uma população relativamente jovem, diagnósticos variados de câncer e com estágios diferentes de evolução da doença. Verificou-se que as publicações sobre o tema ainda são escassas, quando comparadas a pesquisas sobre o cuidado e/ou tratamento do câncer e ratificam a importância de realização de mais estudos sobre acesso e itinerário terapêutico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

Abreu de Aquino, R. C., & Rodrigues, M. (2016). Acesso e itinerário terapêutico dos pacientes com câncer: principais dificuldades enfrentadas para este percurso. Revista Saúde.Com, 12(1), 488-496. Recuperado de https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/400

Edição

Seção

Artigos de revisão