[1]
Nascimento, M. de O. 2015. Nível de atividade física habitual e qualidade de vida de mulheres com fibromialgia. Revista Saúde.com. 11, 1 (mar. 2015), 48-58.