RITUALÍSTICA TABAJARA: O toré como meio de avivamento étnico

O toré como meio de avivamento étnico

  • Tiago Alves Callou Universidade Federal da Paraíba - UFPB
  • Miguel Ângelo Silva de Melo

Resumo

A etnia Tabajara da Paraíba está passando por um processo de etnogênese e luta para a sua autoafirmação e reconhecimento como povo indígena, bem como lutam pela retomada das suas terras que foram retiradas pelo processo de colonização e devido a ambição dos grandes proprietários de terras. Nesse processo, surge a profecia Tabajara, que traz um avivamento da sua espiritualidade, cultura e ritualística, reagrupando assim, um povo que estava espalhado e afastado das suas origens. O ritual do Toré ganha grande importância, tornando-se imprescindível para os indígenas. O presente trabalho tem como base os autores Eliane Farias e Lusival Barcellos, pesquisadores das etnias indígenas paraibanas. Como objetivo da pesquisa, foi realizada uma breve análise da ritualística Tabajara, entre ela, o ritual do Toré, tendo como base a pesquisa bibliográfica. 

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestrando em Ciências das Religiões pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB. Especialista em Processo Civil pela Universidade Regional do Cariri - URCA. Bacharel em Direito pela Faculdade Paraíso do Ceará - FAP. 2º vice-Presidente da Comissão de Gênero e Secretário Geral da Comissão de Direito Urbanístico, ambos da OAB - Subsecção Juazeiro do Norte. Advogado.

Miguel Ângelo Silva de Melo

Doutor em Sociologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Pernambuco. Mestre em Educação Intercultural e Antropologia pela Faculdade de Ciências da Educação e Antropologia da Universidade de Hamburgo/ Alemanha (2005). Mestre em Criminologia Internacional e Direito Internacional Púbico pelo Programa Interdisciplinar e Internacional da Faculdade de Ciências Sociais e da Faculdade de Ciências Jurídicas da Universidade de Hamburgo/ Alemanha (2001). Graduação em Direito pela Universidade de Fortaleza (1996). Licenciatura em Pedagogia pela Faculdade Kurios do Ceará (FAK). Advogado militante em Direitos Humanos. Pós-graduando em Gestão Escolar e Coordenação Pedagógica pela Faculdade Kurios do Ceará (FAK).

Publicado
2018-06-30
Como Citar
CALLOU, Tiago Alves; DE MELO, Miguel Ângelo Silva. RITUALÍSTICA TABAJARA: O toré como meio de avivamento étnico. ODEERE, [S.l.], v. 3, n. 5, p. 147-160, jun. 2018. ISSN 2525-4715. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/odeere/article/view/3677>. Acesso em: 23 set. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/odeere.v3i5.3677.