ABORDAGEM TERAPÊUTICA DOS PACIENTES PEDIÁTRICOS TRANSPLANTADOS CARDÍACOS

Autores

  • Erivan de Souza Oliveira Universidade de Fortaleza (UNIFOR)
  • Rayssa Priscilla Costa Reis Universidade de Fortaleza (UNIFOR)
  • Isabelle Barbosa Pontes Hospital Dr. Calos Alberto Studart Gomes
  • Larissa Moura Barbosa Hospital Dr. Calos Alberto Studart Gomes
  • Arlandia Cristina Lima Nobre de Morais Universidade de Fortaleza (UNIFOR)

Palavras-chave:

Insuficiência Cardíaca, Rejeição de Enxerto, Transplante

Resumo

O transplante cardíaco é uma abordagem cirúrgica, sendo um importante recurso no tratamento da insuficiência cardíaca. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a farmacoterapia dos pacientes pediátricos transplantados cardíacos. Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo e com abordagens quantitativas, realizada em um hospital terciário da rede pública do Estado do Ceará. As variáveis analisadas foram: idade, sexo, peso atual, idade e peso quando foi transplantado, tempo de pós-transplante, problemas de saúde preexistentes, prescrição ambulatorial, nome do medicamento, posologia, dose, forma farmacêutica, duração do tratamento e exames laboratoriais. Os dados foram dispostos como frequência absoluta (n) e relativa (%), média e desvio padrão, considerando o intervalo de confiança de 95%. Foram analisados 18 prontuários/prescrições de pacientes com idade de 1 a 18 anos que tinham realizado o transplante cardíaco no hospital da pesquisa. Através dos resultados obtidos, foi observado que 27,8% (n=5) dos pacientes apresentaram alterações nos exames das transaminases (TGO e TGP), 33,3% (n=6) na ureia e creatinina, 50% (n=9) teve anemia após o transplante e todos os pacientes utilizavam as estatinas como medicamento profilático. Através dos resultados obtidos nesse estudo, considera-se o aumento da possibilidade do desenvolvimento de intervenções que alcancem benefícios para os pacientes pediátricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-10-06

Como Citar

Oliveira, E. de S., Reis, R. P. C., Pontes, I. B., Barbosa, L. M., & Morais, A. C. L. N. de. (2020). ABORDAGEM TERAPÊUTICA DOS PACIENTES PEDIÁTRICOS TRANSPLANTADOS CARDÍACOS. Saúde.Com, 16(2). Recuperado de https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/6331

Edição

Seção

Artigos originais