QUALIDADE DE VIDA EM MULHERES ACOMETIDAS COM CÂNCER DE MAMA

REVISÃO INTEGRATIVA

Autores

  • MAX OLIVEIRA MENEZES UNIVERSIDADE TIRADENTES
  • LUCIANA DE SANTANA LOBO SILVA Faculdade Estácio de Sergipe
  • Silvia Márcia dos Santos Sandes Faculdade Estácio de Sergipe
  • Alaine Vasconcelos Chagas Faculdade Estácio de Sergipe
  • Cíntia da Cruz Santos Bittencourt Faculdade Estácio de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.22481/rsc.v16i3.4738

Palavras-chave:

CÂNCER DE MAMA, QUALIDADE DE VIDA, MASTECTOMIA

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar a qualidade de vida das mulheres acometidas com câncer de mama. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. As bases de dados consultadas foram: BVS, LILACS, Medline, Scielo. Foram inclusos artigos publicados no período entre 2012 – 2017. A amostra foi composta por 17 artigos, os quais foram trabalhados e agrupados em cinco categorias relacionada aos domínios físico, psicológico, relação social, nível de independência e ambiente. Ficou evidente o predomínio de publicações em revistas da área médica, delineamento para estudos de coorte, nível de evidência A2, escritos na língua inglesa. As alterações na QV das mulheres com CA de mama mais prevalentes encontram-se nos domínios físico e psicológico, com ênfase nas facetas dor/desconforto, energia/fadiga e sentimentos negativos, dentre eles a ansiedade e depressão. Assim, ficou evidente que o tema é amplo e subjetivo, pois está relacionado com aspectos individuais e geográficos, bem como metodologias implementadas para avaliação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

LUCIANA DE SANTANA LOBO SILVA, Faculdade Estácio de Sergipe

Mestre em Enfermagem, pelo PPGEN- Programa de Pós-Graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de Sergipe. Graduação em Enfermagem Bacharelado pela Universidade Tiradentes , Especialista em Enfermagem em Urgência e Emergência Pré-Hospitalar e Enfermagem Ginecológica e Obstétrica pela mesma Universidade. Leciona como professora na Faculdade Estácio de Sergipe e enfermeira assistencial na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes.

Silvia Márcia dos Santos Sandes, Faculdade Estácio de Sergipe

Mestre em Ciências Fisiológicas pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) (2016). MBA em Administração Hospitalar com Ênfase em Auditoria pela Universidade Severino Sombra (2010). Graduada em Enfermagem Bacharelado pela UFS (2007). Atualmente é docente da Faculdade Estácio de Sergipe (desde 2011) e Enfermeira Auditora da Operadora de Saúde Unimed Sergipe. Possui experiência em Enfermagem Perioperatoria e Gestão Hospitalar.

Alaine Vasconcelos Chagas, Faculdade Estácio de Sergipe

Graduada em enfermagem pela Faculdade Estácio de Sergipe.

Cíntia da Cruz Santos Bittencourt, Faculdade Estácio de Sergipe

Graduada em Enfermagem pela Faculdade Estácio de Sergipe

Downloads

Publicado

2021-02-08

Como Citar

MENEZES, M. O., SILVA, L. D. S. L., Sandes, S. M. dos S., Chagas, A. V., & Bittencourt, C. da C. S. (2021). QUALIDADE DE VIDA EM MULHERES ACOMETIDAS COM CÂNCER DE MAMA: REVISÃO INTEGRATIVA. Saúde.Com, 16(3). https://doi.org/10.22481/rsc.v16i3.4738

Edição

Seção

Artigos de revisão