A presença feminina na formação de docentes para o ensino superior: o perfil formativo de um curso de pós-graduação em Educação para a Ciência

  • Amanda Godoi Audi
  • Beatriz Salemme C. Cortela

Resumo

A docência no Ensino Superior tem sido foco de interesse de pesquisadores da área de Ensino e Educação. Este artigo discute o perfil feminino em um curso de Pós-Graduação em Educação para Ciência e a empregabilidade deste público no ensino superior, analisando os dados à luz de outras pesquisas na área. Para tanto foi feito um levantamento em quatro revistas da área, com o intuito de identificar discussões relativas a essa temática. Usando descritores com foco na docência no ensino superior, 39 foram os trabalhos localizados e, após uma leitura mais aprofundada, apenas seis deles atendiam aos critérios estabelecidos. A seguir, foi feito um recorte nos dados apresentados em uma pesquisa realizada por Audi (2018), visando identificar qual o perfil profissional das mulheres formadas pelo Programa de Pós-Graduação em Educação para Ciências, da Unesp-Bauru/SP, de 1997 a 2016, além de um levantamentos junto à Plataforma Lattes buscando saber onde estas mulheres trabalham hoje. Durante o período analisado foram formados 524 novos pesquisadores, sendo 357 no mestrado (224 mulheres) e 167 no doutorado (52 mulheres). Os dados obtidos apontam que 88,58% delas atuam na área educacional, sendo que 75% das egressas trabalham em instituições de ensino superior públicas, como docentes/pesquisadoras. Conclui-se, entre outros pontos, que o programa analisado propicia uma formação de qualidade e que isso possibilita a inserção dos formandos no mercado de trabalho. Também apontamos que o quadro de docentes do programa (40) é composto por 21 mulheres (52,5%) de mulheres, sendo que oito delas (38,09%) foram formadas no próprio programa.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-05-30
Como Citar
AUDI, Amanda Godoi; CORTELA, Beatriz Salemme C.. A presença feminina na formação de docentes para o ensino superior: o perfil formativo de um curso de pós-graduação em Educação para a Ciência. Revista de Iniciação à Docência, [S.l.], v. 5, n. 1, p. 56-69, maio 2020. ISSN 2525-4332. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rid/article/view/6808>. Acesso em: 08 jul. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/rid-uesb.v5i1.6808.