Um estudo sobre o ensino superior noturno na perspectiva de estudantes trabalhadores do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas na UESB

  • DIÓGENES SOUZA SANTOS
  • ANA CRISTINA SANTOS DUARTE
  • DANIELA SOUZA SANTOS

Resumo

O artigo analisa as dificuldades enfrentadas pelos discentes trabalhadores no turno noturno, considerando o curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Campus de Jequié/BA. Trata-se uma pesquisa descritiva, qualitativa, desenvolvida com 30 discentes do curso noturno dos 7º e 9º semestres. O instrumento para obtenção de dados foi o questionário e os dados foram analisados por meio da análise de conteúdo, a partir das seguintes categorias estabelecidas após a obtenção das informações junto aos licenciandos: perfil dos participantes; aspectos estruturais e acadêmicos; dificuldades dos estudantes trabalhadores durante a formação acadêmica; e, fatores motivacionais durante a formação acadêmica.  Os resultados apontam como principais dificuldades enfrentadas pelos estudantes trabalhadores durante a graduação, a estrutura da universidade, dificuldades no transporte, e ter que trabalhar durante o dia e estudar a noite, provocando cansaço físico e mental proporcionado pela jornada dupla diária. As inquirições justapostas neste trabalho podem auxiliar nas reflexões sobre o ensino superior noturno.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-07
Como Citar
SANTOS, DIÓGENES SOUZA; DUARTE, ANA CRISTINA SANTOS; SANTOS, DANIELA SOUZA. Um estudo sobre o ensino superior noturno na perspectiva de estudantes trabalhadores do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas na UESB. Revista de Iniciação à Docência, [S.l.], v. 4, n. 2, p. 25-40, fev. 2020. ISSN 2525-4332. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rid/article/view/6219>. Acesso em: 11 jul. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/rid-uesb.v4i2.6219.