A participação de estudantes de dois cursos de licenciatura em Ciências Biológicas em atividades extracurriculares: possibilidades para uma formação plena

  • AIALA SILVA SOUZA
  • DAISI T. CHAPANI
  • ANA MARIA DE ANDRADE CALDEIRA

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar um levantamento a respeito das atividades extracurriculares (AE) que estudantes de Ciências Biológicas de dois cursos de licenciatura de universidades públicas, uma no estado da Bahia e a outra do estado de São Paulo, participam durante a graduação, indicando algumas possibilidades que elas oferecem para uma formação docente mais plena. Os dados foram obtidos por meio de um questionário respondido por um total de 134 estudantes de ambas as instituições e a análise foi realizada por meio da Análise Textual Discursiva. Os resultados mostram que, embora essas universidades estejam inseridas em diferentes contextos econômicos e culturais, ambas oferecem variadas oportunidades para a participação de seus alunos em diversas AE. Algumas destas atividades colaboram diretamente na formação docente, no entanto, todas, em seu conjunto, oferecem oportunidades de uma formação mais plena. Destaca-se o fato de nem todos os alunos participarem das AE durante seu curso. Recomenda-se que as instituições desenvolvam políticas para possibilitar a participação de mais estudantes em um leque mais diversificado de AE.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-07
Como Citar
SOUZA, AIALA SILVA; CHAPANI, DAISI T.; CALDEIRA, ANA MARIA DE ANDRADE. A participação de estudantes de dois cursos de licenciatura em Ciências Biológicas em atividades extracurriculares: possibilidades para uma formação plena. Revista de Iniciação à Docência, [S.l.], v. 4, n. 2, p. 5-24, fev. 2020. ISSN 2525-4332. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rid/article/view/6218>. Acesso em: 18 fev. 2020.